Padre português é suspeito de colocar à venda 4 milhões de euros em roupas doadas

A Guarda Nacional Republicana (GNR) de Portugal apreendeu milhares de peças de roupa e de calçado em um armazém pertencente a uma instituição de solidariedade, no âmbito de uma investigação a um padre que é suspeito de fraude com roupas doadas para famílias carentes da Guiné-Bissau.

O caso é relatado pelo jornal português Correio da Manhã que refere que o padre Joaquim Batalha, de 79 anos, que exerce suas funções religiosas na região central de Portugal, é suspeito de ter colocado à venda milhares de peças de roupa e de calçado que tinham sido doadas por uma empresa, com o objetivo de serem entregues a famílias carentes da Guiné-Bissau.

Uma mulher que seria voluntária da Fundação João XXIII/Casa Oeste, localizada na Lourinhã, no distrito de Lisboa, presidida pelo padre e responsável pelo envio das roupas para a Guiné-Bissau, também foi acusada do crime, segundo o CM.

Os dois suspeitos são acusados de fraude qualificada e fiscal. De acordo com o CM, estão em causa vestuário e calçado avaliados em 4 milhões de euros (quase R$ 12 milhões).

O Conselho de Administração da Fundação João XXIII/Casa Oeste defende o padre Batalha e nega qualquer envolvimento da entidade na suposta fraude, imputando culpas à mulher acusada e garantindo que “não faz parte dos/as voluntários/as da Fundação”.

Em comunicado divulgado no blog da Fundação, o Conselho de Administração assegura que “a associação Viver 100 Fronteiras, na qual foram descobertas as roupas, não tem nada a ver com a Fundação João XXIII e muito menos com o padre Batalha“.

Em defesa do padre, o delegado da Fundação na Guiné-Bissau, Raul Daniel, citado pelo mesmo blog, nota que o religioso “não merece este tratamento”. “Um homem que deu toda a sua vida à causa Humana e Religiosa não merece o que estamos assistindo”, constata.

Casa do Oeste / Facebook

Padre Joaquim Batalha

Viver 100 Fronteiras

A presidente da ONG Viver Sem Fronteiras, Natália Oliveira, assegura à Lusa que “nem a associação nem seus representantes estão neste momento acusados ou indiciados para qualquer processo judicial”, manifestando-se “estupefata com tanta mentira e difamação pública”.

Natália Cristina Rocha refere que os artigos apreendidos pela GNR estavam “legitimamente em armazém com várias outras roupas, material médico, produtos e mercadorias destinados a seguir para a África nos próximos contêineres, por terem sido doados pelas mais variadas empresas e particulares para esse efeito”.

“Nunca esta associação vendeu roupas em feiras, seja de que marca for”, acrescentou a líder da ONG, frisando que “se tal aconteceu, nada tem a ver com a Viver 100 Fronteiras, que nunca teve qualquer tipo de rendimento”.

Natália Cristina Rocha também trata de salientar que o padre Batalha e a Fundação João XXIII não estão relacionadas com a Viver 100 Fronteiras.

A agência de notícias portuguesa Lusa apurou, entretanto, que, em março de 2016, a ONG ponderava abandonar a Guiné-Bissau, país para onde enviou entre 2008 e maio deste ano 46 contentores, de 46 toneladas, com ajuda para os setores da saúde, educação e alimentação, avaliada em 52 milhões de euros.

Na ocasião, o Governo da Guiné-Bissau informou à Lusa que desconhecia a existência da Viver 100 Fronteiras por não se encontrar nos seus registros e ainda por ela “nunca ter se relacionado” com aquela estrutura governamental.

Criada em 2008 para levar ajuda à Guiné, a Viver 100 Fronteiras tem realizado missões de ajuda no Senegal, São Tomé e Cabo Verde e, em maio deste ano, anunciou à agência Lusa que tinha previsto prestar apoio ao Haiti, Costa do Marfim e Moçambique.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …