A maioria das cobras é canibal, dizem cientistas

Uma equipe de cientistas concluiu que a maioria das cobras no deserto de Kalahari, na África, optavam por comer exemplares da mesma espécie.

Segundo o Live Science, o ato de comer cobras, também chamado de “ofiofagia”, é bastante comum em alguns animais, como é o caso de pássaros, lagartos e até mesmo algumas cobras.

Com isso em mente, Bryan Maritz, pesquisador da Universidade do Cabo Ocidental, na África do Sul, e sua equipe começaram a estudar algumas cobras no deserto de Kalahari. No entanto, os cientistas foram surpreendidos quando viram uma Naja nivea devorando outra, exatamente da mesma espécie.

“Fomos recebidos não por dois machos em combate como inicialmente pensávamos, mas sim por uma grande cobra macho no processo de engolir um macho menor [da mesma espécie]”, escreveram os cientistas no estudo publicado, esta semana, na revista científica Scientific Naturalist.

“Em vez de capturar dois potenciais animais de estudo, encontramos um animal bem alimentado, agora conhecido como NN011, ou mais casualmente, Hannibal”, acrescentam.

De acordo com o mesmo site, as preferências gastronômicas de Hannibal fizeram os pesquisadores pensar se as cobras canibalizam sua espécie de forma frequente. Embora o canibalismo nesse tipo de animal já tenha sido observado em estudos anteriores, é normalmente associado a um comportamento anômalo.

Para testar se a tendência canibal pode realmente existir, Maritz e seus colegas compilaram a história dietética abrangente de seis espécies diferentes de cobras africanas.

Além de observar cobras selvagens como Hannibal, a equipe analisou décadas de literatura científica, boletins de herpetologia, boletins de museus e postagens nas redes sociais, à procura de referências sobre o consumo canibal de cobras.

Pelo visto, a ofiofagia é bastante comum entre as cobras. A cobra-real, ou Ophiophagus Hannah, foi literalmente batizada por esse mesmo comportamento, como se pode verificar pelo nome da espécie.

“Descobrimos que as cobras correspondem entre 13% a 43% de todas as espécies de presas detectadas nas dietas das cobras selvagens”, escreveram os autores no estudo. Além disso, das seis cobras estudadas, cinco foram observadas comendo a própria espécie.

As Naja nivea, cobra de cor amarela encontrada apenas no sul do continente africano, provaram ser as mais canibais do grupo. Em uma amostra de 148 espécimens, as cobras optaram por canibalizar as da própria espécie em cerca de 4% das refeições.

Por que isso acontece? Por enquanto, os cientistas só podem especular, mas Maritz e colegas suspeitam que esteja relacionado com uma competição de cariz sexual, isto porque, em todas as situações canibais observadas, os dois espécimens eram machos.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Após ser engolido, besouro consegue escapar do intestino dos sapos

Uma pesquisa mostrou que o besouro aquático Regimbartia attenuata tem a capacidade de sobreviver ser engolido por um sapo. Todos já ingerimos coisas que parecem querer sair correndo de dentro de nós, mas deve ser muito …

Disney+ chegará à América Latina em novembro

Ao divulgar que ultrapassou a marca de 60 milhões de assinantes, a Disney também reforçou uma informação que traz esperança a muita gente: o Disney+ deve mesmo chegar à América Latina em novembro. A informação foi …

China exorta Trump a não abrir 'caixa de Pandora' com aquisição do TikTok

China apela aos EUA que não abram a caixa de Pandora, exigindo vender a companhia TikTok, eles serão os próprios culpados pelas consequências, declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês, Wang Wenbin. O presidente …

Twitter bloqueia conta oficial de campanha de Trump

O Twitter anunciou nesta quarta-feira (5) ter bloqueado temporariamente a conta oficial da campanha de reeleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, por conta de um tuíte que continha informação equivocada sobre a …

Líbano inicia luto nacional e recebe ajuda internacional

Diversos países enviam suprimentos médicos a Beirute. Presidente da França chega ao Líbano para avaliar situação. Megaexplosão deixou ao menos 137 mortos, incluindo diplomata alemão, e mais de 5 mil feridos. Beirute amanheceu nesta quinta-feira (06/08) …

StarShip finalmente levanta voo: a nave que um dia levará cem humanos para Marte e Lua

A SpaceX fez um lançamento de teste com sucesso do seu gigantesco protótipo do StarShip SN5 em Boca Chica, Texas (EUA), a uma altura planejada de 150 metros. A massiva torre de aço inoxidável flutuou no …

EUA conduzem lançamento de teste do míssil balístico Minuteman III

O projétil não tinha ogiva de combate, mas era equipado com três veículos recuperáveis que foram submetidos a testes. Militares dos EUA lançaram na manhã desta terça-feira (4) um míssil balístico Minuteman III a partir da …

Beirute soma mais de 100 mortos e 4000 feridos após explosões

O Líbano vive nesta quarta-feira (5) um dia de luto nacional, após as explosões na região portuária de Beirute, na tarde de ontem. A tragédia soma pelo menos 100 mortos, 4.000 feridos e 300.000 …

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …