Movimento internacional contra mudanças climáticas chega ao Brasil

Manifestantes de mais de 1.600 cidades ao redor do mundo sairão às ruas para protestar contra as mudanças climáticas nesta sexta-feira (15/03), em ato que é considerado por ativistas uma das maiores mobilizações pelo clima já vistas.

O Brasil está entre os mais de cem países que aderiram ao Fridays for Future (ou Greve pelo Futuro, como vem sendo chamado no Brasil) neste 15 de março, com 19 cidades participantes, segundo a organização.

À frente do movimento global, está a ativista sueca Greta Thurnberg, de 16 anos, que desde agosto do ano passado falta às aulas para pressionar o governo sueco a cumprir o Acordo de Paris, um tratado mundial assinado por quase 200 países, incluindo o Brasil, para reduzir a emissão de gases de efeito estufa.

Inicialmente sozinha em frente ao Parlamento sueco, Greta conquistou o apoio de estudantes de diferentes países – e de adultos também. Recentemente, mais de 12 mil cientistas de países de língua alemã se posicionaram publicamente a favor das manifestações. O apoio é uma resposta às críticas de políticos que condenam o fato de crianças e adolescentes faltarem às aulas para protestar.

Apesar das polêmicas, as ideias da ativista sueca e o convite à participação nas “greves pelo clima” ganharam enorme repercussão e encontraram adeptos no Brasil. As diferentes manifestações planejadas para esta sexta-feira no país devem contar com a participação de jovens estudantes e também de adultos e têm como foco os impactos locais das mudanças climáticas.

Pensar globalmente, agir localmente

As turmas de 6° ano do Colégio Guarani, de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, vão aderir ao movimento global. Cerca de 90 estudantes, que estão aprendendo sobre mudanças climáticas em sala de aula, devem participar de uma caminhada da escola até a prefeitura, usando cartazes de materiais reciclados feitos por eles.

Além disso, alunos do primeiro ano do ensino médio estão elaborando uma carta com sugestões para deixar a cidade mais sustentável. O documento será entregue à Câmara Municipal. “Estou tentando marcar um horário para apresentarmos as propostas”, afirma a professora de Ciências e Biologia Jenifer Rocha. Entre as ideias estão o incentivo a telhados verdes ou jardins verticais em prédios e a criação de pontos de coletas de materiais recicláveis vinculados a um sistema de bônus.

Em Peruíbe, no litoral paulista, cerca de 150 alunos da Escola Estadual Portal da Jureia, também planejaram uma passeata com cartazes e faixas até a Praia de Peruíbe, depois de assistirem a uma palestra sobre mudanças climáticas. Lá, eles planejam demarcar o ponto aonde deve chegar o nível do mar caso o aquecimento global não seja contido e alertar para possíveis consequências disso, que incluem inundações. Ao final, eles vão plantar árvores nativas.

O litoral também é uma preocupação para manifestantes em Recife. “Em Maracaípe [praia a 75 quilômetros de Recife], onde moro, tinha uma estrada na beira-mar que chegava até o final da baía. Agora só tem uma parte, porque o mar arrasou o restante dela. Tem gente que está perdendo terrenos porque o mar os está engolindo”, diz a artesã argentina Gisela Díaz, que está à frente do movimento na cidade.

Ela também menciona a chamada maré vermelha, ocorrida no mar de Maracaípe recentemente. O fenômeno acontece quando o aquecimento da água provoca a proliferação de algas que soltam toxinas e fazem mal aos banhistas e à fauna marinha. O aumento da temperatura dos oceanos é um dos efeitos das mudanças climáticas e, segundo estudos recentes, está acontecendo em ritmo mais rápido do que o esperado.

Gisela e um grupo de amigos vai tentar conscientizar motoristas e pedestres sobre as mudanças climáticas nos semáforos de Recife, com a ajuda de placas e o apoio de iniciativas ambientais locais, como Greenpeace e Recife sem lixo.

