200 anos de história perdidos: Museu Nacional é totalmente destruído pelas chamas

Um incêndio de proporções ainda imensuráveis deflagrado neste domingo (2) destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que corre agora o risco de desabamento. As razões do incêndio são ainda desconhecidas.

“O arquivo histórico do museu, de 200 anos de história, foi totalmente destruído”, disse o vice-diretor do museu, Luiz Fernando Dias Duarte, pouco depois de os bombeiros terem lançado um alerta para o risco de desabamento do edifício, em consequência do incêndio que não causou vítimas, informou a GloboNews.

O presidente Michel Temer emitiu em comunicado: “Incalculável para o Brasil a perda do acervo do Museu Nacional. Hoje é um dia trágico para a museologia do nosso país. Foram perdidos duzentos anos de trabalho, pesquisa e conhecimento. O valor para a nossa história não pode ser medido, pelos danos ao prédio que abrigou a família real durante o império. É um dia triste para todos brasileiros.

Antes, o Ministério da Educação já havia lamentado as consequências do incêndio no Museu Nacional criado por D. João VI e que completa 200 anos em 2018.

O ministério destacou que serão feitos todos os esforços para auxiliar a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que geria o museu, no que for necessário para a recuperação do patrimônio histórico.

A reitoria da universidade indicou que o incêndio começou por volta das 19h30 e que não há registro de vítimas. As razões do incêndio ainda são desconhecidas, segundo a agência France-Presse.

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, afirmou que um contrato de revitalização do Museu Nacional foi assinado em junho, mas não houve tempo para que o projeto pudesse acontecer e para que a “tragédia” fosse evitada.

Segundo o governante, citado pela GloboNews, houve “negligência” em períodos anteriores. Já a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa, falou em uma “tragédia anunciada”.

O Museu Nacional é a mais antiga instituição científica do Brasil, voltada para a pesquisa e memória da produção do conhecimento, hoje vinculada à UFRJ, pode-se ler no site dedicado ao museu.

A sua história remonta aos tempos da fundação do Museu Real, por D. João VI, em 1818, cujo principal objetivo era propagar o conhecimento e o estudo das ciências naturais em terras tupiniquins. Hoje, é reconhecido como um centro de pesquisa em história natural e antropológica na América Latina.

Acervo com mais de 20 milhões de peças

O museu detinha um acervo composto por mais de 20 milhões de itens, distribuídos por coleções que servem de base para a pesquisa desenvolvida pelos Departamentos de Antropologia, Botânica, Entomologia, Geologia e Paleontologia, Vertebrados e Invertebrados.

Do acervo do museu fazia parte uma coleção egípcia e outra de arte e artefatos greco-romanos, bem como coleções de paleontologia, incluindo um esqueleto de um dinossauro encontrado em Minas Gerais e o mais antigo fóssil humano descoberto no atual território brasileiro, batizado de “Luzia”.

Grande parte das coleções do Museu Nacional foi reunida durante a Regência e o Império, entre as quais as oriundas do “Museu do Imperador”, localizado em uma das salas do Paço da Boa Vista. D. Pedro II, assim como a Imperatriz Leopoldina, sua mãe, nutria grande interesse pelo colecionismo e pelo estudo das ciências naturais.

A instituição, criada há 200 anos, foi fundada por D. João VI, de Portugal, e era o mais antigo e um dos mais importantes museus do país.

O Museu Nacional do Rio de Janeiro era o maior museu de História Natural e Antropologia da América Latina e o edifício tinha sido residência da família real e imperial brasileira.

Segundo o El País, o museu tinha ainda o maior e mais importante acervo indígena e uma das bibliotecas de antropologia mais ricas do Brasil.

A instituição, ligada à Universidade Federal do Rio de Janeiro, era alvo de cortes orçamentais há pelo menos três anos.

O vice-diretor do Museu Nacional considerou o incêndio uma “catástrofe insuportável”. “O arquivo de 200 anos virou pó. São 200 anos de memória, ciência, cultura e educação, tudo transformado em fumaça por falta de suporte e consciência da classe política brasileira”, afirmou o responsável, destacando: “Meu sentimento é de imensa raiva por tudo o que lutamos e que foi perdido na vala comum”.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. INCOPETENCIA TOTAL O BRASIL TEM UMA HISTORIA, E POR INCOPETENCIA ESTA SE DESTRUINDO AO POUCO, RECEBEM VERBAS, MAS ADMINISTRAM PESSIMAMENTE, É LAMENTÁVEL ESSE INCENDIO, TODOS ESPECIALISTAS DIZEM QUE FOI UMA FATALIDADE,,, SERÁ ??? OU FOI NEGLIGENCIA ADMINISTRATIVA.
    NOSSO PAÍS É ASSIM,, SEM, HISTORIA, SEM, EDUCAÇÃO, SEM, SAÚDE E NÓS NÃO TEMOS O PREPARARO PARA REIVINDICAR NADA, NA VERDADE É ESSA A NOSSA CULTURA,,, PENA!!!! .

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Impeachment de Trump avança nos EUA: entenda o caso em poucas palavras

Você já deve ter ouvido falar que a reação a um polêmico telefonema com um líder estrangeiro ameaça o futuro da Presidência de Donald Trump. O presidente americano enfrenta um inquérito de impeachment sob a acusação …

Twitter vai ser mais rígido com conteúdo adulto na internet e preocupa criadores

Desde o ano passado tem sido mais difícil para os criadores de páginas com o perfil NSFW (Not Safe for Work ou não seguro para ver no trabalho — impróprio, em tradução livre) ter seus …

Otan tenta exibir união, enquanto líderes são flagrados falando de Trump

Chefes de Estado e de Governo de 29 países participaram nesta quarta-feira (4) do segundo dia da cúpula de aniversário de 70 anos da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em Watford, nos arredores …

Radar aéreo descobre um navio viking em uma fazenda

Um estudo do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriu um navio viking em uma fazenda usando radar aéreo. O achado foi uma surpresa e um golpe de sorte, uma vez que este local …

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo saltam 61,7% no Brasil

O número de casamentos realizados entre pessoas do mesmo sexo em 2018 aumentou 61,7% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (04/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com …

Uber do entulho te ajuda a descartar resíduos corretamente

O lixo é definitivamente um problema contemporâneo de dimensões globais – e não só a qualidade, o material ou o destino desse lixo, mas também a forma de descarta-lo. Dos 387 quilos de resíduos que o …

Asteroide passará perto da Terra a 27.000 km/h na sexta-feira, alerta NASA

Um grande corpo celeste está se movendo na direção da Terra e chegará ao ponto mais próximo do nosso planeta nesta sexta-feira (6). De acordo com as estimativas da NASA, o asteroide 2019 WR3 mede entre …

Mensagem misteriosa pintada em urso polar na Rússia alarma pesquisadores

Imagens compartilhadas por perfis russos nas redes sociais com um urso polar pintado em spray com o símbolo "T-34" ter alarmado especialistas. Eles advertem que a pintura — cujas circunstâncias ainda não foram identificadas — pode …

Experimento deve provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

De onde estiver, Stephen Hawking segue presente na ciência, e seus últimos conselhos devem render uma descoberta para lá de impressionante (e revolucionária). Em conversa com um pesquisador da Austrália, o gênio da física falou sobre …

Justiça absolve Lula e Dilma no caso "quadrilhão do PT"

Juiz que analisou caso afirma que denúncia apresentada por Rodrigo Janot contra cúpula do PT em 2017 foi tentativa de "criminalizar a atividade política". Ministério Público pediu absolvição dos réus em outubro. A Justiça Federal do …