Vencedor do Nobel de Física dá prazo para humanidade descobrir vida extraterrestre

Discursando em Londres na terça-feira (8), o cientista sublinhou que a química que trouxe a vida à existência é onipresente, por isso é difícil acreditar que estamos sozinhos no Universo.

O astrônomo Didier Queloz e o astrofísico Michel Mayor, ambos suíços, receberam o Prêmio Nobel de Física no dia 8 de outubro “pela descoberta de um exoplaneta orbitando uma estrela semelhante ao Sol”. O prêmio foi dividido com o físico canadense-americano James Peebles “pelas descobertas teóricas na cosmologia física”.

Segundo Queloz, um equipamento capaz de melhorar a análise da atividade bioquímica em exoplanetas poderia ser desenvolvido em 30 anos, enquanto que daqui a 100 anos há uma boa chance de avistar vida alienígena.

Queloz sublinhou que a detecção de exoplanetas revolucionou a astronomia. “Abrimos uma nova janela na astrofísica – demonstramos que há outros planetas como os que orbitam nosso Sistema Solar”, acentuou Queloz, acrescentando que se trata da “expansão de nossos horizontes, e uma vez que expansão começa, há muitas perguntas a se fazer […] por que somos como somos?”.

Descobertas significativas

O astrônomo suíço Didier Queloz e o astrofísico Michael Mayor descobriram o primeiro planeta extra-solar, 51 Pegasi b, chamado não oficialmente de Bellerophon e mais tarde batizado oficialmente de Dimidium, em 6 de outubro de 1995.

Em 2017, vestígios de água foram detectados na atmosfera do corpo celeste. Desde a descoberta revolucionária, mais de 4.000 exoplanetas foram detectados no Universo.

Queloz e Mayor dividirão o prêmio de 740.000 libras esterlinas (R$ 3,7 milhões) em dezembro, na cerimônia de premiação em Estocolmo.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Uber testa modalidade que permite ao usuário reservar carro por hora

Na tentativa de achar novas fontes de receita para seu negócio de corridas compartilhadas, seriamente afetado pela COVID-19, a Uber está testando uma nova modalidade, focada nos passageiros que precisam fazer viagens mais longas e …

Revelada razão de comportamento instável de estrelas perto dos centros galácticos

Estrelas de ramo horizontal extremo são mais brilhantes e têm um ciclo de vida inferior ao das estrelas comuns, de acordo com um novo estudo. Os astrônomos estudaram o comportamento de um tipo especial de estrelas, …

Trump ameaça acionar Forças Armadas para conter protestos

No 7.º dia de manifestações antirracismo, Presidente dos EUA critica inação de governadores e promete enviar milhares de soldados para pôr fim a distúrbios. Visita de Trump a igreja é criticada como tentativa de autopromoção. O …

Não é apenas o coronavírus: surto de ebola retorna ao Congo

Foi confirmada, pelo ministro da Saúde do Congo, a descoberta de novos casos de Ebola na província de Équateur. O último surto do vírus altamente mortal ocorreu em 2018 e matou 33 pessoas no país. O …

Coronavírus: São Paulo se prepara para reabertura com 70% de leitos ocupados

O governo estadual de São Paulo ordenou a reabertura gradual dos estabelecimentos comerciais a partir dessa terça-feira (2). A gestão diz se basear no índice de infecções do novo coronavírus por cidade. Mesmo com 70% …

Júpiter é tão grande que quase virou um sol

Júpiter é o maior planeta do sistema solar. Assim, bem maior mesmo. Do tipo se você pegar todos os outros planetas e juntar suas massas, não chega nem aos pés dele. Nem mesmo metadinha. Esse gigante …

União Europeia pede que EUA reconsiderem sua decisão de cortar relações com a OMS

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o chefe de relações internacionais da União Europeia, Josep Borrell, pediram neste sábado (30) que os Estados Unidos “reconsiderem a decisão anunciada” de romper …

Astronautas da NASA chegam à ISS em nave da SpaceX e entram para a história

Depois de viajarem pelo espaço por 19 horas, os astronautas Bob Behnken e Doug Hurley chegaram à Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo da nave Crew Dragon alguns minutos antes do previsto. O lançamento histórico aconteceu …

Nova Zelândia se encontra em cima de enorme bolha de lava, segundo pesquisa

Durante os anos 70, pesquisadores propuseram a teoria de que o interior do planeta se agita lentamente como uma bolha de lava. Estas bolhas flutuantes surgem como plumas do manto derretido do centro da Terra, onde …

Alemães usam criatividade para manter distanciamento social

Até final de junho, distância mínima está em vigor em espaços públicos. Instituições de cultura encontraram meios engenhosos para reunir grupos com segurança. Ideias vão de chapéu com boia até orações em estacionamento. Com medidas de …