Mulher autoriza desligamento de aparelhos de pessoa errada (e processa hospital)

Uma mulher de Nova York que cuidou por vários dias de seu irmão e que, após a confirmação da sua morte cerebral, ordenou que fosse desligado dos aparelhos que o mantinha vivo processou o hospital após descobrir que o homem em questão não era seu irmão.

O processo foi apresentado contra o hospital público Sainy Barnabas na Suprema Corte do Bronx por Shirell Powell, cujo irmão Frederick Williams, de 40 anos, tinha sido paciente de tal centro de saúde.

De acordo com o processo, Powell, que alega ter sofrido danos emocionais pela negligência do hospital, recebeu uma ligação de um médico do centro sanitário em 15 de julho de 2018 para informar-lhe que seu irmão tinha sido internado em estado inconsciente.

O processo, apresentado no último dia 15 de janeiro, destaca que o homem internado no hospital, e que tinha documentos de identidade, entre eles o do seu seguro social, era Freddy Clarence Williams.

Esse Frederick Williams e Freddy Clarence Williams são pessoas diferentes“, afirma o documento do processo. Além disso, indica que a litigante compareceu no dia 15 de julho de 2018 ao hospital, onde foi informada pelo mesmo médico que lhe ligou que seriam realizados alguns exames em Williams, que não tem um segundo nome.

“Estava entubado e estava um pouco inchado, mas se parecia muito com meu irmão“, disse a mulher ao jornal “New York Post”.”Ele não podia falar quando lhe levaram ao hospital. Simplesmente assumiram que se tratava do meu irmão”, afirmou a mulher ao jornal nova-iorquino.

Powell, de 48 anos e residente do distrito do Brooklyn, também alegou à corte que dois dias mais tarde foi informada que Frederick Williams, seu irmão mais novo, tinha sofrido severo dano cerebral como resultado de uma overdose de narcóticos e que seria transferido ao asilo do mesmo hospital.

“Foi realmente doloroso”, declarou a litigante, que também disse ao jornal que uma das duas filhas do seu irmão, de 17 anos, viajou para Nova York antes que fosse desligado dos aparelhos que lhe mantinham vivo.

A litigante permaneceu ao lado de quem acreditava ser o seu irmão de 17 de julho, quando foi levado ao centro hospitalar, até o dia 29 daquele mês, quando autorizou o desligamento dos aparelhos.

Powell pediu então que fosse realizada uma autópsia. De acordo com o processo, o hospital identificou o morto como Frederick Williams. No entanto, no dia 16 de agosto, o médico legista o identificou como Freddy Clarence Williams.

Como resultado da confusão, a litigante autorizou a interrupção do tratamento médico de uma pessoa que não era o seu irmão, segundo argumento ao tribunal em uma ação que não especifica o valor da indenização econômica reivindicada.

Powell soube depois que seu irmão estava na prisão municipal de Riker desde 1º de julho do 2018 e, alguns meses depois, presenciou uma audiência de Frederick na Suprema Corte de Manhattan. “Vi meu irmão e não podia acreditar“, lembrou a mulher, que também teve a chance de conversar com seu irmão mais novo.

Por um lado, disse que agradece por estar vivo, mas, pelo outro, lamenta por ter “matado alguém que foi um pai ou um irmão”. Nesse sentido, Alexander Crime, EUA, HospitaisDudelson, advogado de Powell, se comunicou com o hospital em uma tentativa infrutífera de obter mais informação sobre Freddy Clarence Williams.

A própria Powell pediu informação ao escritório do legista sobre a família de Freddy para enviar-lhe condolências, mas teve seu pedido negado com base na lei de privacidade.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Pessoas em situação de rua viram guias turísticos na Irlanda

Olha só que iniciativa maravilhosa. Na Irlanda, o projeto ‘Secret Street Tours’ treina pessoas em situação de rua para usar seu conhecimento sobre a cidade para serem guias de turistas em tours pela cidade de …

Cientistas finalmente criam neurônios artificiais

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores da Universidade de Bath (Inglaterra) realizou um feito inédito: conseguiu reproduzir a atividade biológica de neurônios usando chips de silicone. E o que é ainda melhor: esses “neurônios artificias” requerem …

Huawei pode lançar novos smartphones no Brasil, afirma executivo

A Huawei oficializou, nesta quinta-feira, 5, uma plataforma de auxílio aos desenvolvedores para publicarem e divulgarem seus aplicativos para os dispositivos da companhia. Chamada Huawei Ability Gallery, trata-se de uma expansão do ecossistema da App Gallery, …

Metrô de Paris ficará em greve até segunda-feira contra reforma da Previdência

A greve dos metroviários de Paris contra o projeto de reforma da Previdência francesa foi prorrogada até segunda-feira (9). Nas assembleias-gerais realizadas pela categoria na manhã de quinta-feira (5), primeiro dia da paralisação, quase todos os …

"Operação Maleta Verde", o escândalo que atinge governo e oposição na Venezuela

Com semblante mais sério que de costume, Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino da Venezuela pelos Estados Unidos, pelo parlamento da União Europeia e por vários países da América Latina, dirigiu-se a jornalistas reunidos em …

Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo. O sarampo causou …

O que contribuiu em peso para o 'colapso maia'?

Pesquisas recentes reforçam a teoria de que o colapso de muitas das grandes cidades maias mesoamericanas estava relacionado a períodos prolongados de seca, alguns de até 200 anos. Nayelli Jiménez Cano, pesquisadora do Laboratório de Zooarqueologia …

Com 39% da população abaixo da linha da pobreza, Ruanda patrocina PSG e causa polêmica

O time de futebolParis Saint-Germain (PSG) divulgou nesta quarta-feira (4), uma parceria de três anos com o governo de Ruanda, sem especificar o valor. Em maio de 2018, o país africano já havia assinado um acordo …

Os pássaros estão encolhendo, e você nunca vai adivinhar por quê

De acordo com um novo estudo americano, devido a mudança climática, os pássaros estão encolhendo em tamanho, embora a envergadura de suas asas esteja ficando maior. “Descobrimos que quase todas as espécies estavam ficando menores. As …

Navio de combate alemão da 1ª Guerra Mundial é encontrado nas Malvinas

Um cruzador alemão, afundado pelos britânicos durante a Primeira Guerra Mundial em 8 de dezembro de 1914, foi achado perto da costa das ilhas Malvinas. Trata-se do SMS Scharnhorst, principal navio da esquadra do almirante Maximilian …