Meme do “namorado distraído” lança debate na internet

(dr) Antonio Guillem

O famoso meme do “namorado distraído” foi descrito como “sexista” pelo regulador de publicidade sueco, mas há quem o defenda na internet.

O parecer do regulador de publicidade na Suécia, discutido na semana passada, depois de o meme ter sido utilizado como parte de uma campanha de recrutamento para uma empresa de internet do país, lançou o debate a nível internacional: afinal, o meme é ou não “sexista” e “degradante”?

O trio fotografado em 2015 pelo espanhol Antonio Gillem é usado, desde então, para comentar diversos temas desde política e séries de televisão a resultados de futebol. Na imagem, o homem representa o papel de uma pessoa que percebe que aquilo que tem (sua mulher) não é tão bom como aquilo que está vendo (outra mulher).

Apesar de a imagem ter ganhado este ano o título de “melhor meme do ano, a Reklamombudsmannen não concorda. “A imagem promove estereótipos tanto de homens quanto de mulheres”, disse a entidade. “Mostra o estereótipo de homens olhando para mulheres como se fossem substituíveis, incluindo no local de trabalho.”

A organização apela ao fim da campanha com a imagem. Em abril, a empresa Bahnhof decidiu usar a imagem (e sua fama) para uma campanha de recrutamento online. O homem surgia legendado como “você”, para representar as pessoas que viam o anúncio. A mulher de vermelho representava uma carreira na empresa.

På jakt efter ett nytt jobb? Just nu letar vi efter säljare, drifttekniker och en skillad webbdesigner. Kolla in vår sida med lediga tjänster här: https://www.bahnhof.se/om/karriar

Posted by Bahnhof on Wednesday, April 4, 2018

Na internet, as opiniões se dividiram. Há quem concorde com o regulador sueco, como também existem pessoas que encontram humor na campanha. Ainda assim, segundo o Público, muitos comentários vinham de homens e mulheres preocupados. “Parece que não querem atrair mulheres para a empresa“, escreveu um utilizador.

A empresa já se defendeu, afirmando que o único objetivo da campanha era mostrar “a empresa como um empregador apelativo“. No entanto, a Reklamombudsmannen não aceita a desculpa, frisando que os anúncios não devem mostrar pessoas como “meros objetos sexuais”.

Na internet, a verdade é que o meme ganhou uma nova vida. Segundo o diário, agora o namorado desempenha o papel dos “utilizadores de internet”, a companheira, o Reklamombudsmannen, e a mulher de vermelho, a fotografia original.

Apesar da polêmica, Jon Karlung escreveu no twitter que a empresa continuará usando a imagem. No comunicado oficial, a empresa nota que “se temos de ser criticados, é apenas por usar um meme antigo”, disse o presidente executivo da Karlung.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Senado oficializa criação da CPI da Pandemia

Presidente do Senado diz que foco deve estar nas ações e omissões do governo federal e no repasse de recursos da União para estados e municípios. STF julgará determinação do ministro Barroso que ordenou abertura …

Bernie Madoff, maior golpista da história, morre em prisão norte-americana, diz relato

Bernard Madoff, o ex-financista que realizou a maior fraude de investimento na história dos Estados Unidos, morreu aos 82 anos de idade, de acordo com relatos da mídia. Em 2009, o notório financista recebeu uma sentença …

Salvator Mundi, obra mais cara de Da Vinci avaliada em R$2,6 bi, é vista em iate de príncipe

A obra de arte mais cara do mundo é ‘Salvator Mundi’, atribuída a Leonardo da Vinci. Com valor estimado em mais de 400 milhões de dólares ou superior aos 2,6 bilhões de reais, seu paradeiro …

Variante indiana da Covid-19 se propaga mais rápido e é menos detectada por testes PCR

A Índia enfrenta a pior onda de contaminações da Covid-19 desde o início da pandemia, com mais de 165 mil casos registrados nas últimas 24 horas: duas vezes mais do que no último pico, em …

Tipo sanguíneo não afeta risco de contrair COVID-19, diz novo estudo

Um estudo buscou entender se determinados tipos sanguíneos trazem mais riscos de contrair a COVID-19, e concluiu que não é o caso. Com a pandemia, muito se questiona em relação ao comportamento da COVID-19 em nosso …

Buracos negros são famintos, mas possuem boas maneiras à 'mesa', aponta estudo

Todos os buracos negros supermassivos nos centros das galáxias possuem períodos nos quais devoram a matéria situada de seus arredores. De acordo com um estudo publicado na revista científica Astronomy & Astrophysics, as galáxias ativas têm …

Pnad e Caged: No auge do desemprego, Brasil enfrenta falhas nas estatísticas do mercado de trabalho que confundem e desorientam

Num momento em que o país tem registrado números diários de mortes por covid-19 que ultrapassam 4 mil e diversos Estados e municípios reforçam medidas de distanciamento social, na tentativa de conter a propagação do …

Jovem negro de Minnesota morreu por “disparo acidental”, afirma polícia

Policial teria confundido arma de descarga elétrica com arma de fogo. Incidente em meio a julgamento da morte de George Floyd acirra tensões e agrava protestos. Mineápolis e outras cidades ampliam toque de recolher. A policial …

Bia, assistente de voz do Bradesco, vai responder mensagens de assédio

O Bradesco precisou tomar providências para proteger uma mulher de assédio. No caso, uma mulher que nem existe fisicamente. A mulher que dá voz ao sistema de inteligência artificial do aplicativo, a Bia (sigla para Bradesco …

Covid-19: Médicos pressionam governo francês para aumentar controles de pessoas vindas do Brasil

Especialistas acreditam que medidas do governo francês para frear entrada de variante P1 no país são insuficientes e pressionam para aumento de controles de passageiros provenientes do Brasil nos aeroportos ou pela suspensão dos …