Veneno de aranha mortífera pode evitar danos provocados por AVC

Wingnutfred / Flickr

A aranha teia de funil da espécie Hadronyche infensa

A aranha teia de funil da espécie Hadronyche infensa

Um grupo de médicos descobriu uma fonte improvável para a criação de medicamento que pode evitar danos cerebrais causados por um acidente vascular cerebral: o veneno de uma das aranhas mais mortíferas do mundo.

Segundo o jornal britânico The Guardian, uma picada de uma aranha australiana pode matar um humano em 15 minutos, mas um ingrediente inofensivo encontrado no veneno pode proteger as células cerebrais de serem destruídas por um AVC.

Os especialistas descobriram a molécula protetora à medida que analisaram o veneno da aranha “teia de funil”, da espécie Hadronyche infensa, encontrada em Queensland e Nova Gales do Sul.

“Acreditamos que encontramos uma maneira de minimizar os efeitos de um acidente vascular cerebral”, revelou Glenn King, professor do Instituto de Biociência Molecular e um dos autores do estudo publicado no Proceedings of the National Academy of Sciences.

A molécula Hi1a, encontrada no DNA das toxinas presentes no veneno das aranhas desta espécie, destacou-se por ser semelhante a outro produto químico de proteção de células cerebrais unidas. A descoberta foi tão intrigante que os cientistas decidiram sintetizar o composto e testar os seus poderes.

Nas experiências realizadas com cobaias, a equipe de cientistas concluiu que uma pequena dose da molécula de veneno de aranha protegeu os neurônios de acidentes vasculares cerebrais induzidos.

O composto bloqueia os chamados canais iônicos nas células, que os cientistas dizem ser os principais responsáveis pelos danos cerebrais após um AVC.

Glenn King adiantou que a administração da molécula Hi1a duas horas após o AVC reduziu a extensão dos danos cerebrais em cobaias em 80%. Mas o composto ainda foi eficaz oito horas após o derrame cerebral, reduzindo a quantidade de danos em cerca de 65% comparativamente a outros animais não tratados.

Os cientistas pretendem iniciar os testes em humanos nos próximos dois anos. Se as próximas experiências forem bem sucedidas, este pode ser o primeiro passo para evitar as consequências causadas por derrames cerebrais, visto que atualmente não existem medicamentos no mercado que previnam esse tipo de lesões.

// ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

'Ela tinha medo do coronavírus': exame confirma que mulher morreu por covid-19 após festa

Um exame confirmou que a aposentada Maria Salete Vieira, de 60 anos, morreu em decorrência da covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. Ela começou a apresentar sintomas dias após participar de uma festa em família …

Solução? Cientistas criam vírus que poderia ser capaz de combater a COVID-19

Cientistas dos EUA realizam experimentos com ratos infectados com o coronavírus MERS que permitiriam obter solução eficiente no combate à COVID-19. Até o momento não existe uma vacina que possa proteger as pessoas de infecções provocadas …

Bernie Sanders desiste de concorrer à presidência dos EUA

Senador abandona disputa pela indicação democrata à Casa Branca após série de derrotas nas primárias. Decisão abre caminho para que o ex-vice-presidente Joe Biden seja adversário de Trump nas eleições de novembro. O senador Bernie Sanders …

Antártida: geleira está se tornando o cânion mais profundo do mundo e isso é péssimo

Recentemente cientistas anunciaram a descoberta de algo absolutamente desconhecido e sem precedentes: um cânion de gelo com 3,5 quilômetros abaixo do nível do mar, confirmado como nada menos que o ponto mais profundo da superfície …

OMC prevê cenário sombrio para o comércio global e Brasil será bastante atingido

Sob o impacto da pandemia do novo coronavírus, a Organização Mundial de Comércio (OMC) prevê um cenário sombrio para o comércio global este ano. A expectativa é de uma queda vertiginosa que pode chegar …

COVID-19 deve ter pico no Brasil em abril e maio, dizem Mandetta e especialistas

A previsão de disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no país não é nada animadora para os próximos meses. Isso porque ainda estamos em uma fase intermediária da infecção, que deve ter seus momentos de pico em …

Esse novo tratamento alivia a depressão em 90% dos pacientes

De acordo com uma nova pesquisa americana, um tratamento com estimulação magnética transcraniana pode ser muito eficaz para pessoas com depressão severa: em um experimento, foi capaz de aliviar os sintomas em 90% dos pacientes. Normalmente, …

Israel: ministro que definiu Covid-19 como ‘castigo divino a gays’ está com coronavírus

Aos 71 anos, Yaakov Litzman, ministro da Saúde de Israel e também líder do partido ultra-ortodoxo “Judaísmo Unido da Torá”, testou positivo para Covid-19. O diagnóstico foi divulgado nesta terça-feira (7) pela imprensa local e chamou …

Saúde de Boris Johnson preocupa britânicos, mas governo garante que premiê passa bem

O Reino Unido acompanha com preocupação a degradação do estado de saúde do primeiro-ministro Boris Johnson, que anunciou publicamente ter sido contaminado pelo novo coronavírus há dez dias. Depois de ser hospitalizado no domingo (5), …

Cortes na ciência comprometem resposta à covid-19 no Brasil

A fila de 16 mil testes para covid-19 no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, expõe a vulnerabilidade de um país que escolheu não investir em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) nos últimos anos. A …