Paleontologistas descobrem ‘última refeição’ de dinossauro que viveu há 110 milhões de anos

Alex Beynon / Flickr

Uma equipe de pesquisadores do Canadá reconstituiu o estômago de um dinossauro herbívoro, o melhor preservado de sempre.

Uma equipe de paleontologistas canadenses conseguiu reconstruir o conteúdo do estômago de um dinossauro herbívoro que viveu no final do período Cretáceo. Os restos fossilizados do nodossauro, pertencente à espécie Borealopelta markmitchelli, haviam sido descobertos por acaso em 2011 durante uma escavação mineira na cidade de Fort McMurray, Canadá.

Graças à umidade do solo da região, o corpo do réptil gigante está em muito bom estado de conservação. Pesquisadores do Museu Real Tyrrell de Paleontologia, da Universidade de Saskatchewan e da Universidade de Brandon, no Canadá, examinaram o conteúdo do estômago do dinossauro para descobrir qual foi sua última refeição.

“A descoberta do conteúdo estomacal de um dinossauro preservado é extraordinariamente rara, e este órgão recuperado do nodossauro mumificado pela equipe do museu é de longe o estômago de dinossauro melhor preservado encontrado até hoje“, disse Jim Basinger,da Universidade de Saskatchewan, um dos autores do estudo que foi publicado na revista Royal Society Publishing.

Analisando as amostras, os paleontólogos concluíram que o último banquete do animal consistiu em 88% de folhas de samambaia e 7% de caules e ramos.

Os pesquisadores também encontraram 48 tipos de microfósseis como pólen e esporos, e uma “quantidade notável de carbono” de plantas queimadas, o que sugere que o nodossauro estava aproveitando a abundância de samambaias que geralmente surge em uma paisagem queimada.

Os autores do estudo também compararam o conteúdo estomacal do réptil com as plantas mais comuns da região na época e concluíram que o animal era bastante seletivo, preferindo comer apenas um tipo de samambaia.

“Juntos, esses achados nos permitem fazer inferências sobre a ecologia do animal, incluindo o quão ele era seletivo na escolha das plantas que comia, e como ele pode ter explorado a regeneração dos incêndios florestais. Também ajudará a entender a digestão e fisiologia dos dinossauros”, disse o autor principal do estudo, Caleb Brown, do Museu Real Tyrrell.

https://br.sputniknews.com/ciencia_tecnologia/2020060415658581-paleontologistas-descobrem-ultima-refeicao-de-dinossauro-que-viveu-ha-110-milhoes-de-anos-fotos/ // Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Coroas de buracos negros supermassivos podem ser fonte de "partículas fantasmas"

Nas profundezas do gelo antártico, estão enterrados mais de 5.000 sensores de luz, que fazem parte do Observatório IceCube, um detector de neutrinos. Em 2018, este observatório recebeu a atenção da comunidade científica de todo …

Partícula exótica nunca vista antes é descoberta no CERN

Cientistas trabalhando no Grande Colisor de Hádrons (LHC) observaram uma partícula exótica composta de quatro quarks charm. Essa é provavelmente a primeira descoberta de uma classe de partículas jamais observada pelos físicos. O quark é uma …

Lava Jato denuncia José Serra por lavagem de dinheiro

Ministério Público Federal acusa senador de ter recebido pagamentos indevidos da Odebrecht através de contas no exterior. Verônica Serra, filha do político, também é denunciada. A força-tarefa da Operação Lava-Jato em São Paulo denunciou nesta sexta-feira …

'Morra quem morrer', diz prefeito na Bahia ao decretar reabertura do comércio

O prefeito da cidade de Itabuna (BH), Fernando Gomes, declarou em vídeo divulgado nas redes sociais que autorizará reabertura de estabelecimentos comerciais em 9 de julho. Ao anunciar a implementação do decreto que autorizará reabertura do …

Édouard Philippe, premiê francês, pede demissão e deixa cargo após três anos

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, apresentou sua demissão nesta sexta-feira (3) ao presidente Emmanuel Macron, que aceitou o pedido. O anúncio foi feito nesta manhã pela assessoria do palácio do Eliseu, a sede da …

Crânio achado em tumba submarina revela aparência de homem da Idade da Pedra

Oscar Nilsson, um artista forense sueco, reconstruiu virtualmente a aparência de um homem da Idade da Pedra, cujo crânio sem mandíbula foi encontrado em uma estaca dentro de uma tumba submarina de aproximadamente oito mil …

Alemanha quer eliminar extremismo de direita de tropa de elite

Com reforma, Ministério da Defesa alemão pretende "apertar o botão de reset" no KSK, unidade de elite das Forças Armadas abalada por escândalos sobre envolvimento de seus membros com extremismo de direita. A ministra alemã da …

Putin, presidente "eterno"? Para mais de 75% dos russos, a resposta é sim

Vladimir Putin, presidente "vitalício"? Essa é uma das apostas da votação que termina hoje na Rússia, e que vem sendo apoiada por cerca de 73,55% dos eleitores, que até agora votaram “SIM” neste referendo. Se …

Funcionários da Tesla são demitidos por ficarem em casa

Quando a fábrica da Tesla na Califórnia (EUA) reabriu em meados de maio, o CEO, Elon Musk, tranquilizou os trabalhadores dizendo que não precisariam ir à fábrica se "se sentissem desconfortáveis". No entanto, apesar do comunicado, …

Brasil supera marca de 60 mil mortes por covid-19

Segundo dados das secretarias estaduais e do Ministério da Saúde, total acumulado de óbitos no país é de 60.632, com 1.448.753 infecções. Brasil tem ainda 826.866 pessoas recuperadas. O painel do Conselho Nacional de Secretários de …