Reino Unido: Boris Johnson quer forçar Brexit

Chatham House / Wikimedia

Boris Johnson, o novo primeiro-ministro britânico

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson pediu à Rainha Isabel II que suspenda o Parlamento, semanas antes da data prevista para o “Brexit”. O pedido foi aceito pela Rainha.

O “Brexit” deverá ser efectivo a 31 de Outubro, data que foi fixada como prazo limite para a saída do Reino Unido da União Europeia.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson já garantiu várias vezes que a 31 de Outubro o Reino Unido sairá de qualquer maneira da União Europeia, quer com ou sem acordo. Aliás o primeiro-ministro nunca se mostrou preocupado com uma saída sem acordo.

A suspensão do Parlamento poderá ajudar a saída sem acordo. Dado o impasse parlamentar sobre o acordo assinado pela antiga primeira-ministra Theresa May com a União Europeia para a saída do Reino Unido, a suspensão do Parlamento permitiria prosseguir com o “Brexit” sem o risco de os deputados travarem o processo. Este passo, se é efectivo, seria controverso, por escapar à aprovação do Parlamento.

De notar que apenas a Rainha Isabel II pode suspender o Parlamento, seguindo por convenção o pedido do primeiro-ministro, isto sem a aprovação dos deputados. A Rainha Isabel II aceitou o pedido.

Recorde-se que os deputados regressam ao trabalho, após as férias, e ainda se vão reunir a 4 e 5 de Setembro. A suspensão vai acontecer a 9 de Setembro. Uma suspensão que será levantada a 14 de Outubro pela Rainha Isabel II. Isto significa que vai haver muito pouco tempo para uma qualquer contestação visto que o “Brexit” deve acontecer em teoria a 31 de Outubro.

Numa carta enviada aos membros do Parlamento, o primeiro-ministro Boris Johnson confirmou que se reuniu esta manhã com a Rainha: “Esta manhã falei com Nossa Majestade, a Rainha, para pedir o fim da atual sessão parlamentar na segunda semana de setembro, antes de começar uma nova sessão parlamentar com um discurso da Rainha a 14 de Outubro”, pode ler-se no documento. Pedido entretanto aprovado pela Rainha.

A primeira má notícia para o Reino Unido com o anúncio de Boris Johnson é que a libra esterlina caiu 1% e atingiu os 1,217 dólares. Segundo os especialistas, se o Parlamento for efectivamente suspenso a queda poderá ser ainda mais acentuada para a libra esterlina.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …