Navio americano da Segunda Guerra é achado nas Filipinas

(h)

Torres de artilharia e vários suportes de canhão continuavam em seu lugar de origem

Uma expedição nas Filipinas encontrou os restos de um navio da Marinha dos Estados Unidos que afundou durante a Segunda Guerra Mundial, no mais profundo mergulho da história em busca de uma embarcação naufragada, disse neste domingo (04/04) um membro da equipe.

“Acabamos de dar o mergulho mais profundo da história para encontrar os destroços principais do contratorpedeiro USS Johnston”, disse Victor Vescovo, fundador da empresa americana Caladan Oceanic e piloto do submarino que localizou o navio.

A embarcação estava situada a quase 6.500 metros abaixo do nível do mar. “Localizamos dois terços da parte dianteira do navio, de pé e intactos, a uma profundidade de 6.456 metros. Três de nós, em dois mergulhos, examinamos o navio e prestamos homenagem à sua valente tripulação.”

A equipe filmou, fotografou e estudou os destroços do USS Johnston na ilha de Samar durante dois mergulhos de oito horas no mês passado, segundo informou a Caladan Oceanic, uma companhia privada de tecnologia submarina com sede no Texas.

O navio de 115 metros de comprimento naufragou em 25 de outubro de 1944 durante a Batalha do Golfo de Leyte, considerada a maior batalha naval da Segunda Guerra, quando as forças americanas buscavam libertar as Filipinas – então uma colônia dos EUA – da ocupação japonesa.

Apenas 141 dos 327 tripulantes do USS Johnston sobreviveram, de acordo com os registros da Marinha americana.

A localização do contratorpedeiro no mar das Filipinas foi descoberta em 2019 por outro grupo de expedição, mas a maior parte dos destroços estava fora do alcance do veículo usado na época, operado remotamente.

Agora, a expedição financiada pela Caladan Oceanic, a bordo de um submarino tripulado, encontrou a proa, a ponte de comando e a parte central do navio intactas, com o número “557” no casco ainda visível. Duas torres de artilharia, pontos de reserva de torpedos e vários suportes de canhão continuavam no mesmo lugar, afirmou a equipe.

O historiador e navegador da equipe Parks Stephenson afirmou que os restos do navio resistiram bem aos danos infligidos durante a intensa batalha há mais de 75 anos.

“Ele foi atingido por disparos do maior navio de guerra já construído – o Yamato, da Marinha Imperial Japonesa – e disparou de volta ferozmente”, afirmou Stephenson.

Ciberia // Deutsche Welle

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Ferido em tiroteio, Presidente do Chade morre depois de 30 anos no poder

O Presidente do Chade, Idriss Déby Itno, no poder há 30 anos, morreu nesta terça-feira (20) em decorrência de ferimentos que sofreu no fim de semana, quando comandava uma operação do Exército no combate …

O que acontece com as doses das vacinas AstraZeneca e Janssen que países europeus decidiram não usar?

Enquanto alguns países lutam para obter mais vacinas, outros se perguntam o que fazer com as doses que encomendaram, mas não usarão mais por causa de preocupações com sua segurança. Vários países restringiram o uso das …

Flávio Bolsonaro trabalha com nome favorito para indicação ao STF, diz jornal

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, é o nome preferido de Flávio Bolsonaro para ser o próximo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a jornalista Bela Megale, do jornal …

Greta Thunberg doa 100 mil euros a consórcio de vacinas

A ativista do clima sueca Greta Thunberg anunciou nesta segunda-feira (19/04) que a fundação que leva seu nome doará 100 mil euros ao consórcio Covax Facility, um programa apoiado pelas Nações Unidas que visa um …

Nasa faz história com primeiro voo de helicóptero direto de Marte

A Agência Espacial dos EUA (NASA) conseguiu executar o primeiro vôo do helicóptero Ingenuity, um pequeno robôzinho voador que vai pairar pela atmosfera de Marte. A máquina conseguiu levantar aos ares do planeta vermelho nessa segunda-feira …

NASA lança telescópio para captar partículas da borda do Sistema Solar

Todo o Sistema Solar está à deriva em um aglomerado de nuvens, uma área limpa por antigas explosões de supernovas. Os astrônomos chamam essa região de Bolha Local. Uma nova missão da agência espacial norte-americana NASA …

Depressão pode ser diagnosticada com um simples exame de sangue

Um exame recém-desenvolvido que monitora biomarcadores sanguíneos ligados a distúrbios de humor poderia levar a novos métodos de diagnosticar e tratar a depressão e o transtorno bipolar, com um simples exame de sangue. Embora a depressão …

EUA aplicaram vacina contra covid-19 em mais da metade dos adultos

Governo americano afirma que quase 130 milhões de pessoas com mais de 18 anos receberam pelo menos uma dose do imunizante contra o coronavírus no país. Mais da metade de toda a população adulta dos Estados …

Covid: Variante acelera intubação de jovens e SP orienta procurar ajuda no 1º dia de sintomas

O avanço da variante P.1, descoberta em Manaus em janeiro, levou a cidade de São Paulo a mudar sua orientação para todos aqueles que forem infectados por coronavírus. Agora, eles devem procurar uma unidade de …

Nepal vê população de rinocerontes aumentar com queda de turismo por pandemia

O Nepal está vendo um crescimento em sua população de rinocerontes. O país abriga boa parte dos dos rinos com um chifre só e eles estão ameaçados de extinção. O país observou que, durante a pandemia …