Novo estudo estima as chances da inteligência surgir em planetas alienígenas

Afinal de contas, estamos sozinhos no universo ou não? Essa pergunta é feita de forma obsessiva desde a antiguidade, mas ainda não temos uma certeza absoluta quanto à resposta.

Um novo artigo publicado na revista Proceeding of the National Academy of Sciences Today por David Kipping mostra como uma análise usando a técnica estatística de Bayes poderia lançar luz sobre essa questão.

Para utilizar método, o pesquisador comparou planetas hipotéticos semelhantes ao nosso com a linha do tempo evolucionária observada por aqui. Registros geológicos mostram que a Terra existe há 4,5 bilhões de anos, a vida unicelular surgiu há 3,5 bilhões, enquanto a vida multicelular apareceu há apenas 670 milhões de anos.

“O rápido surgimento da vida e a evolução tardia da humanidade, no contexto da linha do tempo da evolução, são certamente sugestivos. Mas nesse estudo, é possível quantificar o que os fatos nos dizem”, explica ele ao Phys.org.

Quatro hipóteses

Kipping pensou no problema como se houvesse quatro respostas possíveis:

 

  • a vida é comum e frequentemente desenvolve inteligência;
  • a vida é rara mas frequentemente desenvolve inteligência;
  • a vida é comum e raramente desenvolve inteligência;
  • a vida é rara e raramente desenvolve inteligência.

A partir dessas quatro hipóteses, Kipping usou fórmulas matemáticas Bayes, que descrevem a probabilidade de um evento, baseado em um conhecimento anterior que pode estar relacionado ao evento. “O resultado-chave aqui é que quando se compara eventos raros de vida com cenários comuns, o cenário comum sempre tem pelo menos nove vezes mais chance de acontecer do que um raro”, explica o pesquisador.

Essa análise é baseada na evidência de que a vida surgiu nos primeiros 300 milhões de anos a partir da formação dos oceanos da Terra, o que seria um início bastante acelerado quando comparado ao tempo total de existência do planeta.

A conclusão de Kipping é que se planetas com condições e linhas do tempo evolucionárias parecidas com as da Terra forem comuns, então a vida não teria muita dificuldade em surgir espontaneamente nesses outros planetas.

Mas qual seria a probabilidade da vida nesses outros planetas desenvolverem inteligência complexa como a nossa? Segundo Kipping, de 3:2 a favor da vida inteligente.

Esse resultado não muito animador foi obtido porque a inteligência complexa na Terra levou relativamente bastante tempo para surgir na Terra, sugerindo que seu desenvolvimento não foi fácil. “Se repetíssemos a história da Terra de novo, a emergência de inteligência na verdade é algo pouco provável”, diz ele. Essa chance seria de 50:50.

Ele destaca, porém, que essa análise não oferece garantias, apenas probabilidades estatísticas baseadas no que aconteceu aqui na Terra. “Ainda que encorajador, o argumento de um universo repleto de vida surge como aposta favorita. A busca por vida inteligente em mundos além da Terra não deve ser de modo algum desencorajada”, conclui Kipping.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …

Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em "ângulo letal"

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta. Agora, segundo …

Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro. Trump pede tiros em manifestantes

Minneapolis vive uma escalada de violência provocada por um policial branco que matou, de forma brutal, um homem negro. George Floyd foi asfixiado pelo joelho do oficial enquanto era filmado em plena luz do dia. Nem …

Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão. Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas …

Coreia do Sul registra aumento de casos de coronavírus e teme nova onda da epidemia

A Coreia do Sul anunciou nesta quinta-feira (28) o maior aumento de novas contaminações por coronavírus em quase dois meses, devido a um surto de casos em um armazém de uma empresa de comércio …

Desigualdade eleva letalidade da covid na favela, diz estudo

Quase todos os dias, com ou sem pandemia, a diarista Joceliane Gomes Santos de Freitas, 29 anos, sai de casa às 7h em Barra do Ceará, comunidade de Fortaleza onde mora com o marido e …

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …