Nasa divulga imagens de furacões do tamanho da Terra em Júpiter

NASA

Furacões em Júpiter

Furacões em Júpiter

A Nasa acaba de revelar novas imagens de Júpiter, o maior planeta do Sistema Solar. A sonda Juno chegou ao quinto país do Sistema Solar em 4 de julho de 2016 e assim, a cada 53 dias ela tem se aproximado do Planeta.

As primeiras conclusões sobre as observações estão sendo divulgadas nas publicações científicas Science e Geophysical Research Letters.

“Pense em um monte de furacões, cada um do tamanho da Terra, todos tão espremidos uns aos outros que chegam a se tocar”, explica Mike Janssen, da agência espacial americana. “Até mesmo entre os pesquisadores mais experientes, essas imagens de nuvens imensas rodopiando têm impressionado muito.”

“Com essa observação mais próxima, constatamos que várias ideias que tínhamos sobre Júpiter eram incorretas e até mesmo ingênuas“, afirma Scott Bolton, principal pesquisador do Instituto de Pesquisa de San Antonio, no Texas.

Os grandes ciclones que acabam cobrindo as altas latitudes do planeta somente agora estão sendo vistos em detalhes, já que as missões anteriores nunca conseguiram realmente olhar o planeta por cima e também por baixo, como a Juno tem conseguido.

Outra novidade está relacionada ao Radiômetro de Micro-ondas da Juno, que é capaz de detectar o comportamento abaixo da superfície de nuvens. Os seus dados indicam a presença de uma grande faixa de amônia que vai do topo da atmosfera até a maior profundeza que pode detectar.

“O que isso está nos dizendo é que Júpiter não está muito definido por dentro”, diz Bolton. “Está completamente errada a ideia de que, uma vez que você vá além da luz solar, tudo será uniforme e tedioso. A realidade pode ser muito diferente dependendo de onde você olha.”

“É a primeira vez que estamos olhando para dentro de Júpiter e o que estamos vendo é muito diferente do que tínhamos previsto”, disse Scott Bolton, cientista-chefe da missão.

NASA

Esta imagem realçada de uma misteriosa mancha escura em Júpiter parece revelar uma “galáxia” de tempestades turbulentas

Esta imagem realçada de uma misteriosa mancha escura em Júpiter parece revelar uma “galáxia” de tempestades turbulentas

Nas camadas mais altas da atmosfera de Júpiter a temperatura é muito baixa. Deste modo, nas tempestades de lá, não existe chuva. De acordo com as pesquisas divulgadas, existe neve, tanto de água congelada como muito provavelmente de amônia também.

O movimento caótico das tempestades também é outro ponto que surpreendeu os pesquisadores, bem como a força do campo magnético, maior que o da Terra.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Viagem tripulada a Marte seria melhor com passagem por Vênus, afirmam astrônomos

De acordo com cientistas norte-americanos, cálculos das órbitas entre a Terra e Marte os levaram a concluir que tais viagens seriam mais rápidas, eficientes, e permitiriam estudar os dois planetas. Uma viagem da Terra a Marte …

EUA: Suprema corte autoriza a divulgação de documentos financeiros de Trump

A Suprema Corte dos Estados Unidos impôs uma grande derrota a Donald Trump, ao decidir que um procurador de Nova York tem direito de acesso a vários documentos financeiros do presidente, incluindo declarações de …

O fenômeno "água morta", observado a mais de cem anos, é finalmente explicado

Finamente uma equipe com especialistas de múltiplas áreas CNRS e da Universidade de Poitiers, ambas na França, decifrou a misteriosa ocorrência pela primeira vez. O estranho é fenômeno que desacelera navios ou faz que eles parem …

Pode mesmo haver vida nas nuvens de Vênus, dizem cientistas

Quem gosta de astronomia não deve saber que Vênus não é o mais habitável dos planetas. Com temperaturas em torno de 470ºC e com uma atmosfera formada por dióxido de carbono e nitrogênio noventa vezes …

Cientistas rebatem decisão da China de coletar DNA de homens e meninos

Um relatório que revelou que a China está coletando DNA de milhões de pessoas para ajudar a solucionar crimes. Essa informação tem levantado preocupações entre os pesquisadores sobre privacidade e consentimento, sob o argumento de que …

China revela análise de substância estranha encontrada na Lua em 2019

Em julho de 2019, a equipe da missão chinesa Chang'e 4 encontrou uma substância estranha na Lua. A descoberta foi anunciada em agosto do mesmo ano, chamando a atenção da comunidade científica, mas nada foi …

Cientistas alertam OMS para transmissão aérea do coronavírus além de dois metros

A transmissão aérea do novo coronavírus interpela os especialistas desde o início da pandemia. Nessa segunda-feira, um grupo de 239 cientistas alertou as autoridades de saúde do mundo inteiro, e em particular a OMS, …

Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região determinou que o Governo Federal deveria retirar os garimpeiros das terras yanomami de Roraima como medida para conter o avanço do novo coronavírus nos territórios indígenas. A decisão liminar …

Encontrada a origem da vida no universo

Uma estrela morre por segundo no universo. Mas esses objetos estelares não somem totalmente, algo sempre fica para trás. Certas estrelas entram em supernova, que geram um buraco negro ou uma estrela de nêutrons, enquanto a …

Bolsonaro afirma que está com covid-19

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (07/07) que seu exame para detectar a covid-19 teve resultado positivo. Bolsonaro, de 65 anos, se submeteu ao exame na segunda-feira, após dizer que estava sentindo sintomas leves da …