Necrópole de 8 mil anos e restos de “princesa” foram encontrados na Sibéria

fantom-rus22 / Yandex

Formações rochosas nas imponentes Montanhas Altai, na Sibéria, Rússia

Um grupo de arqueólogos russos descobriu a necrópole mais antiga de Altai. Os restos mortais encontrados datam do período neolítico e foram enterrados em uma das regiões mais atraentes da Sibéria, em um alto promontório do rio Chumysh.

Os arqueólogos da Universidade Estatal de Altai se interessaram inicialmente por esse promontório não por razões científicas, mas econômicas: por aqui passará um gasoduto da Rússia à China, por isso, de acordo com as leis russas, o terreno deve ser explorado em busca de antiguidades.

E, na verdade, este ano foram descobertos ossos com oito mil anos de idade. Eles pertenciam a pessoas que foram enterradas de costas, cercadas por oferendas funerárias: ferramentas de pedra, objetos de osso e muitas joias feitas de pedras e ossos, em sua maioria dentes perfurados de animais.

Entre os artefatos, provavelmente sacrificados, foi encontrado uma peça de escultura de pedra em forma de peixe.

“Há muitas esculturas desse tipo perto de Baikal, mas até agora eles não foram encontradas em nossa região. Eram usados, supostamente, como acessórios para a pesca, como uma isca e também na esfera ritual”, disse o professor da Universidade Estatal de Altai, Sergei Grushin, citado pelo portal Altapress.

Mais uma descoberta interessante foi o túmulo de um homem que tem perto da sua mão um bastão de osso, feito de uma costela de alce. O objeto está decorado com a cabeça esculpida de um alce. De acordo com Grushin, durante o período neolítico, o alce era objeto de caça.

(dr) Siberian Times

Um bastão de osso, feito de uma costela de alce, está decorado com a cabeça esculpida de um alce

Perto dele foi encontrado o túmulo de uma mulher, batizada pela imprensa local como a “princesa de Chumysh“. Até hoje ela conservou sua fita de couro decorada com pingentes e placas de bronze para adornar a cabeça, bem como o cabelo entrançado e elementos de roupa de couro e feltro.

(dr) Altapress

A “princesa de Chumysh” conservou sua banda de couro decorada com pendentes e placas de bronze para adornar a cabeça

O promontório nas margens do Chumish foi usado por diferentes gerações, que costumavam escolher esse lugar pitoresco para seus enterros. Nessa zona arqueológica foram também descobertos restos de habitantes do neolítico, bem como da Idade do Bronze e do Ferro.

​O sepultamento mais recente data do século VI d.C. e está associado a uma comunidade nômade. Uma dúzia de túmulos de crianças e mulheres está agrupada em torno de um guerreiro com um cavalo, arco com flechas e uma faca de ferro.

Os extraordinários achados arqueológicos terão agora que ser levados em consideração na construção do gasoduto com 6.700 quilômetros que vai ligar o oeste da Sibéria ao distrito de Xinjiang-Uygur, na China. 2.700 desses quilômetros atravessam território russo.

Vão ter que contornar os artefatos sempre que possível“, explicou ao Siberian Times o professor Yuri Kiryushin, presidente da Universidade Estatal de Altai.  “Se isso não for possível, então é necessário mais financiamento para fazer mais escavações e tirar estes artefatos históricos do caminho do gasoduto”, explica o professor.

E isso, em uma das regiões mais ricas em achados arqueológicos de toda a Rússia, poderia levar a mais descobertas extraordinárias.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Mensagem na areia salva marinheiros desaparecidos no Oceano Pacífico

Trio de marinheiros que havia se desviado de rota e ficado sem combustível foi localizado numa pequena ilha da Micronésia após três dias. Aeronaves avistaram sinal gigante de SOS escrito na areia da praia. Três homens …

Problemas cardíacos duradouros se apresentam em 78% dos pacientes de coronavírus

O entusiastas do retorno da economia para a normalidade defendem suas opiniões geralmente com base no fato da maioria dos pacientes exibirem sintomas leves ou sequer ter qualquer sintoma de coronavírus, comparando negligentemente o Covid-19 …

Governo britânico vai pagar parte da conta de consumo em pubs e restaurantes

Incentivos não vão faltar para quem estava com saudades de frequentar bares, pubs e restaurantes no Reino Unido. Durante o mês de agosto, o governo britânico vai bancar parte da conta de quem sair …

Cientistas revelam origem de estranhos meteoritos encontrados na Terra

Uma equipe de cientistas norte-americanos teoriza que alguns dos meteoritos, que não se encaixam nas duas categorias principais, têm uma origem até hoje desconhecida por astrônomos. Um grupo significante de meteoritos, que existem hoje na Terra, …

Twitter pode ser multado em US$ 250 milhões por abuso de dados dos usuários

O Twitter confessou que, possivelmente, será multado em até US$ 250 milhões pela Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC, no original em inglês) por ter desrespeitado um acordo firmado em 2011 com a agência …

OMS afirma que não há solução milagrosa para lutar contra Covid-19

A Organização Mundial de Saúde avisou na segunda-feira que não há, nem haverá uma solução milagre contra a pandemis de Covid-19, não obstante a corrida que se verifica actualmente de forma a descobrir uma vacina …

Alemanha quer exigir de viajantes teste de covid-19 feito antes de embarque

Ministro da Saúde alemão defende que passageiros vindos de territórios de risco, incluindo o Brasil, apresentem exame negativo realizado em país de origem para entrar na Alemanha. O ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, defendeu nesta …

Uma poção medieval provou ser eficaz contra bactérias

Uma fórmula de mil anos de idade para o tratamento infecções nos olhos talvez leve os cientistas a um novo caminho para lutar contra a resistência aos antibióticos. A poção parece mesmo bruxaria: cebola, vinho, alho …

Microsoft confirma intenção de comprar o TikTok

Em um final de semana conturbado para o aplicativo TikTok, o presidente norte-americano Donald Trump deu um prazo de 45 dias para a Microsoft concretizar a aquisição da rede social chinesa. A notícia divulgada pela agência …

Com 200.000 mortes, América Latina é segunda região do mundo mais afetada pela Covid-19

A região da América Latina e do Caribe alcançou a fúnebre marca de 200.212 mortes pelo novo coronavírus e é a segunda no mundo mais afetada pela pandemia, depois da Europa (210.435 óbitos para …