Menina cria projeto de ajuda a necessitados e já tocou a vida de centenas de pessoas

O projeto de Clara Luz, de 11 anos, já está ajudando pessoas com necessidades físicas ou financeiras em 6 cidades brasileiras: Uberlândia (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF), Gurinhatã (MG), Ituitutaba (MG) e Rio de Janeiro (RJ). A menina de Uberlândia, Minas Gerais, criou o Projeto Esperança quando tinha 8 anos.

Ela começou emprestando duas cadeiras de rodas que conseguiu de doação e aos poucos foi conseguindo mais doações. Hoje, o Projeto Esperança conta com 62 cadeiras de rodas e de banho, vinte muletas, vinte andadores, duas camas hospitalares e dois colchões.

“O projeto empresta os equipamentos para pessoas que não têm condições de comprar ou alugar e quando não precisam mais, elas devolvem para Clara Luz emprestar novamente para outras pessoas”, contou a mãe da menina, Claristana Hermida, em entrevista ao SNB.

Para o aniversário de 11 anos, no próximo dia 13, Clara teve uma nova ideia inspiradora. “Este ano ela vai comemorar de forma diferente, na Brinquedoteca do Hospital do Câncer de Uberlândia. Em vez de ganhar presentes, ela quer doar brinquedos para as crianças que fazem tratamento contra o câncer”, contou o pai, Luis Hermida.

Ele disse que Clara Luz foi convidada a ser a Embaixadora do Aniversário Solidário, que é uma ação desenvolvida pelo Grupo Luta pela Vida. Ela vai ajudar a angariar recursos para o hospital, que é mantido por doações, para terminar o 3º e 4º andares, onde funcionarão os transplantes de medula e o centro cirúrgico.

A comemoração do aniversário da Clara Luz será no dia 24 de janeiro, às 7h30 da manhã, horário em que as crianças chegam para fazer a quimioterapia.

Menina prodígio

Clara Luz Marques Caldas Hermida está no 7º ano do Ensino Fundamental, no Colégio Adventista de Uberlândia, e começou cedo nas causas sociais.

“Quando tinha apenas cinco anos de idade estava passando uma temporada no Rio de Janeiro na mesma época que houve o desmoronamento das encostas na região serrana. Ela ficou muito sensibilizada com a situação dos desabrigados e quis ajudar, mas a família já estava voltando para Uberlândia e não houve tempo”, contou a mãe.

Alguns anos depois, assistindo a um clipe do cantor Justin Bieber, gravado no Haiti com a realidade das pessoas que sofriam as consequências da guerra civil, Clara quis ir até o Haiti para ajudar aquelas pessoas, mas sua mãe disse que não era possível naquele momento.

“Então, aos oito anos de idade, ela criou um projeto ao qual deu o nome de Projeto Esperança. A finalidade é ajudar pessoas com necessidades”, lembra Claristana.

Clara Luz também realiza festas para as crianças do seu bairro no Dia das Crianças, Páscoa e Natal. A menina distribui brinquedos, ovos de chocolate e realiza brincadeiras para a criançada.

Ela distribui cestas básicas para famílias carentes da cidade. Realiza bazares para angariar recursos para a realização das festas e para a compra das cestas básicas. Na Páscoa de 2017, foram distribuídos 500 ovos de chocolate”, lembra o pai.

“Na festa do Dia das Crianças de 2017, Clara distribuiu 800 brinquedos, cachorro-quente, refrigerante, pipoca e algodão doce para todos os presentes, cerca de 1300 pessoas. Para estas duas últimas festas, conseguiu alguns parceiros que ajudaram com doações”, conta.

O pai conta ainda que, no Natal, foram distribuídos 80 brinquedos (sem festa). Durante todo o ano de 2017, foram distribuídas 350 cestas básicas.

Os bazares antes aconteciam na garagem da casa da família, uma vez por mês, com doações de roupas e calçados. Hoje, o bazar é realizado todos os sábados num cômodo que é a sede do projeto, também na residência onde moram.

A sede fica em Uberlândia (MG) desde junho de 2017. E sempre que possível, Clara envia cadeiras de rodas para essas localidades e as pessoas responsáveis se encarregam de distribuí-las.

O projeto é mantido com os recursos conseguidos através dos bazares e de doações. “Não tem recurso público”, garantem os pais.

Escritora

Aos 11 anos, Clara Luz se tornou escritora ao publicar o livro “A loja de doces da Clarinha”.

A história é sobre uma personagem que mobiliza a comunidade em que vive para criar uma cooperativa, para que os pais consigam sustentar suas famílias e as crianças – que antes trabalhavam vendendo os produtos produzidos em seus sítios – tenham tempo de ir para escola e de brincar.

Este, é o primeiro de uma série de cinco livros. São histórias fictícias, escritas por Clara Luz. Neles, a personagem tenta mudar o mundo com pequenas atitudes que levam alento às pessoas.

 

Ciberia // Só Notícia Boa

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

NASA pode ter destruído as primeiras provas de vida em Marte

A NASA pode ter destruído provas da existência de vida em Marte nos anos 1970. O carbono esteve no solo marciano o tempo todo, mas, infelizmente, os Vikings podem ter incendiado tudo. Em 1976, a NASA …

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …

França conquista segunda Copa e se iguala a Uruguai e Argentina

A França venceu a Croácia por 4 x 2 e é campeã da Copa do Mundo da Rússia. O time francês foi aplicado taticamente, apostou na solidez de sua defesa e na eficiência de seus …

"Trump me sugeriu processar a União Europeia", diz primeira-ministra britânica

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, revelou neste domingo, 15, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse para "processar a União Europeia" em meio às tratativas de negociações do Brexit - …

Descoberta "oficina de múmias" próximo a pirâmides de Gizé

Arqueólogos alemães e egípcios anunciaram neste sábado (14) ter descoberto uma "oficina de mumificação" perto da necrópole de Saqqara, no Egito. Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de um antigo sepultamento e de uma oficina de mumificação …

Os romanos podem ter sido os primeiros caçadores de baleias

Ossadas de baleias cinzentas e baleias-francas do Atlântico Norte foram encontradas no Estreito de Gibraltar. Esses ossos sugerem que, nos primeiros séculos depois de Cristo, as baleias não só circulavam por mares europeus como também …

Cabine de avião da Ryanair despressuriza e 33 passageiros vão parar no hospital

Trinta e três passageiros de um avião da companhia low-cost Ryanair tiveram que ser hospitalizados depois que a cabine do aparelhou sofreu uma despressurização. O piloto precisou fazer uma aterrissagem de emergência em Frankfurt, na …

Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou hoje (14) em nota que tenha participado de supostas fraudes no Ministério do Trabalho para beneficiar sindicatos em Mato Grosso do Sul, seu reduto eleitoral. A informação …

Mosaico que retrata "espiões bíblicos" de Moisés é descoberto em Israel

A descoberta de uma série de mosaicos que datam de 1.600 anos atrás, no interior de uma antiga sinagoga, em Israel, está “revolucionando” tudo o que sabíamos sobre o Judaísmo da época, apresentando “novas pistas” …