Mega-terremoto vai arrasar cidade europeia nos próximos 30 anos

Moyan Brenn / Wikimedia

Istambul, Turquia

Istambul, Turquia

Um sismo de magnitude 7.6 vai arrasar a cidade europeia de Istambul nos próximos 30 anos. A certeza é de um dos mais conceituados geofísicos europeus, que afirma que este mega-terremoto é “inevitável”.

Xavier Le Pichon, geofísico francês que descobriu a teoria das placas tectônicas, vaticina que vai ocorrer na zona de Istambul, na parte europeia da Turquia, um sismo de magnitude 7.6 que deverá ser avassalador.

Em declarações divulgadas pelo canal turco Haberturk, o cientista – que dedicou os últimos 15 anos a estudar a falha geológica do mar de Mármara, que divide a parte asiática e a parte europeia da Turquia – prevê que esse mega-terremoto ocorra nalguma altura nos próximos 30 anos.

Le Pichon afirma que o sismo é “inevitável” e salienta que seu epicentro deverá ocorrer entre a cidade de Izmit, a cerca de 90 quilômetros de Istambul, e Silivri, que faz parte da capital turca.

“Haverá um terremoto muito forte e, se houver dois, como em 1766, vão acontecer com um intervalo de um ou dois meses. Se forem duas réplicas, terão uma magnitude de 7.2. Se for só um, terá uma magnitude de mais de 7.4”, sustenta o geofísico citado pelo RT.com.

O cientista se baseia em dados recolhidos pelo barco de pesquisa francês Le Suroit, que se dedica a estudar a zona da falha tectônica do mar de Mármara desde o grande terremoto de 1999, que ocorreu perto de Izmit.

Este sismo de 7.6 terá morto 40 mil pessoas, embora os registros oficiais confirmem apenas menos de 20 mil mortes.

Nessa altura, os investigadores detectaram que a Falha Anatólia Norte estava se aproximando da província de Mármara e que se moveu numa linha única.

Mikenorton / Wikipedia

Falha Anatólia Norte e restantes falhas geológicas que cobrem a maior parte do território turco

Falha Anatólia Norte e restantes falhas geológicas que cobrem a maior parte do território turco

“Observamos que o rácio de movimento nessa falha geológica é de 20 milímetros por ano e acrescentamos que a última fissura nesta linha ocorreu depois de dois grandes terremotos em 1766 que aconteceram em Istambul”, salienta Le Pinchon

“Também reparamos que se pode esperar um sismo de magnitude 7.6 nos próximos 30 anos“, diz o cientista, citado pelo Hurriyetdailynews.com.

Esse não é o primeiro alerta de que pode ocorrer um terremoto de grandes dimensões na zona de Istambul nos próximos anos. Outros especialistas já fizeram avisos relativamente a essa hipótese, fruto do aumento da tensão na falha geológica Anatólia Norte.

Le Pichon repara que se tem andado a “varrer” o assunto para debaixo do tapete “devido a assuntos como os tumultos políticos e os conflitos regionais, mas o terremoto vai afetar Istambul e está a aproximar-se”, alerta.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

A corrida para salvar 33 marinheiros e 1 cachorro da ilha onde missionário foi morto por nativos há 1 ano

"Homens selvagens, provavelmente mais de 50, com armas caseiras, estão fazendo dois ou três barcos. Temo que eles nos alcancem no pôr do Sol. A vida de todos os tripulantes está em risco." A corrida contra …

Gigante chinesa do comércio eletrônico vende U$ 1 bilhão em 1 minuto

Sessenta e oito segundos. Esse foi o tempo que consumidores chineses levaram para gastar seu primeiro bilhão de dólares em vendas pela internet numa tradicional liquidação do país. O resultado surpreendente de vendas foi alcançado …

“A Tumba”: depósito de lixo nuclear está começando a se romper e afundar nas Ilhas Marshall

Antes de lançar a primeira bomba atômica do mundo, os EUA fizeram vários testes de detonações em locais remotos. O problema é que toda a radiação está até hoje nesses lugares, sendo que um desses …

Brasil dá 'sinal positivo' e valoriza participação no BRICS, diz especialista

Contrariando estimativas de que o governo de Jair Bolsonaro reduziria a importância do BRICS na sua política externa, o Brasil demonstra empenho e compromisso com o bloco, segundo especialista ouvido pela Sputnik. Em entrevista à Sputnik, …

Elon Musk fala em "curar o autismo" com as inovações da Neuralink

Participando de um podcast voltado à discussão da inteligência artificial (IA), o CEO da Neuralink, Elon Musk, erroneamente afirmou que sua empresa será capaz de curar distúrbios neurológicos como a esquizofrenia e o Alzheimer, além …

Bomba-H da Coreia do Norte seria 17 vezes mais poderosa que a de Hiroshima

Dados de satélite japonês forneceram detalhes do teste de uma arma termonuclear, realizado em 2017, indicando que sua explosão teria sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou …

Aquecimento global afetará saúde das novas gerações, diz relatório

Um relatório publicado nesta quinta-feira na revista científica The Lancet, a poucas semanas da conferência internacional para o clima (COP25), alerta para os riscos sanitários relacionados ao aquecimento global e às emissões de gás carbônico. O …

Estudante abre fogo em escola na Califórnia

Ao menos duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas depois que um aluno abriu fogo nesta quinta-feira (14/11) numa escola secundária no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, causando pânico entre estudantes e funcionários. …

Governo italiano deve decretar estado de catástrofe natural em Veneza

Metade da cidade está debaixo d’água, atingida pela pior cheia em 53 anos. O nível subiu 187 cm na terça-feira (12), o segundo mais alto desde 1966. A situação levou o governo a decidir decretar …

Oxigênio descoberto em Marte intriga cientistas da NASA

Padrão de comportamento do oxigênio recém-descoberto pelo rover Curiosity, da NASA, é tão diferente que os cientistas não conseguem desvendá-lo através dos processos químicos conhecidos pela ciência. A agência espacial norte-americana divulgou os resultados da análise …