Marcas misteriosas feitas por canibais em ossos humanos intrigam cientistas

Kurt Thomas Hunt / Flickr

Caverna de Gough (Reino Unido)

Um osso com uma série de marcas em zigue-zague encontrado em uma caverna do Reino Unido é a prova de que homens que viviam ali há 15 mil anos comiam carne humana e depois marcavam os ossos, provavelmente como parte de um ritual.

O estudo, publicado na revista científica Plos One, analisou o osso de um antebraço, que tinha sinais de que fora desarticulado, cortado em filetes e mastigado – mas os zigue-zagues não se parecem com os danos que se esperaria dessas ações.

Segundo os cientistas, que já sabiam de práticas canibais na caverna, em Gough, na região de Somerset, a novidade foi a descoberta das marcas em zigue-zague feitas supostamente após o consumo da carne.

Os cientistas supõem que as marcas tenham algum significado simbólico. Além disso, os zigue-zagues se assemelham a desenhos gravados em outros objetos do mesmo período.

No estudo, os pesquisadores afirmam que os cortes atípicos no osso do antebraço – no caso, um rádio – foram intencionais. Não são simplesmente marcas de carnificina, muito menos marcas de dentes.

Silvia Bello et all.

Ossos humanos com marcas de canibais encontrados na Caverna de Gough (Reino Unido)

“As marcas cravadas no osso da caverna de Gough são semelhantes a gravuras observadas em outros locais de cultura Magdalenian (do período Paleolítico) da Europa. O que é inusitado neste caso é a escolha da matéria-prima (osso humano) e o contexto canibal em que foi produzido”, diz Silvia Bello, do Museu de História Natural de Londres.

“A sequência de alterações realizadas neste osso sugere que se trata de um componente premeditado da prática canibal, rica em conotações simbólicas. Embora em análises anteriores a gente pudesse sugerir que o canibalismo na caverna de Gough tinha sido praticado como um ritual simbólico, este estudo fornece uma evidência ainda mais forte”, acrescenta.

A caverna de Gough fica na Garganta de Cheddar, um cânion profundo de pedra calcária na margem sul das colinas de Mendip.

As investigações na região começaram há mais de 100 anos. O local ficou famoso após a descoberta, em 1903, do “Homem Cheddar”, o esqueleto completo de um indivíduo do sexo masculino que data de cerca de 10 mil anos atrás.

Em 2011, Bello e sua equipe apresentaram três casos de crânios que poderiam ter sido usados como copos. Os crânios foram adaptados de forma tão meticulosa que seu uso como recipientes para líquido parecia a única explicação razoável.

Essa interpretação ganha força após a divulgação deste último estudo.

// BBC

DEIXE UMA RESPOSTA:

Micro-ondas são tão nocivos para o meio ambiente quanto os carros

O uso de micro-ondas só na União Europeia emite tanto dióxido de carbono como quase sete milhões de automóveis, segundo um estudo exaustivo sobre seu impacto ambiental, considerando o ciclo de vida completo do aparelho. Cientistas …

Afinal, somos adolescentes até os 24 anos

O início da vida adulta acontece cada vez mais tarde. Esta é a conclusão de um estudo recente que identifica a idade mais avançada com que os adolescentes se casam ou têm filhos como um dos …

Sushi e peixe cru podem provocar “anisakiasis”

As infecções por parasitas intestinais estão aumentando com a popularidade do sushi e os riscos do consumo de peixe cru ficaram novamente ilustrados com um caso insólito. O caso foi relatado pelo médico norte-americano Kenny Banh no …

Segundo o governo, deficit da Previdência equivale a 2,8% do PIB

O deficit previdenciário foi de R$ 182,45 bilhões em 2017. O rombo equivale a 2,8% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas pelo país), o recorde registrado até o momento. Os cálculos divulgados …

Casa dos Horrores: pai de crianças encontradas acorrentadas já tinha raptado a companheira

O mundo ainda está em choque com a descoberta macabra feita pela polícia da Califórnia na semana passada. Mas o horror vem de antes. O casal David e Louise Turpin é suspeito de manter os 13 …

Polícia apura se motorista que invadiu calçadão cometeu falsidade ideológica

Um novo processo de investigação foi aberto pela Polícia Civil do Rio de Janeiro para apurar se o motorista Antônio de Almeida Anaquim cometeu crime de falsidade ideológica ao omitir informações ao Departamento de Trânsito …

Aumento de bilionários em 2017 poderia acabar com a extrema pobreza por 7 vezes

De toda a riqueza gerada no mundo em 2017, 82% ficaram concentrados nas mãos dos que estão na faixa de 1% mais rica, enquanto a metade mais pobre – o equivalente a 3,7 bilhões de …

230 mini-sismos levantam receios de mega-terremoto nos EUA

Uma “onda” de mini-tremores de terra sacudiu a semana passada no estado norte-americano de Nevada, criando receios de que um grande terremoto esteja prestes a acontecer. Segundo nota o jornal local Reno Gazette Journal, há registro …

Juíza perdoa dívida de R$ 48 mil de pai que largou tudo para cuidar de filho no Paraná

Enquanto milhares de homens abandonam seus filhos deixando toda responsabilidade por conta das mães, em Curitiba, Adolfo Guidi é um verdadeiro exemplo de pai. Tanto que, percebendo isso, uma juíza decidiu até mesmo ajudá-lo em …

Os 5 mais ricos do Brasil concentram a mesma riqueza que metade da população

As cinco pessoas mais ricas do Brasil têm um patrimônio equivalente a metade da população brasileira, informou nesta segunda-feira (22) a organização não-governamental (ONG) Oxfam, salientando que a riqueza dos milionários nacionais cresceu 13% em …