Médico aposentado visita hospital para cuidar de paciente em coma há 17 anos no Espírito Santo

(dv) TV Gazeta

-

“Clarinha” foi atropelada no Dia dos Namorados, em 12 de junho de 2000, no centro da capital capixaba, Vitória. Desde aquele dia, ela está em coma no Hospital da Polícia Militar (HPM) e conta com um amigo: o médico coronel Potratz, que se aposentou, mas continua visitando o hospital para cuidar da mulher – que até hoje não foi identificada.

Quando foi socorrida e levada ao hospital, ela não tinha nenhum documento e nos dezessete anos desde o atropelamento, nenhum familiar de Clarinha foi encontrado. Mas Potratz ainda tem esperança de que um dia ainda algum familiar da paciente apareça.

“Depois de tantos anos me dedicando a cuidar dela, mesmo como médico, a gente acaba criando um laço de afetividade. E essa história me marcou muito, pelos aprendizados que eu tive durante essa jornada, e pela situação da própria Clarinha, que ainda está indefinida. Ainda não achamos a família dela, mas continuamos com esperança”, diss ao G1.

Apesar de não precisar mais cumprir horário ou vestir a roupa de trabalho, Potratz sempre leva algo para Clarinha. Além disso, segundo as enfermeiras – que avisam o médico quando a paciente precisa de alguma coisa -, Clarinha tem febre de manhã quando não recebe o bom-dia de Potratz.

“Eu estava até explicando para ele que às vezes ela tem febre, porque sente a falta dele, porque toda manhã era ‘bom dia, Clarinha’”, conta a enfermeira Neide Lope ao portal de notícias da Globo.

Atropelada em 2000

Com o destaque do caso, mais de 100 pessoas procuraram o Ministério Público (responsável pelas investigações que possam levar ao encontro de Clarinha com a família), mas até agora ela continua sem ser identificada.

De acordo com o MP, duas famílias – uma do Paraná e outra do Maranhão – aguardam os resultados de exames de DNA para saber se Clarinha faz parte de suas famílias. No entanto, Potratz diz que há famílias que não podem ir ao Espírito Santo realizar os exames, o que dificulta o processo de encontrar os parentes de Clarinha.

E Potratz garante que, mesmo que a família dela seja encontrada, quer continuar visitando a paciente e ajudando-a. “A gente criou um vínculo de afetividade muito grande“, concluiu.

Por ter marcas de cesária, os médicos acreditam que ela teve um filho. E pelos cálculos dos profissionais, Clarinha deve ter 38 anos.

Ciberia //

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ataques a tiros deixam mortos no oeste da Alemanha

Polícia alemã afirma que ao menos oito pessoas morreram após serem baleadas em dois incidentes em Hanau, perto de Frankfurt. Disparos teriam sido efetuados em bares de narguilé em partes diferentes da cidade. A polícia da …

Apple quer proibir lançamento de livro que revela segredos comerciais da empresa

O livro alemão App Store Confidential, de Tom Sadowski, é uma publicação temida pela Apple. Isso porque o autor foi o líder de desenvolvimento da loja de aplicativos da Gigante de Cupertino na Alemanha, Áustria …

Chineses acusam governo de usar epidemia de coronavírus para prender dissidentes

No momento em que a China enfrenta a epidemia do COVID-19 que já causou 2 mil mortes e infectou 74 mil pessoas no país, o mundo se pergunta se a crise reforça ou, pelo …

Suíça quer devolver dinheiro ganho com tráfico de escravizados para as Américas

O horror do tráfico de pessoas escravizadas entre os séculos XVI e XIX para os EUA, Caribe, América Latina e principalmente o Brasil teve mais responsáveis do que nos dita a história. E a Suíça …

Reino Unido pós-Brexit fecha portas para imigrantes pouco qualificados

No Reino Unido pós-Brexit, os estrangeiros que quiserem obter um visto de trabalho no país vão ter que provar muitas habilidades. Os candidatos receberão pontos de acordo com seu nível de inglês, diploma e profissão …

Síria realiza primeiro voo comercial entre Damasco e Aleppo desde 2013

Diretores de aeroportos da Síria mencionam o trabalho realizado no aeroporto de Aleppo para permitir o feito, realizado graças à vitória do Exército sírio e esforço dos operários. A Síria realizou seu primeiro voo comercial em …

Mudanças climáticas ameaçam futuro das crianças do mundo, diz ONU

Estudo de Nações Unidas, Unicef e revista 'The Lancet' aponta ações de sustentabilidade insuficientes. Países ricos fracassam em prover meio ambiente favorável, apesar de melhor ponto de partida. Países de todo o mundo estão fracassando em …

Bug no sistema do McDonald's forneceu lanches de graça sem limite de quantidade

Imagine você poder realizar quantos pedidos quiser no McDonald's e não ter que arcar com um só centavo para isso. Bem, essa mamata virtual era o que vinha acontecendo no sistema da multinacional de fast-food …

Governo chinês está até "queimando" dinheiro para combater o coronavírus

A briga do governo chinês contra o Covid-19 (também conhecido como "novo coronavírus") tem colocado diversos órgãos governamentais em alerta, e o governo da China parece não poupar esforços para conter a proliferação da doença …

Maior organização de escoteiros dos EUA declara falência após processos de abuso sexual

O grupo Boys Scouts of America, principal movimento de escoteiros dos Estados Unidos, apresentou um pedido de falência nesta terça-feira (18), em um esforço para salvaguardar as indenizações às vítimas de abuso sexual, afirma um …