Para o senador Paulo Paim, “se Lula for preso vira o novo Nelson Mandela”

Waldemir Barreto / Agência Senado

O senador Paulo Paim, presidente da CPI da Previdência

Para o senador Paulo Paim (PT-RS), 2017 foi o “pior ano de todos os tempos” na política. Na sua “retrospectiva”, o petista cita o decreto presidencial que ameaçou a Amazônia, o retrocesso no combate ao trabalho escravo, o teto de gastos públicos congelados por 20 anos, as reformas trabalhista e da Previdência.

As informações são da revista Veja, que lembra que Paim presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência, concluindo que não haveria deficit no setor se as empresas pagassem R$ 450 bilhões devidos.

O relatório final da CPI, de 253 páginas, precisou de 11 horas para ser lido no dia 23 de outubro. “A reforma, da maneira que está sendo feita, vai quebrar a Previdência. Eles não atacam a sonegação. Vão mais uma vez passar a conta para os mais pobres, aumentando o tempo da contribuição e idade”, disse à reportagem.

Quanto a possibilidade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ser condenado em segunda instância no julgamento do TRF4 marcado para 24 de janeiro, Paim diz que Lula “está no jogo” da eleição de “qualquer jeito”.

No caso de uma eventual prisão, Lula “vira um novo Nelson Mandela”, disse em referência ao ex-presidente da África do Sul e líder popular, preso por 27 anos e solto após uma campanha mundial por sua libertação.

Para Paim, o possível vice de uma chapa de Lula seria Roberto Requião (PMDB-PR), que poderia até mesmo substituir Lula, caso o ex-presidente seja impedido de concorrer, disse. “O debate ideológico está meio superado”, afirmou.

Ciberia // GNI / Veja

COMPARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Sr. Paim, Deus que lhe ouça. Para ter “algo” em comum com o Sr. Mandela, se nossa justiça fosse de fato justa, poderia começar com 27 anos de prisão em regime fechado. Mas, sabemos, aqui é Brasil. Tentar comparar este dois, é um insulto ao prezado Mandela.

  2. O senador Paulo Paim perdeu a noção do ridículo. Nelson Mandela é único. Comparar essa escória da sociedade, símbolo vivo da corrupção em nosso país, com Mandela, é simplesmente querer comparar Lula com papel carbono. Nem existe mais.

  3. Tudo isso que o senador Paulo Paim afirma como motivos para o “pior ano de todos os tempos”, são justamente as medidas que pararam a piora da crise brasileira e, quem sabe, podem dar início à recuperacão econômica do Brasil.
    Em se tratando de Paulo Paim, nada a estranhar, afinal esse político profissional passou a sua vida a fazer o discurso populista de sempre, contando com a ignorância ou simpatia de eleitores que o reelegiam pleito após pleito.
    Para quem presidiu uma CPI que, depois de 6 meses, concluiu que a Previdência do Brasil não só não é deficitária, como dá lucro, trata-se realmente de um político que só pensa “em se reeleger”. Não é preciso fazer qualquer cálculo, mas apenas observar que as pessoas estão vivendo mais para saber que a Previdência oficial precisa ser revista. Sem falar nos privilégios que os cidadãos de primeira classe, compostos por politicos e funcionários públicos, principalmente do MPF e Judiciário.
    Por último, acho que o site dá um destaque exagerado, para não dizer favorável a manifestacões de esquerditas.

  4. Parabéns Senador Paulo Paim por sempre estar ao lado dos trabalhadores. Você é tão bom que atrai este monte de raivosos. Se não gostam de você, o que estão fazendo aqui?????

DEIXE UMA RESPOSTA:

NASA pode ter destruído as primeiras provas de vida em Marte

A NASA pode ter destruído provas da existência de vida em Marte nos anos 1970. O carbono esteve no solo marciano o tempo todo, mas, infelizmente, os Vikings podem ter incendiado tudo. Em 1976, a NASA …

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …

França conquista segunda Copa e se iguala a Uruguai e Argentina

A França venceu a Croácia por 4 x 2 e é campeã da Copa do Mundo da Rússia. O time francês foi aplicado taticamente, apostou na solidez de sua defesa e na eficiência de seus …

"Trump me sugeriu processar a União Europeia", diz primeira-ministra britânica

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, revelou neste domingo, 15, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse para "processar a União Europeia" em meio às tratativas de negociações do Brexit - …

Descoberta "oficina de múmias" próximo a pirâmides de Gizé

Arqueólogos alemães e egípcios anunciaram neste sábado (14) ter descoberto uma "oficina de mumificação" perto da necrópole de Saqqara, no Egito. Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de um antigo sepultamento e de uma oficina de mumificação …

Os romanos podem ter sido os primeiros caçadores de baleias

Ossadas de baleias cinzentas e baleias-francas do Atlântico Norte foram encontradas no Estreito de Gibraltar. Esses ossos sugerem que, nos primeiros séculos depois de Cristo, as baleias não só circulavam por mares europeus como também …

Cabine de avião da Ryanair despressuriza e 33 passageiros vão parar no hospital

Trinta e três passageiros de um avião da companhia low-cost Ryanair tiveram que ser hospitalizados depois que a cabine do aparelhou sofreu uma despressurização. O piloto precisou fazer uma aterrissagem de emergência em Frankfurt, na …

Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou hoje (14) em nota que tenha participado de supostas fraudes no Ministério do Trabalho para beneficiar sindicatos em Mato Grosso do Sul, seu reduto eleitoral. A informação …

Mosaico que retrata "espiões bíblicos" de Moisés é descoberto em Israel

A descoberta de uma série de mosaicos que datam de 1.600 anos atrás, no interior de uma antiga sinagoga, em Israel, está “revolucionando” tudo o que sabíamos sobre o Judaísmo da época, apresentando “novas pistas” …