Mark Zuckerberg admite que poderia ter sido demitido do Facebook em 2006

O vazamento de diversos áudios relativos a uma reunião do CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, com funcionários da companhia, revelaram para o mundo alguns comentários que o bilionário preferiria manter em sigilo, e mostram como o mandatário da rede social enxerga seu próprio negócio.

Um desses momentos é quando Zuckerberg, questionado sobre como encontrar o difícil equilíbrio entre as responsabilidades financeiras e sociais que o Facebook precisa manter, admite que, se não tivesse o controle final sobre qualquer votação na empresa, ele já teria sido demitido do cargo de CEO faz tempo.

Um desses casos lembrados foi quando, em 2006, a Yahoo fez uma oferta para a aquisição da empresa. Na época, os acionistas votaram pela venda, que foi vetada por Zuckerberg, que apostava que a empresa tinha muito mais a ganhar se continuasse crescendo por conta própria.

Hoje, é muito fácil perceber como o CEO estava certo, mas se na época ele não tivesse mantido o controle da companhia concentrado em suas mãos, certamente seria demitido pelos acionistas, que venderiam a rede social para o Yahoo.

Outro trecho onde é possível entender mais sobre o pensamento do CEO do Facebook é quando ele é perguntado sobre o porquê de ter anunciado a Libra com tanta antecedência – a existência da criptomoeda do Facebook foi revelada em junho, e desde então governos do mundo todo têm votado novas regulações para impedir que a empresa, que já controla boa parte da internet, também domine o mercado de transações com moedas virtuais.

Zuckerberg revelou que essa decisão faz parte de uma mudança de abordagem do Facebook, que pretende tomar uma posição mais consultiva nas próximas grandes decisões da empresa, permitindo que se faça uma discussão pública sobre o assunto ao invés de simplesmente anunciar a novidade ao mesmo tempo que lança o produto – algo que a empresa vinha fazendo até então.

Isso mostra como o CEO tem noção da importância que o Facebook possui hoje fora do mundo das redes sociais, e sobre como uma mudança grande dessas pode afetar não apenas a empresa, mas o mundo como um todo.

Também é possível perceber que Zuckerberg tem uma noção exata de como a empresa possui uma imagem pública negativa, e que tem até evitado entrar em alguns mercados para que essa “má fama” não faça com que as pessoas enxerguem uma decisão da empresa de modo negativo.

Isso fica claro no trecho em que o CEO é perguntado sobre a compra da CTRL-Labs, uma empresa de bioengenharia de Nova York que tem desenvolvido interfaces de comunicação que permitiriam o ser humano operar um computador apenas pensando no que ele deseja fazer com a máquina.

Ainda que Zuckerberg se mostre bastante empolgado com as possibilidades que este tipo de interface podem significar para a empresa – principalmente nos desenvolvimentos dela no setor de realidade virtual – ele deixa claro que todos os tipos de interface testadas pelo Facebook serão não-invasivas, e que a empresa não irá trabalhar com nenhum tipo de implante que exija uma cirurgia ou que necessite ser inserido dentro do corpo humano para funcionar.

Essa decisão foi tomada por Zuckerberg não porque ele abomina esse tipo de procedimento, mas porque sabe como a imprensa “cairia matando” se algum dia ele tentasse fazer algo do tipo. Ele afirma que a pressão do Congresso ao anunciar sua própria criptomoeda já foi enorme, e não gostaria nem de imaginar o que teria que suportar caso algum dia anunciasse que o Facebook começaria a implantar chips nos cérebros das pessoas.

Ainda que diversas das declarações reveladas pelas gravações tenham sua dose de crueldade (como, por exemplo, achar que os funcionários que trabalham na moderação de conteúdo “exageram” nas reclamações, quando há estudos extensos mostrando que a tarefa é uma das que mais causam sequelas mentais nos trabalhadores), os áudios mostram uma faceta do empresário bilionário que normalmente não é mostrada ao público — e por isso mesmo se tornam tão interessantes.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Astrônomos revelam que 2ª minilua da Terra é do tamanho de carro pequeno

A minilua chamada 2020 CD3 conta com um diâmetro de entre um metro e 1,5 metro e chegou a ficar a 13 mil quilômetros do nosso planeta. A minilua 2020 CD3, que orbita a Terra nos …

Diego Maradona morre aos 60 anos

O ex-jogador argentino Diego Maradona, maior astro da história do futebol do país sul-americano, morreu nesta quarta-feira (25/11) aos 60 anos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, ao norte de Buenos …

Incêndios na Amazônia deixam rastro de destruição por décadas

Entre galhos e folhas esturricados sobre o solo que abrigava uma área de floresta intacta, o cheiro de queimada ainda é forte. Próximo a uma das aldeias da Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau, em Rondônia, vazios surgiram …

EUA: conheça a região com a maior taxa de mortalidade por Covid-19 no mundo

Mais de 12 milhões de pessoas estão contaminadas pela Covid-19 nos Estados Unidos. Mas o vírus não ataca o país de maneira equitativa. Os estados do centro assistem a uma progressão acelerada da epidemia …

Osmar Terra, negacionista da pandemia, está internado com covid-19 em UTI

O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS), um dos maiores negacionistas da pandemia e fomentador de fake news sobre o novo coronavírus, está internado com covid-19 em um hospital em Porto Alegre. Segundo comunicado do Hospital São …

Detalhe microscópico revela segredos de retratos egípcios de 1.800 anos

Análise das partículas da tinta revelou novas informações sobre os retratos enterrados ao lado das múmias egípcias há mais de 1.800 anos. A pintura Retrato do Homem Barbudo foi feita entre 170 e 180 d.C. e …

Ação da polícia contra migrantes em Paris gera críticas

Forças de segurança desmontam de forma violenta acampamento improvisado no centro da capital francesa. Ministro do Interior diz que imagens são chocantes. Ação ocorre na véspera de votação de lei que favorece polícia. A ação da …

Pandemia gera escassez de matéria-prima e faz preços subirem no Brasil

Por três vezes ao longo do mês de outubro, Diogo Murrieta, dono da pizzaria La-Nápoles, em Belém do Pará, tentou comprar as embalagens de papelão nas quais suas pizzas são entregues aos clientes e não …

Quando as crianças dominaram o mundo: uma sociedade paralela que parece saída da ficção

Na virada do século XIX para o século XX, os jovens, aqueles que já não mais eram crianças mas ainda não haviam entrado para o mercado de trabalho e se tornado adultos, sequer eram vistos …

Sem reconhecer derrota, Trump autoriza início de transição para administração Biden

Mais de duas semanas após o anúncio da vitória de Joe Biden na eleição presidencial americana, Donald Trump autorizou nessa segunda-feira o início do processo de transição para a administração do democrata, mas não …