Marcas misteriosas feitas por canibais em ossos humanos intrigam cientistas

Kurt Thomas Hunt / Flickr

Caverna de Gough (Reino Unido)

Um osso com uma série de marcas em zigue-zague encontrado em uma caverna do Reino Unido é a prova de que homens que viviam ali há 15 mil anos comiam carne humana e depois marcavam os ossos, provavelmente como parte de um ritual.

O estudo, publicado na revista científica Plos One, analisou o osso de um antebraço, que tinha sinais de que fora desarticulado, cortado em filetes e mastigado – mas os zigue-zagues não se parecem com os danos que se esperaria dessas ações.

Segundo os cientistas, que já sabiam de práticas canibais na caverna, em Gough, na região de Somerset, a novidade foi a descoberta das marcas em zigue-zague feitas supostamente após o consumo da carne.

Os cientistas supõem que as marcas tenham algum significado simbólico. Além disso, os zigue-zagues se assemelham a desenhos gravados em outros objetos do mesmo período.

No estudo, os pesquisadores afirmam que os cortes atípicos no osso do antebraço – no caso, um rádio – foram intencionais. Não são simplesmente marcas de carnificina, muito menos marcas de dentes.

Silvia Bello et all.

Ossos humanos com marcas de canibais encontrados na Caverna de Gough (Reino Unido)

“As marcas cravadas no osso da caverna de Gough são semelhantes a gravuras observadas em outros locais de cultura Magdalenian (do período Paleolítico) da Europa. O que é inusitado neste caso é a escolha da matéria-prima (osso humano) e o contexto canibal em que foi produzido”, diz Silvia Bello, do Museu de História Natural de Londres.

“A sequência de alterações realizadas neste osso sugere que se trata de um componente premeditado da prática canibal, rica em conotações simbólicas. Embora em análises anteriores a gente pudesse sugerir que o canibalismo na caverna de Gough tinha sido praticado como um ritual simbólico, este estudo fornece uma evidência ainda mais forte”, acrescenta.

A caverna de Gough fica na Garganta de Cheddar, um cânion profundo de pedra calcária na margem sul das colinas de Mendip.

As investigações na região começaram há mais de 100 anos. O local ficou famoso após a descoberta, em 1903, do “Homem Cheddar”, o esqueleto completo de um indivíduo do sexo masculino que data de cerca de 10 mil anos atrás.

Em 2011, Bello e sua equipe apresentaram três casos de crânios que poderiam ter sido usados como copos. Os crânios foram adaptados de forma tão meticulosa que seu uso como recipientes para líquido parecia a única explicação razoável.

Essa interpretação ganha força após a divulgação deste último estudo.

// BBC

DEIXE UMA RESPOSTA:

Modelo francesa se torna a primeira “playmate” transgênero da história da Playboy

A modelo francesa Ines Rau ganhou espaço nas páginas centrais da revista Playboy. Além de exibir suas curvas sem pudor, ela fez história ao se tornar a primeira “playmate” transgênero da história da revista. Ines não …

Poluição mata mais pessoas no mundo do que a guerra, a violência e a fome

Uma morte em cada seis ocorridas no mundo em 2015 esteve ligada à poluição, essencialmente à poluição do ar, mas também da água e dos locais de trabalho, segundo um estudo publicado na última sexta-feira …

Aplicativo para celular detecta sinais precoces do Mal de Parkinson

Uma equipe de pesquisadores portugueses participa de um projeto europeu que detecta os primeiros sintomas de Parkinson e combate a progressão da doença. O Parkinson é uma doença sutil e difícil de detectar. Os exames não …

Combate "fatal" entre robôs gigantes vira "aposta esportiva" do futuro

Como se fossem protagonistas da saga cinematográfica "Transformers", robôs humanoides gigantes se enfrentaram pela primeira vez em um duelo "fatal" em um projeto que pretende se transformar em uma modalidade esportiva com milhões de seguidores. Esse …

Putin revela há algo ainda “mais perigoso que uma bomba nuclear”

O presidente da Rússia falou a jovens de todo o mundo no sábado (21) a propósito do XIX Festival Mundial da Juventude e Estudantes, celebrado na Rússia entre os dias 22 e 14 de outubro. Seja …

Parada LGBT+ de Copacabana recorre a financiamento coletivo

Os organizadores da Parada LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e intersexuais) de Copacabana recorreram a uma ferramenta de financiamento coletivo na internet para compensar a crise enfrentada em 2017, enquanto negociam o patrocínio de apoiadores …

Relatório de CPI do Senado diz que Previdência Social não tem deficit

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, senador Hélio José (PROS-DF), apresentou nesta segunda-feira (23) o relatório final dos trabalhos ao colegiado, com a conclusão de que a Previdência Social não é …

PF indicia ex-presidente do BNDES e Carolina Oliveira, mulher do governador de Minas Gerais

A Polícia Federal (PF) concluiu inquérito da Operação Acrônimo e indiciou oito pessoas, entre as quais o ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) Luciano Coutinho e a primeira-dama de Minas Gerais, …

Coordenadora que convenceu aluno a parar de atirar em Goiânia: "Não tive medo"

A coordenadora que convenceu o adolescente de 14 anos a parar de atirar contra a turma disse neste domingo (22) ao Fantástico que não teve medo de abordar o aluno no Colégio Goyases, em Goiânia, …

O avião mais rápido do mundo chega a qualquer lugar em menos de 1 hora

A Lockheed Martin, fabricante de produtos aeroespaciais e principal produtora de equipamentos militares do mundo, prepara-se para apresentar seu novo avião de combate e espionagem SR-72, que será o mais rápido do mundo. O planos para …