Misterioso raio cósmico é detectado incrivelmente perto da Terra

pelosbriseno / Flickr

Radiotelescópios do Observatório Very Large Array (VLA) no Novo México, EUA

Uma estranha rajada de ondas de rádio detectada no espaço foi rastreada até uma galáxia a 120 milhões de anos-luz do nosso planeta – a nível astronômico, essa é uma distância incrivelmente curta da Terra.

Esse sinal cósmico, apelidado de FRB 171020, faz parte da enorme descoberta anunciada semana passada por especialistas australianos. Em apenas um ano, o Australian Square Kilometre Array Pathfinder identificou 20 desses sinais de rádio que emanam do espaço profundo e, um dos quais, passou extremamente perto de nós.

As rajadas rápidas de rádio (fast radio bursts ou FRB) são um dos fenômenos mais intrigantes de todo o Universo. Apesar de extremamente poderosos – podendo gerar tanta energia quanto centenas de milhões de sóis –, suas emissões são breves e pontuais e, por isso, são muito difíceis de serem encontradas e estudadas.

Foi em 2007 que as primeiras manifestações cósmicas desse tipo começaram a ser debatidas pela comunidade científica e, desde então, pouco mais se descobriu sobre esses sinais. Os cientistas continuam sem entender o que poderia produzir uma explosão tão fugaz, mas, ao mesmo tempo, tão forte.

Todas essas incertezas, como nota o Daily Mail, levaram alguns especialistas a especular se essas rajadas de rádio podem ser fruto da colisão de estrelas com mensagens criadas por civilizações alienígenas avançadas tecnologicamente.

De acordo com os cientistas da Universidade de Tecnologia de Swinburne, na Austrália, que são responsáveis pela descoberta, o objeto que teria originado a emissão do sinal estaria a menos de 100 milhões de anos-luz da Terra – realmente perto.

A maioria das explosões até agora detectadas estão a 1 bilhão de anos luz de distância. No entanto, a FRB 171020 veio de uma galáxia a cerca de 120 milhões de anos luz, provavelmente da galáxia ESO 601-G036.

Elizabeth Mahony, uma das pesquisadoras envolvidas no descoberta, afirmou que essa galáxia tem características – tamanho, quantidade de oxigênio, velocidade da formação das estrelas – semelhantes às de Auriga, a única outra galáxia onde já se identificou com precisão uma rajada rápida de rádio.

No entanto, Auriga está bem mais distante da Terra, localizando-se a 2,4 bilhões de anos-luz. Ou seja, está quase 20 vezes mais longe que a galáxia rastreada agora – esses sinais cósmicos nunca estiveram tão perto da Terra.

Os cientistas estão esperançosos em descobrir a origem desses sinais, desenvolvendo pesquisas nesse sentido. A equipe de Mahony, por exemplo, foca seus telescópios na ESO 601-G036, tentando perceber de que parte da galáxia é que estes sinais são oriundos.

“E depois disso poderemos ser finalmente capazes de resolver o mistério dessas rápidas explosões de rádio”, concluiu Mahony, em declarações à New Scientist.

Ciberia // Sputnik / ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …