Na véspera dos Jogos de Inverno no Sul, Coreia do Norte exibe arsenal militar em desfile

KRT

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, comandou nesta quinta-feira (8) o desfile militar com o qual a Coreia do Norte celebrou o 70º aniversário da fundação do seu exército, um dia antes da abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno na Coreia do Sul.

Junto com sua esposa, Ri Sol-ju, Kim presenciou da bancada da Casa de Estudos do Povo de Pyongyang o gigantesco desfile na praça Kim Il-sung da capital, segundo mostraram imagens gravadas pela emissora estatal de televisão KCTV.

Ao contrário de outras ocasiões e eventos similares, a mídia internacional não teve acesso ao desfile e a KCTV não o transmitiu ao vivo.

O governo de Seul informou horas antes que o desfile começou por volta de 10h30 (horário local, 0h de Brasília), mas o regime esperou até o primeiro jornal da tarde para divulgar as primeiras imagens do evento, que acontece em um dos momentos de maior distensão entre as duas Coreias.

O líder norte-coreano, que não mencionou os Jogos Olímpicos nem o desenvolvimento nuclear durante o seu discurso, disse que o exército do seu país deve manter “um alto grau de preparação”, devido às tensões na península coreana.

“Se o primeiro desfile celebrado nesta praça há 70 anos refletiu a solenidade de um novo país, o de hoje mostrará ao mundo a força militar da República Popular Democrática da Coreia (nome oficial da Coreia do Norte)”, assegurou Kim.

No evento, que aconteceu sob uma temperatura de 10 graus negativos, o regime exibiu todo o seu arsenal de potentes mísseis, incluindo seu último modelo de projétil intercontinental, o Hwasong-15.

A Coreia do Norte anunciou no mês passado que comemoraria seu dia do exército hoje – véspera do início dos Jogos de Inverno de PyeongChang – causando um mal-estar em Seul pelo temor que o desfile pudesse ofuscar os acordos alcançados para que Pyongyang participasse do evento esportivo.

Através dos históricos pactos, ambos países decidiram a participação de uma ampla delegação de atletas e autoridades norte-coreanas, que incluirá a irmã do líder Kim Jong-un, e também desfilar lado a lado na cerimônia de abertura sob a chamada “bandeira unificada”.

Estes acordos aconteceram depois que Seul e Washington adiaram seus exercícios militares anuais – os quais Pyongyang vê como um ensaio para invadir seu território – com o objetivo de que não coincidissem com os Jogos de Inverno e evitar assim novos testes de armas norte-coreanas.

O último desfile militar celebrado na Coreia do Norte foi no dia 15 de abril do ano passado, por conta do 105º aniversário do nascimento de Kim Il-sung, que é seu feriado nacional.

Na ocasião, através de centenas de meios de comunicação internacionais, o regime de Kim Jong-un exibiu armas e novos mísseis, alarmando a comunidade internacional.

Ciberia // EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Paleontologistas descobrem 'última refeição' de dinossauro que viveu há 110 milhões de anos

Uma equipe de pesquisadores do Canadá reconstituiu o estômago de um dinossauro herbívoro, o melhor preservado de sempre. Uma equipe de paleontologistas canadenses conseguiu reconstruir o conteúdo do estômago de um dinossauro herbívoro que viveu no …

Estudo que desencoraja uso de hidroxicloroquina é alvo de investigações

Nesta quarta-feira (3), a Organização Mundial da Saúde anunciou que vai retomar os testes com o medicamento hidroxicloroquina, um dos mais cotados atualmente como possível auxiliar na luta contra a COVID-19. A notícia pegou muita gente …

Donald Trump diz por que estava em bunker subterrâneo em meio a protestos

Em meio aos protestos violentos e pacíficos que têm varrido os EUA após a morte do afro-americano George Floyd, surgiram relatos de que Trump se escondeu dos manifestantes em um bunker. Donald Trump atacou como "falsa" …

EUA: 4 policiais são acusados pela morte de George Floyd

O policial de Minneapolis que se ajoelhou sobre o pescoço de George Floyd provocando sua morte será acusado de assassinato em segundo grau. Seus três colegas também serão julgados, disse a senadora americana Amy …

Governo destina verba publicitária a canais de conteúdo inadequado

Em apenas 38 dias, o governo de Jair Bolsonaro publicou mais de 2 milhões de anúncios em canais na internet com "conteúdos inadequados", segundo mostrou um relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das …

Cientistas encontram maior e mais antigo monumento da civilização maia no México

Pesquisadores da Universidade do Arizona (EUA) descobriram a mais antiga construção monumental da civilização maia já encontrada até agora e a maior de toda a história pré-hispânica da região. O estudo, publicado na revista Nature, foi …

Herdeiro da Samsung pode voltar a ser preso

O herdeiro da Samsung, Lee Jae-yong, pode ter de voltar à prisão. Procuradores de justiça da Coreia do Sul pediram nesta quinta-feira (4) uma nova detenção do antigo diretor da gigante como parte de uma …

Escolas ao ar livre criadas para combater a tuberculose no início do século 20

Em 1904, surgia nas proximidades de Berlim a primeira escola ao ar livre do mundo. A Waldschule für kränkliche Kinder havia sido criada por Walter Spickendorff em conjunto com o pediatra Bernhard Bendix e o …

Fígados humanos foram criados em laboratórios e transplantados em ratos com sucesso

Uma equipe internacional liderada por pesquisadores do Departamento de Patologia da Universidade de Pittsburgh (EUA) criou pequenos fígados através de engenharia genética utilizando células da pele humanas, e em seguida os transplantaram com sucesso em …

Governo alemão anuncia pacote de estímulo de 130 bilhões de euros

Merkel afirma que resposta "corajosa" é necessária para impulsionar a economia do país, abalada pela pandemia de covid-19. Medidas anunciadas incluem auxílios à indústria e às famílias e incentivos ao consumo. Os partidos que integram a …