Planetas da TRAPPIST-1 são compostos 50% por água; e essa não é uma boa notícia

Um novo estudo sugere que alguns dos planetas ao redor da estrela TRAPPIST-1 poderiam ter tanta água, que isto pode não ser necessariamente uma boa notícia. Dois deles chegariam aos 50% da massa compostos por água; outros dois, 15%.

Liderado por Cayman Unterborn, da Universidade Estatal do Arizona, o estudo foi publicado nesta terça-feira (20), na revista Nature Astronomy. Na pesquisa, os cientistas examinaram as densidades de massa dos sete planetas do sistema TRAPPIST-1, a 40 anos-luz da Terra, para determinar a quantidade de água neles.

É importante citar que os astrônomos conseguem saber da existência de determinadas características de exoplanetas (fora do Sistema Solar) observando-os passar, em “trânsito”, na frente da estrela-mãe. Neste caso, a anã vermelha TRAPPIST-1.

Já se sabe que o tamanho de cada planeta é quase o mesmo que o da Terra, mas orbitam tão próximos da estrela quanto Mercúrio orbita o Sol.

Agora, os pesquisadores descobriram que dois dos planetas mais afastados, TRAPPIST-1f e g, provavelmente, são compostos por mais de 50% de água. Os planetas mais próximos, TRAPPIST-1b e c, são provavelmente mais áridos, mas ainda compostos por até 15% de água.

Para se ter uma ideia, a massa da Terra é apenas 0,02% água.

Os astrônomos explicam que os planetas f e g foram, possivelmente, formados além da linha de neve (região para lá da qual o gelo pode se formar num sistema planetário). Depois, “migraram” para a zona habitável da estrela, onde a água em estado líquido pode existir. Já os planetas b e c se formaram, provavelmente, dentro da linha de neve.

“Acreditamos que, em comparação com os planetas do Sistema Solar, também formados dentro da linha de neve, TRAPPIST-1b e c contém centenas de oceanos“, escreveu a equipe no estudo.

Embora toda essa água possa parecer promissor para o surgimento da vida, os planetas podem ter alguns “problemas de umidade”, observa o site especializado em astronomia Space.

Segundo o portal, algumas teorias sugerem que um planeta inteiramente coberto de água, desprovido de qualquer terreno exposto, pode ter dificuldades para desenvolver a vida.

Há também alguns pontos de interrogação sobre as estruturas dos próprios planetas. TRAPPIST-1f, por exemplo, poderia ter uma faixa de água líquida que teria 200 quilômetros de profundidade, 20 vezes a da fossa das Marianas (o ponto mais profundo de qualquer oceano na Terra, com cerca de 10 quilômetros até o solo marítimo, onde pode haver vida).

Abaixo destes 200 quilômetros molhados, haveria uma camada de gelo. Abaixo desta, existiria uma camada de silicato de magnésio. Então, finalmente, se chegaria a um núcleo de ferro líquido. Esta composição não seria eficaz na regulação da temperatura do planeta através de processos geológicos.

“Planetas rochosos, com frações de massa de água maiores do que a nossa, podem não se comportar de forma geoquímica e geofisicamente semelhante à Terra“, escreveu a equipe.

“Sem terrenos expostos, os principais ciclos geoquímicos seriam paralisados, incluindo a retirada de carbono e fósforo da atmosfera para serem depositados nos reservatórios oceânicos (processo possível por causa do clima continental), limitando assim o tamanho da biosfera”, acrescentou.

Os cientistas afirmam ainda que, apesar de parecer habitável, dificilmente encontraremos vida nos planetas do sistema TRAPPIST-1. E essa também pode ser a realidade para outras estrelas anãs vermelhas. Mais que isso: já descobrimos que esse tipo de estrela também é capaz de “matar” seus planetas.

Entretanto, segundo o IFLScience, ainda não sabemos o quanto os terrenos expostos em meio aos oceanos da Terra foi importante para o surgimento da vida por aqui. Mas o estudo sugere que não devemos ficar tão empolgados com TRAPPIST-1 — ainda.

EM, Ciberia // IFLScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …