Médico aposentado visita hospital para cuidar de paciente em coma há 17 anos no Espírito Santo

(dv) TV Gazeta

-

“Clarinha” foi atropelada no Dia dos Namorados, em 12 de junho de 2000, no centro da capital capixaba, Vitória. Desde aquele dia, ela está em coma no Hospital da Polícia Militar (HPM) e conta com um amigo: o médico coronel Potratz, que se aposentou, mas continua visitando o hospital para cuidar da mulher – que até hoje não foi identificada.

Quando foi socorrida e levada ao hospital, ela não tinha nenhum documento e nos dezessete anos desde o atropelamento, nenhum familiar de Clarinha foi encontrado. Mas Potratz ainda tem esperança de que um dia ainda algum familiar da paciente apareça.

“Depois de tantos anos me dedicando a cuidar dela, mesmo como médico, a gente acaba criando um laço de afetividade. E essa história me marcou muito, pelos aprendizados que eu tive durante essa jornada, e pela situação da própria Clarinha, que ainda está indefinida. Ainda não achamos a família dela, mas continuamos com esperança”, diss ao G1.

Apesar de não precisar mais cumprir horário ou vestir a roupa de trabalho, Potratz sempre leva algo para Clarinha. Além disso, segundo as enfermeiras – que avisam o médico quando a paciente precisa de alguma coisa -, Clarinha tem febre de manhã quando não recebe o bom-dia de Potratz.

“Eu estava até explicando para ele que às vezes ela tem febre, porque sente a falta dele, porque toda manhã era ‘bom dia, Clarinha’”, conta a enfermeira Neide Lope ao portal de notícias da Globo.

Atropelada em 2000

Com o destaque do caso, mais de 100 pessoas procuraram o Ministério Público (responsável pelas investigações que possam levar ao encontro de Clarinha com a família), mas até agora ela continua sem ser identificada.

De acordo com o MP, duas famílias – uma do Paraná e outra do Maranhão – aguardam os resultados de exames de DNA para saber se Clarinha faz parte de suas famílias. No entanto, Potratz diz que há famílias que não podem ir ao Espírito Santo realizar os exames, o que dificulta o processo de encontrar os parentes de Clarinha.

E Potratz garante que, mesmo que a família dela seja encontrada, quer continuar visitando a paciente e ajudando-a. “A gente criou um vínculo de afetividade muito grande“, concluiu.

Por ter marcas de cesária, os médicos acreditam que ela teve um filho. E pelos cálculos dos profissionais, Clarinha deve ter 38 anos.

Ciberia //

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …