O estranho asteroide em forma de caveira volta à Terra em 2018

J.A.Peñas / Agência Sinc

Por ter sido observado na época do Dia das Bruxas e ter semelhança com caveira, o corpo celeste foi chamado de Asteroide do Halloween

Depois do asteroide Oumuamua, que tem um formato parecido com um charuto e que foi descoberto por cientistas em outubro, os astrônomos terão a oportunidade de estudar mais um corpo celeste enigmático que passará perto da Terra.

Um pequeno asteroide que, ao girar em torno de seu eixo, mostra semelhança impressionante com uma caveira deve passar perto do nosso planeta novamente em 2018.

A última vez que o asteroide 2015 TB145 passou perto da Terra foi no fim de outubro de 2015, época em que muitos países comemoram o Dia das Bruxas. Por isso, os cientistas o apelidaram de “Asteroide do Halloween“.

Na época, ele estava a uma distância de aproximadamente 486 mil km – apenas 1,3 vezes a distância da Lua à Terra. A proximidade significava que o objeto estava mais iluminado. Por isso, cientistas europeus, americanos e latino-americanos apontaram seus instrumentos para o 2015 TB145.

Em algumas das imagens, o asteroide se assemelhava, em alguns ângulos, a um crânio humano por causa do seu relevo e das condições de iluminação.

O pesquisador Pablo Santos-Sanz, dos Instituto de Astrofísica da Andaluzia (IAA-CSIC), também organizou campanhas de observação do asteroide para descobrir suas características.

Em novembro de 2018, o Asteroide do Halloween poderá ser observado mais uma vez. No entanto, ele passará a uma distância 105 vezes maior que a da Terra à Lua – o que ainda é próximo o suficiente para que seja possível estudá-lo.

Um encontro mais emocionante, segundo os pesquisadores, voltará a acontecer em 2088, quando o 2015 TB145 passará pela Terra a uma distância equivalente a 20 vezes a distância entre nosso planeta e o satélite.

NASA

Em 2015, o asteroide passou a uma distância equivalente a apenas 1,3 vezes a distância da Terra à Lua

Novas descobertas

O Asteroide do Halloween tem entre 625 a 700 metros de diâmetro, segundo o estudo publicado por Pablo Santos-Sanz e sua equipe no periódico Astronomy and Astrophysics.

Eles também descobriram o período de rotação do corpo celeste, o que seria a duração do seu “dia” – entre 2,94 horas e 4,78 horas, de acordo com a observação e os cálculos deles. E determinaram seu formato, uma elipse achatada, que reflete apenas entre 5% e 6% da luz do sol que a atinge.

Isso significa que é um asteróide muito escuro, só um pouco mais reflexivo que o carvão”, disse Santos-Sanz, citado pela Agência Sinc.

Atualmente, acredita-se que o Asteroide do Halloween pode ser um cometa extinto, que perdeu bastante água e outros componentes voláteis durante as voltas que deu ao redor do Sol.

Isso é semelhante ao que se considera a respeito do objeto interestelar Oumuamua, que causou surpresa por seu formato de “charuto” e também parece ser um tipo de cometa “disfarçado” de asteroide.

Em geral, asteroides e cometas são diferenciados por sua composição – os primeiros são mais rochosos e metálicos, e os últimos têm uma proporção maior de gelo e rochas – e pelo tipo de órbita ao redor do Sol. Mas nem sempre é fácil diferenciá-los com as observações que a distância permite fazer.

Agora, os pesquisadores aguardam que novembro de 2018 traga mais novidades sobre a natureza destes objetos. “Apesar de essa passagem próxima não ser tão favorável, esperamos obter novos dados que podem aumentar nosso conhecimento sobre a massa dele e outras que passam pelo planeta”, disse Pablo Santos-Cruz.

Ciberia // BBC / Agência Sinc

48 políticos investigados na Lava Jato perderão foro privilegiado se não se reelegerem

Quarenta e oito políticos com foro privilegiado que estão sendo investigados ou foram denunciados na operação Lava Jato correm o risco de ter seus casos enviados à primeira instância caso não consigam se reeleger em …

Droga que recupera movimentos é testada em humanos no Rio

Pesquisadores brasileiros começam a selecionar pacientes para testar uma droga que seria capaz de recuperar movimentos, ou seja, regenerar nervos danificados em pessoas paralisadas. A ideia é aplicar a polilaminina em pacientes com lesões na medula …

Tribunal reacende polêmica da selfie do macaco Naruto

A 9ª Corte de Apelação, dos Estados Unidos, acaba de reacender a polêmica do processo da selfie do macaco Naruto. O órgão garante que ainda julgará uma decisão final sobre o assunto, mesmo que já tenha …

Monte de Saint-Michel é evacuado devido a alerta de segurança

O histórico Monte de Saint-Michel, no litoral oeste da França, foi evacuado neste domingo pela Gendarmaria, informou a imprensa local que apontar para a presença de um indivíduo com atitude ameaçante. O jornal regional "Ouest-France" afirmou …

Cientistas criam vidro que converte energia solar em eletricidade

Cientistas da Universidade de Berkeley, na Califórnia, criaram um painel de vidro fotovoltaico, capaz de absorver a luz solar, transformando-a em energia elétrica, que poderá substituir os tradicionais painéis solares. Uma equipe de cientistas que trabalha …

Ingressos para 1° filme em cinema na Arábia Saudita esgotam em 1 minuto

Os ingressos colocados à venda para a primeira projeção pública de um filme na Arábia Saudita desde os anos 80 esgotaram "em menos de um minuto", e além disso, somente 300 sortudos puderam estar presentes …

Países comemoram suspensão de testes nucleares pela Coreia do Norte

A Coreia do Sul, a China, os EUA e o Reino Unido foram algumas das potências mundiais que celebraram a decisão da Coreia do Norte de fechar seu centro de testes nucleares. A suspensão dos testes …

NASA começará a construir estação espacial lunar já no ano que vem

Na última quinta-feira (19), um porta-voz da NASA anunciou que a agência espacial já está entrando em contato com empresas parceiras para construir uma nave que será chamada de Lunar Orbital Platform-Gateway. Essa nave se tornará …

Segredo que alimenta o inferno explosivo de Yellowstone é desvendado

Simulações em supercomputadores ofereceram uma nova explicação para a geologia subjacente às atividades sísmicas recentes dos corpos de magma do Parque Yellowstone, nos Estados Unidos. O supervulcão de Yellowstone é o mais bonito barril de pólvora …

Arqueólogas iniciam estudo da ilha escocesa chamada de "Egito do Norte"

Uma equipe internacional de arqueólogas iniciou o maior projeto de pesquisa na ilha escocesa de Rousay, conhecida como "Egito do Norte", onde foram identificados mais de cem locais arqueológicos, que poderiam revelar informações sobre o …