NASA pousará na Lua “por qualquer meio necessário”, diz Mike Pence

Andrew Smith / Flickr

Nesta última quarta-feira (19), o vice-presidente dos EUA, Mike Pence, fez um discurso no Centro de Pesquisas Langley, da NASA, e reforçou que os astronautas estadunidenses em breve serão lançados ao espaço a partir de solo dos EUA pela primeira vez em quase 10 anos.

Esse tem sido um dos principais objetivos da NASA. Desde a aposentadoria do ônibus espacial em 2011, os EUA pagam por cadeiras em veículos russos Soyuz, lançados do Cazaquistão, para levar astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS).

A NASA concedeu à SpaceX um contrato de 1,6 bilhão de dólares para a fabricação da cápsula New Dragon e 12 missões de provisionamento da ISS. É nesta cápsula que Pence promete o lançamento de astronautas da NASA em solo americano ainda no primeiro semestre de 2020.

Pence, que também é presidente do Conselho Nacional do Espaço, falou ainda sobre o plano de levar os estadunidenses à Lua através do Programa Artemis. A agenda é que os astronautas da NASA pousem em solo lunar em 2024 e estabeleçam uma presença humana sustentável por lá até o fim da década, usando o satélite natural da Terra como um “trampolim” para Marte.

No entanto, essa agenda não é um consenso na Câmara dos EUA. No final de janeiro, um projeto de lei foi apresentado pelo democrata Kendra Horn, presidente do Comitê de Ciências da Câmara, propondo que a NASA adiasse o retorno dos astronautas à Lua apenas 2028, a fim de priorizar os planos para a exploração tripulada em Marte.

O projeto de lei também sugere que a NASA seja desenvolvedora e proprietária de tecnologias como o módulo de pouso lunar. Em outras palavras, a proposta é que o papel de empresas privadas no Projeto Artemis seja reduzido.

A Casa Branca, em contrapartida, pediu um aumento de 12% no orçamento para a NASA no próximo ano fiscal, para que a agência seja capaz de cumprir os objetivos do Programa Artemis em 2024.

Durante seu discurso na quarta-feira, Pence contraria o projeto de lei de Kendra Horn, dizendo que “o presidente deixou claro que vamos atingir esse objetivo [pousar na Lua em 2024] por qualquer meio necessário“.

Ele também elogiou a “incrível energia empreendedora” nos voos espaciais americanos. “Encorajamos a entrar em contato com eles [funcionários do setor privado] de todas as maneiras apropriadas para nos ajudar a alcançar nossa missão”, disse Pence aos funcionários de Langley. “Continuem construindo a parceria que o programa espacial americano sempre teve neste país”.

Por fim, o vice-presidente elogiou a grande contribuição das famosas “figuras ocultas” afro-americanas que ajudaram os EUA a vencer a corrida espacial. “Vocês todos sabem que estamos na casa das lendárias ‘figuras ocultas’ – mulheres afro-americanas, também conhecidas como ‘computadores humanos’, que, apesar da injustiça de trabalhar em uma instalação segregada, emprestaram à nossa nação seus incríveis intelectos e talentos e nos ajudou não apenas a vencer a corrida espacial, mas também a nos tornarmos uma união mais perfeita”.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …