Uma pequena cidade europeia enriquece inventando notícias – e influenciando eleições

Boa parte dos sites de notícias falsas que pipocaram durante as eleições americanas foram criados em uma pequena cidade na Macedônia onde adolescentes publicam histórias sensacionalistas para ganhar dinheiro com publicidade.

Um deles é Goran (nome fictício), que parece bem jovem, usa um paletó azul e uma camisa branca, o que lhe dá um ar de uniforme escolar. Mas essa não é a imagem que o jovem universitário de 19 anos quer passar.

Os americanos amaram nossas histórias e queremos tirar dinheiro disso”, diz ele, fazendo questão de deixar o relógio de marca à mostra. “Quem se importa se são verdadeiras ou falsas?”

Ele é apenas um entre centenas de outros adolescentes da Macedônia que trabalham em empresas caseiras na pequena cidade de Veles, de onde saíram várias notícias favoráveis a Donald Trump durante as eleições nos Estados Unidos.

Goran começou a publicar histórias sensacionalistas, geralmente plágios de sites americanos de direita, há poucos meses.

Depois de copiar e colar vários artigos, ele criou manchetes chamativas, pagou ao Facebook para compartilhá-las com americanos sedentos por notícias sobre Trump e quando essas pessoas clicararam, curtiram e compartilharam suas histórias, ele começou a ganhar dinheiro com as publicidades em seu site.

Goran diz ter trabalhado escrevendo histórias mentirosas durante apenas um mês, pelo qual recebeu 1,8 mil euros (R$ 6,6 mil). Mas ele conta que os colegas chegam a ganhar milhares de euros por dia.

Quando questionado se existe uma preocupação de que as notícias falsas podem ter influenciado as eleições nos Estados Unidos injustamente, ele ri.

“Os adolescentes na nossa cidade não se importam como os americanos votam“, diz ele. “Eles só estão satisfeitos por fazer dinheiro e comprar roupas e bebidas caras!”

A “corrida do ouro digital” certamente impactou a economia de Veles, onde o salário médio é de apenas 350 euros (R$ 1,3 mil) mensais. Há carros novos pela cidade e os bares estão cheios de jovens bebendo coquetéis extravagantes.

Quando era parte da antiga Iugoslávia, a cidade era chamada de Titov Veles em homenagem ao presidente Josip Tito.

Hoje, ela tem o apelido irônico de Trump Veles.

Do lado de fora do portão da escola, todos os adolescentes admitem conhecer alguém envolvido nos sites ou ter o seu próprio “negócio”. Um jovem com o rosto coberto de acne diz trabalhar oito horas por noite em seu site depois da escola.

Veicular notícias falsas em sites de notícias não é ilegal, mas a prática de enganar leitores não está livre de ser considerada uma fraude. Mas não para o prefeito Slavco Chediev.

Não há dinheiro sujo em Veles“, disse ele à BBC, acrescentando que se orgulha da influência dos que chamou de “empreendedores” de sua cidade sobre as eleições nos EUA.

Segundo Ubavka Janevska, uma experiente jornalista investigativa, há ao menos sete equipes organizadas trabalhando com desinformação online, e ela calcula que outras centenas de adolescentes trabalhem individualmente.

“Eu me preocupo com a moral dos jovens em Veles”, disse à BBC. “Desde as eleições nos EUA, eles só pensam em mentir e ganhar dinheiro fácil com mentira”.

“Temos eleições parlamentares aqui na Macedônia em dezembro e eu achei três domínios falsos registrados na Sérvia e na Croácia. Esses sites estão espalhando mentiras sobre o partido de oposição, o que pode prejudicar a campanha seriamente“, afirma.

Goran diz ter desistido das notícias falsas agora, apesar de ter deixado escapar que acabou de comprar um novo laptop. Questionado sobre o que sua mãe diria sobre seu negócio online, ele reage em choque. “Você acha que se o seu filho ganhasse 30 mil euros por mês você acharia isso um problema?”, questiona.

// BBC

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Fábrica russa eliminará deficiências na produção da Sputnik V de acordo com recomendações da OMS

Em resultado de inspeções efetuadas na Rússia, o grupo de especialistas da Organização Mundial da Saúde fez várias observações sobre a fabricação da vacina Sputnik V. Estas são ligadas principalmente à proteção do meio ambiente …

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …