Navio que encalhou no canal de Suez volta a flutuar

(h) Suez Canal Authority / EPA

Porta-contêineres Ever Given estava preso há quase uma semana na via marítima, deixando centenas de navios parados. Autoridades afirmam que trânsito pelo canal deve ser normalizado nos próximos dias.

O navio que encalhou no Canal de Suez há quase uma semana voltou a flutuar na madrugada desta segunda-feira (29/03), declararam autoridades responsáveis pela via. Com isso, aumentam as esperanças de que a passagem entre a Ásia e a Europa seja reaberta nas próximas horas

O navio Ever Given, de 400 metros de comprimento, com bandeira do Panamá, voltou a flutuar às 4h30 no horário local (23h30 no horário de Brasília). Um vídeo postado pelo jornal Daily News Egypt mostra o navio já parcialmente alinhado com a rota do canal, sem mais bloquear completamente a passagem.

Segundo as autoridades egípcias responsáveis pelo Canal do Suez, as equipes envolvidas na operação conseguiram corrigir a orientação do navio em 80%, tendo afastado a embarcação 102 metros da margem.

A embarcação, que tem o comprimento do edifício Empire State, de Nova York, havia ficado presa atravessada no canal na última terça-feira.

Mais de 350 barcos ficaram ancorados nas duas extremidades do canal, a espera de poder transitar, enquanto prosseguiam os trabalhos para desencalhar o navio. Doze rebocadores participaram da operação para soltar o gigante porta-contêineres, que tem capacidade de carga de 224 mil toneladas. No domingo, as autoridades locais afirmaram que já haviam sido dragados 27 mil metros cúbicos de areia da parte da costa onde a proa do navio estava presa.

Ventos fortes, combinados com uma tempestade de areia, foram inicialmente apontados como as causas do incidente, mas o chefe da Autoridade do Canal de Suez apontou posteriormente que fatores climáticos não foram os principais motivos para o encalhe. “Pode ter havido erros humanos ou técnicos”, afirmou Osama Rabie.

A armadora Maersk, a principal operadora no canal, afirmou que, mesmo depois de liberado, demorará entre três e seis dias para que o tráfego no canal seja normalizado.

O Canal de Suez fornece uma das principais fontes de renda do Egito, ao lado do turismo e remessas de expatriados. Em 2015, o Egito inaugurou uma extensão de 35 quilômetros paralela ao canal histórico, inaugurado em 1869.

A expansão ampliou o tráfego de um para dois sentidos e foi feita para reduzir o tempo de espera dos navios para atravessar a hidrovia. A passagem conecta os mares Mediterrâneo e Vermelho, fornecendo a rota de transporte mais curta entre a Ásia e a Europa.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Merkel é premiada por compromisso com a União Europeia

"Somente uma Europa unida é uma Europa forte", diz a líder alemã ao receber o prêmio Carlos 5º. Rei espanhol destaca pragmatismo e confiabilidade da chanceler federal, descrevendo-a como uma "mulher extraordinária". Prestes a deixar o …

França: crianças pobres são ainda mais vulneráveis à poluição do ar, aponta relatório

O Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e a rede mundial Climate Action Network International, que reúne associações que lutam contra o aquecimento global, divulgaram, nesta quinta-feira (14), o relatório "Injustiça social …

'Love is in the Bin': a obra semidestruída de Banksy vendida a R$ 121 milhões em leilão

Uma obra de arte de Banksy que se autodestruiu parcialmente em um leilão anterior foi arrematada agora a um preço recorde de 16 milhões de libras (cerca de R$ 121 milhões). Love is in the Bin …

EUA tentam virar a página da era Trump e voltam ao Conselho de Direitos Humanos da ONU

Os Estados Unidos voltaram, nesta quinta-feira, ao Conselho de Direitos Humanos da ONU, órgão que o país havia deixado durante o mandato de Donald Trump. O retorno mostra a vontade de Washington de fazer …

Explosões deixam vários mortos em mesquita no Afeganistão

Ao menos 33 pessoas morrem após explosões em mesquita xiita durante a oração de sexta-feira. Testemunha diz ter visto homens-bomba. Incidente ocorre dias depois de ataque do "Estado Islâmico" contra xiitas no país. Fortes explosões atingiram …

Vênus tinha oceanos? Cientistas refutam hipótese popular usando modelagem

Cientistas da Suíça e França refutaram a hipótese de que anteriormente Vênus era coberta por oceanos. Um novo estudo revela que mesmo no início, quando o Sol era mais fraco do que agora, a superfície …

Suspeito de ataque na Noruega era fichado na polícia por radicalização

Convertido ao islã e conhecido da polícia, dinamarquês de 37 anos teria usado outras armas além de arco e flecha em ataque que matou cinco pessoas em Kongsberg. Ele está preso e reconheceu envolvimento no …

Oposição manobra para destituir Piñera no Chile por citação nos Pandora Papers

Deputados de todos os partidos da oposição chilena apresentaram uma acusação no Congresso nesta quarta-feira (13) para destituir o presidente Sebastián Piñera pela controversa venda de uma mineradora em um paraíso fiscal, revelada no escândalo …

Fatores externos influenciam, mas não justificam inflação a dois dígitos no Brasil

A recuperação do impacto brutal da pandemia de coronavírus leva a inflação a subir na maioria dos países do mundo, mas a conjuntura internacional não explica o nível chegar a dois dígitos no Brasil. …

UE anuncia 1 bilhão de euros em ajuda ao Afeganistão

União Europeia justifica que é preciso evitar "colapso" no país e fornecer ajuda humanitária aos afegãos. Paralelamente, representantes do bloco europeu e dos EUA se reúnem com membros do Talibã em Doha, no Catar. O Talibã …