Merkel sinaliza a Johnson possível renegociação de acordo do Brexit

Moritz Hager / World Economic Forum

Angela Merkel, chanceler alemã

Em Berlim, premiê britânico tenta procurar aliados para conseguir concessões em acordo negociado com União Europeia. Apesar de aberta ao diálogo, chanceler federal alemã diz que UE está preparada para qualquer cenário.

Em sua primeira visita oficial à Alemanha, o novo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, voltou a afirmar nesta quarta-feira (21/08) estar confiante que poderá renegociar o acordo do Brexit com a União Europeia (UE), porém, manteve sua exigência da retirada do backstop, negociado anteriormente entre as partes.

“Quero deixar absolutamente claro para nossos amigos alemães e para o governo alemão que o Reino Unido deseja um acordo. Precisamos, porém, que o backstop seja removido. Se pudermos fazer isso tenho absoluta certeza que podemos avançar juntos”, disse Johnson numa coletiva de imprensa ao lado da chanceler federal da Alemanha, Angela Merkel.

O backstop foi um mecanismo estabelecido pela UE para evitar uma nova imposição de uma “fronteira dura” entre a Irlanda, membro da UE, e a Irlanda do Norte, parte do Reino Unido, visando manter uma fronteira aberta caso Londres e Bruxelas não cheguem a um acordo comercial pós-Brexit. A medida implicaria na manutenção de uma relação estreita entre Londres e o bloco europeu, por um prazo indefinido. Dublin afirma que esse sistema é essencial para manter a paz na ilha.

Na coletiva, o premiê britânico ressaltou que não pode aceitar o atual, que segundo ele, além de dividir o Reino Unido, ainda prenderia Londres a “acordos regulatórios e comerciais da UE, sem ter voz sobre esses assuntos”.

Merkel sinalizou estar aberta a debater a questão e disse que uma possível solução para o impasse sobre o mecanismo pode ser encontrada nos próximos 30 dias. “Vamos ouvir as propostas do governo britânico. Nosso objetivo é garantir a integridade do mercado único”, ressaltou, acrescentando que não é ela que lidera as negociações com o Reino Unido, e sim os 27 membros do bloco e a Comissão Europeia.

A chanceler reiterou ainda seu pedido para o Reino Unido não deixe a União Europeia sem um acordo e defendeu que o divórcio seja desenhado para manter a boa relação já existente entre Bruxelas e Londres. Merkel destacou, porém, que o bloco está preparado para um Brexit sem acordo.

Em Berlim, sob os gritos de “não ao Brexit”, Johnson foi recebido por manifestantes que protestavam pela permanência do Reino Unido na União Europeia.

Johnson está tentando convencer Merkel e ao presidente francês, Emmanuel Macron, por quem será recebido na quinta-feira, a renegociar parte do acordo do Brexit. Os líderes europeus já descartaram uma renegociação e também não pretendem voltar atrás do backstop e argumentam que o mecanismo já foi aceito pelo governo do Reino Unido.

O impasse sobre o backstop impossibilitou a aprovação do acordo pelo Parlamento britânico e levou a queda da antecessora de Johnson, Theresa May. Com ou sem acordo, o primeiro-ministro prometeu que o Brexit deve ocorrer na data prevista, 31 de outubro.

Deutsche Welle //

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

"Blob": o que é a misteriosa criatura com 720 sexos e sem cérebro

Ele não tem boca, estômago, olhos, tampouco pode detectar ou digerir alimentos. Também não tem braços ou pernas, mas consegue se locomover — e, em um único dia, dobrar de tamanho. É capaz de aprender e …

Planalto suspende indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada nos EUA

Desgaste político e crise entre clã Bolsonaro e PSL minam nomeação do filho do presidente, que dificilmente seria aprovada pelo Senado. Caso ocorre após batalha pela liderança da legenda na Câmara. O Palácio do Planalto decidiu …

EUA aplicam tarifas punitivas sobre produtos da UE

Após aval da OMC, entram em vigor aumentos tarifários de 10% e 25%, afetando 7,5 bilhões de dólares em produtos do bloco europeu. Bruxelas poderá retaliar com sanções. As autoridades de comércio dos Estados Unidos confirmaram …

Polícia libera filho do chefe do narcotráfico El Chapo depois de emboscada

Alvos de uma violenta represália dos narcotraficantes, os policiais mexicanos foram obrigados a soltar Ovidio Guzmán López, um dos filhos do célebre El Chapo, do cartel de Sinaloa, pouco depois de prendê-lo, nesta quinta-feira (17) …

Pesquisa identifica quais as preferências musicais em cada região do Brasil

Ainda que a cultura brasileira tenha o hábito de importar, no bom e no mal sentido, tudo que pode de países estrangeiros – em especial dos EUA e alguns países da Europa – na hora …

Estudo descobre que humanos têm capacidade de regeneração como a salamandra

Infelizmente, seres humanos não podem se dar ao luxo de perder nenhum pedacinho do corpo, porque todos são insubstituíveis. Ou talvez não. Um estudo da Universidade Duke (EUA) descobriu que somos muito melhores em regenerar cartilagem …

Polícia da Holanda encontra família que diz ter passado 9 anos fechada em quarto secreto ‘esperando o fim do mundo’

Uma família de seis pessoas que passou nove anos em uma fazenda "esperando o fim do mundo" foi descoberta pela polícia na Holanda, depois que um deles apareceu em um bar da região de Ruinerworld. Um …

Ter um cachorro pode te ajudar a viver mais, aponta estudo

Nos últimos anos diversas pesquisas apontaram as vantagens de se ter um cachorro em casa. Nossos fiéis amigos de quatro patas são muito mais do que companheiros, mas podem nos ajudar a viver mais. É …

Desde 1970 a NASA sabe que existe vida em Marte, diz ex-engenheiro da agência

Em um artigo publicado na terça-feira (15) na revista Scientific American, Gilbert Levin, um ex-engenheiro da NASA que trabalhou nas missões Viking, faz uma afirmação polêmica: a de que, desde a década de 1970, a …

Brexit: União Europeia e Reino Unido anunciam um acordo em Bruxelas

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou na manhã desta quinta-feira (17) que encontrou um "excelente novo acordo" para o Brexit com a União Europeia, a poucas horas da cúpula da UE para selar a saída …