Pessoas vacinadas serão isentas de restrições sanitárias na Alemanha

USACE Europe District / Flickr

A Alemanha pretende suspender algumas restrições para as pessoas que já foram vacinadas contra o coronavírus. Quem já foi imunizado não será mais obrigado a apresentar um teste negativo para entrar em lojas que exigem um certificado e não será submetido ao limite de participantes em reuniões privadas, informou nesta terça-feira a ministra da Justiça alemã.

“As pessoas que já foram vacinadas não vão precisar mais de um teste negativo se quiserem fazer compras, ir ao cabeleireiro ou visitar um jardim botânico, por exemplo”, disse Christine Lambrecht em um comunicado. Os imunizados também poderão ir, sem limites de participantes, a eventos privados, acrescentou a ministra.

O toque de recolher noturno, recentemente introduzido a partir das 22h, também não será aplicado às pessoas que receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19.

O texto, aprovado pelo governo nesta terça-feira, deve agora passar pelo Parlamento. Mas tudo leva a crer que a proposta não encontrará obstáculos.

A câmara baixa do Parlamento, o Bundestag, vai votar o projeto na quinta-feira (6) e o Bundesrat, a câmara alta, na sexta (7). Se for validada, a medida pode entrar em vigor já no próximo fim de semana.

Até segunda-feira (3), mais de 6,7 milhões de pessoas já haviam recebido as duas doses necessárias da vacina e quase 24 milhões receberam uma dose, de acordo com o Instituto Robert Koch.

A Alemanha, duramente atingida por uma terceira onda da epidemia no final do ano passado, vem adotando há vários meses muitas restrições, desde o fechamento de bares, restaurantes, espaços culturais e esportivos, até a paralisação do comércio não essencial. Além disso, o país limitou drasticamente as reuniões privadas e introduziu um toque de recolher noturno.

População mais prudente

Os especialistas estimam que desde que as previsões de melhora anunciadas pelo governo nas vésperas da Páscoa não se concretizaram, a população se conscientizou da gravidade da situação e adotou uma atitude mais prudente.

O governo também decidiu, ao contrário de muitos países europeus, não definir por enquanto um cronograma para a reabertura dos estabelecimentos.

“Tivemos que restringir os direitos fundamentais durante a crise de saúde para proteger as vidas e a saúde pública. Foi extremamente doloroso para mim, na condição de ministra da Justiça”, enfatizou Lambrecht. “Sempre deixei claro que os direitos fundamentais deverão ser restaurados quando a sua restrição já não se justificar”, acrescentou a ministra social-democrata.

“A queda nas taxas de infecção e o fato de que cada vez mais pessoas estão sendo vacinadas me dão confiança de que poderemos avançar rapidamente para outras fases de abertura”, declarou, sublinhando, no entanto, que “a pandemia ainda não acabou”.

Nesta terça-feira, a Alemanha contabilizava um total de 3.433.516 casos oficialmente declarados de Covid-19 (+7.534 em 24 horas) e 83.591 mortes (+315).

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Brasil ultrapassa Índia e volta a ser líder mundial em mortes diárias por coronavírus

Em meio ao avanço da terceira onda da pandemia, o Brasil ultrapassou a Índia e voltou à liderança do número de mortes diárias por covid-19 registradas, em média. São mais de 2.000 óbitos registrados por …

Rajadas rápidas de rádio ajudarão a mapear distribuição de matéria no universo

O novo levantamento dos dados coletados pelo radiotelescópio CHIME (Canadian Hydrogen Intensity Mapping Experiment) resultou em mais de 500 rajadas rápidas de rádio devidamente catalogadas, todas feitas durante o primeiro ano de atuação do telescópio. Agora, …

Lider da UE chama lei húngara anti-LGBT de vergonha

Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, afirma que vai usar poderes de que dispõe para garantir direitos de todos os cidadãos do bloco. Países pediram à UE que agisse. A presidente da Comissão Europeia, …

Apesar de ter vacinado mais da metade da população, Israel teme 2ª onda de Covid

O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, alertou nesta terça-feira que o país pode enfrentar uma nova onda de coronavírus. Segundo ele, o aumento do número de doentes, causado pela chegada da variante Delta, “importada” por …

Cientistas resolvem enigma de esculturas de pedra de 3.200 anos da Turquia

Um recente estudo permitiu descobrir finalmente o significado e a função dos relevos em pedra criados há 3.200 anos no santuário de Yazilikaya, na Turquia, após 200 anos de conjeturas. No século XIII a.C., a alguns …

EUA não devem esperar retomada do diálogo com Pyongyang, diz irmã de Kim Jong-un

As expectativas de retomada do diálogo entre os EUA e a Coreia do Norte são erradas, podendo levar a uma "decepção ainda maior", declarou a irmã do líder norte-coreano. Na terça-feira (22), Kim Yo Jong, alta …

Ministro da Saúde diz que não há mudança de estratégia para a Coronavac

No início desta segunda-feira (21), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, revelou que não haverá qualquer mudança de estratégia para a aplicação da CoronaVac. A declaração do ministro foi feita em audiência ao Senado Federal, revelando …

Há 80 anos, Hitler invadia a URSS – e começava a perder a guerra

Adolf Hitler e seus generais vinham planejando há meses para este momento. No domingo, 22 de junho de 1941, havia chegado a hora: às 3h15 da manhã, a Wehrmacht, forças armadas nazistas, atacou a União …

Com apenas 2% da população imunizada, África quer fabricar suas próprias vacinas anticovid

A África do Sul anunciou nesta segunda-feira a primeira etapa para capacitar seu continente na produção de vacinas anticovid. A conclusão do projeto ainda não tem data prevista, mas a iniciativa já é vista …

Pessoas feias superestimam drasticamente suas aparências

Pessoas pouco atraentes parecem menos capazes de julgar com precisão sua própria atratividade, e tendem a superestimar sua aparência. Não faltam disparidades entre pessoas atraentes e pouco atraentes. Estudos mostram que os mais belos entre nós …