Nova câmara vazia é encontrada na Grande Pirâmide de Quéops

Um grupo internacional de cientistas descobriu uma nova estrutura no interior da Grande Pirâmide de Quéops, em Gizé (Egito), segundo revela um estudo publicado nesta quinta-feira pela revista “Nature”.

A pesquisa, liderada por especialistas de Japão, França e Egito, levou à descoberta de uma grande câmara vazia na maior das pirâmides de Gizé e poderia ajudar a explicar como este espetacular monumento foi erguido.

A Grande Pirâmide, a mais importante construção do Reino Antigo, foi construída durante o reinado de Khufu (2550 a.C. a 2527 a.C.), segundo faraó da 4ª Dinastia, a quem Heródoto chamou de Quéops, mas os especialistas ainda desconhecem quais foram as técnicas usadas na construção.

Para descobrir os mistérios que ainda estão escondidos no seu interior, os cientistas analisaram as imagens geradas por uma partícula cósmica conhecida como muon, que é ativado quando partículas subatômicas procedentes do espaço exterior entram em contato com a atmosfera terrestre.

A partícula muon apresenta diferentes trajetórias quando penetra a pedra ou atravessa o ar, o que permite aos pesquisadores detectar cavidades em estruturas sólidas, como na Grande Pirâmide.

Esta grande câmara vazia se estima que tem cerca de 30 metros de comprimento e apresenta uma seção transversal similar à da Grande Galeria, que se localiza justamente debaixo da nova cavidade.

ScanPyramids

Não está claro ainda qual é a sua estrutura exata ou função, mas os especialistas acreditam que em seu estudo pode levar a se entender mais para a frente o processo de construção da maior pirâmide de Gizé.

A cavidade, batizada como “ScanPyramids Big Void“, foi observada pela primeira vez através do uso de “filmes de emulsão nuclear instalada na Câmara da Rainha”, que foram examinadas na Universidade de Nagoia do Japão, explicaram os autores no texto publicado pela “Nature”.

Depois, especialistas da Organização de Pesquisa do Acelerador de Alta Energia KEK, em Tsukuba (Japão), confirmaram a sua existência com um detector de raios cósmicos ou “hodoscópio”, também instalado na Câmara da Rainha.

Por último, referendaram o achado da “ScanPyramids Big Void” com “detectores de gases instalados no exterior da pirâmide” pela Comissão Francesa de Energia Atômica (CEA) da Universidade Paris Saclay (França).

“Em consequência, esta grande cavidade foi detectada com um alto grau de confiabilidade por três tecnologias de partículas cósmicas muon diferentes e três análises independentes”, destacaram os autores.

Os resultados representam um “grande avanço” para conhecer mais detalhes sobre a Grande Pirâmide e sobre “sua estrutura interna”, acrescentaram os cientistas.

“Ainda que não haja informação sobre a função desta cavidade, as descobertas demonstram que a física de partículas moderna pode lançar luz sobre o patrimônio arqueológico mundial”, ressaltaram os especialistas.

// EFE

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Índia vê casos explodirem e vira um dos epicentros da pandemia

Com quase 700 mil casos de covid-19, a Índia ultrapassou a Rússia e se tornou nesta segunda-feira (07/07) o terceiro país mais atingido pela pandemia de covid-19 em todo o mundo. O Ministério da Saúde indiano …

Filho interrompe ao vivo de repórter para pedir biscoitos

Em mais uma das patacoadas do home-office, a jornalista Deborah Haynes da Sky News acabou sendo interrompida por seu filho, que fez um pedido bastante singelo para a mãe: ele queria alguns biscoitos. O vídeo foi …

Encontrados metais em crateras da Lua que podem dar pistas sobre sua formação

A hipótese mais aceita sobre a formação da Lua diz que ela surgiu após a colisão entre a Terra e um planeta do tamanho de Marte, chamado Theia. O suposto evento é chamado de “hipótese …

Coronavírus empurra Cuba de volta à crise

Apesar de a covid-19 estar sob controle no país, os problemas econômicos têm se agravado, e a já difícil situação de abastecimento se torna mais crítica. Segundo semestre deve ser ainda pior na ilha caribenha. Cuba …

Boicote ao Facebook: como a debandada de grandes anunciantes pode afetar sobrevivência da rede social

Boicotes podem ser extremamente eficazes: é o que o Facebook está descobrindo. No final do século 18, o movimento abolicionista encorajou o povo britânico a ficar longe de bens produzidos pelos escravos. Funcionou. Cerca de 300 …

Cientista conta quais formas de vida os humanos podem encontrar em Marte

A humanidade tem cada vez mais chances de conhecer outras formas de vida, conforme desenvolve suas capacidades de exploração espacial. Em Marte, poderemos encontrar organismos introduzidos por veículos espaciais e modificados sob influência das condições no …

O coronavírus do ocidente é uma versão mais perigosa do que a original

Esforços são realizados para identificar se o vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19, passou por mutações em relação ao primeiro identificado em Wuhan, na China, em dezembro do ano passado. Em abril, um estudo não revisado pelos …

Missão indiana levará sonda para investigar efeitos do vento solar em Vênus

Em 2005, o Instituto Sueco de Física Espacial (IRF) enviou à órbita de Vênus a sonda ASPERA-4, através da missão Venus Express, da agência espacial europeia ESA. A sonda estudou o planeta até 2014, medindo …

O mistério das centenas de elefantes encontrados mortos em Botsuana

A morte “totalmente sem precedentes” de centenas de elefantes em Botsuana nos últimos meses está cercada de mistério. O biólogo e ativista Niall McCann afirmou que colegas no país do sul da África identificaram mais de …

Coronavírus na Coreia do Norte: Kim Jong-un declara 'sucesso brilhante' no combate à pandemia e zero casos

O líder norte-coreano Kim Jong-un elogiou o "sucesso brilhante" de seu país ao enfrentar a pandemia de covid-19, segundo a agência de notícias estatal KCNA. Falando em uma reunião do Politburo, Kim disse que o …