“A gente não é estudante, alguns nem brasileiros somos, mas acho que isso não tem importância. O mundo é um só, e todos precisamos dele. No último discurso da Greta, ela disse que se os adultos acham ruim que as crianças façam greve, poderiam ocupar seus lugares, ou melhor, se somar a elas. Então, aqui estou”, explica.

Em Juazeiro do Norte, no Ceará, manifestantes vão se reunir numa praça, munidos de cartazes e focando temas locais. “Por sermos do Ceará, iremos falar da atual seca de seis anos, a pior da história, além das pautas globais da Greta e das nacionais, como as medidas do novo governo para o meio ambiente”, diz o estudante de Pedagogia Davi Mota, responsável pela manifestação na cidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Guerra Fria 2.0 entre EUA e China será uma batalha tecnológica, dizem especialistas

A batalha mundial pelo domínio da alta tecnologia está cada vez mais centrada em EUA e China. Com confronto aberto no caso da Huawei, especialistas do clube Valdai alertam para uma longa guerra fria tecnológica …

Combate à corrupção reduz mortalidade infantil, aponta estudo

Auditorias anticorrupção realizadas em municípios brasileiros entre 2003 e 2015 reduziram a mortalidade infantil. Esta é a principal conclusão de um estudo, conduzido por pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, que relacionou o …

2.300 maneiras de prevenir o Covid-19 foram mapeadas por universidade brasileira

Está disponível online a Plataforma das Universidades contra COVID-19 organizada pelo Projeto Ciência Popular e desenvolvida em parceria com a Empresa Júnior de Sistemas de Informação da EACH/USP (Síntese Jr.). Em setembro havia sido publicado o …

Debate nos EUA: Trump não disse nada de novo para reverter vantagem de Biden, diz historiador

O segundo e último debate entre o presidente americano, Donald Trump, e seu rival democrata Joe Biden, nesta quinta-feira (22), em Nashville, foi mais civilizado do que a primeira confrontação entre os dois candidatos …

Mais humanos estão evoluindo para ter três artérias nos braços; entenda porquê

Não se engane ao achar que o corpo humano não está em constante evolução. Pesquisadores australianos descobriram recentemente que o nosso organismo parece estar, aos poucos, desenvolvendo uma nova artéria no braço: a artéria mediana. Esse …

Tesla supera expectativas e apresenta quinto trimestre consecutivo de lucros

A Tesla divulgou nesta quarta-feira (21) seus resultados financeiros relativos ao terceiro trimestre de 2020. E as notícias foram boas: além de apresentar lucros pelo quinto trimestre consecutivo, a montadora elétrica apresentou os três meses …

Bitcoin alcança valor máximo anual após anúncio do PayPal

Nesta quarta-feira (21), o PayPal anunciou que vai lançar um sistema que permite efetuar compras e vendas em moedas digitais. Nesta quarta-feira (21), o bitcoin alcançou seu valor máximo neste ano, acima de US$ 13.200 (R$ …

Papa Francisco defende união civil homossexual

Pela primeira vez desde que assumiu a liderança da Igreja Católica, pontífice se manifesta a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo. "Gays têm direito a ter família, são filhos de Deus", diz …

Obama faz campanha para Biden e tenta ganhar votos republicanos com evento drive-in na Pensilvânia

Em seu primeiro evento presencial do ano, o ex-presidente Barack Obama vai participar de uma campanha drive-in na noite desta quarta-feira (21) na Pensilvânia. A expectativa é que Obama conquiste eleitores negros no sul …

Cientistas acabam de descobrir um órgão misterioso escondido no centro da cabeça humana

Cientistas fizeram uma descoberta anatômica surpreendente, encontrando o que parece ser um misterioso conjunto de glândulas salivares escondidas dentro da cabeça humana que de alguma forma passaram despercebidas até agora. Essa “entidade misteriosa” foi identificada acidentalmente …