25 mil estranhos se unem e compram uma pintura de Picasso

Salvatore di Nolfi / EPA

“Buste de mousquetaire” em exposição no MAMCO, Genebra

Apesar de não poderem pendurá-lo na sala de estar, o quadro pertence a todos eles: 25 mil internautas, que compraram em conjunto um Picasso em uma plataforma suíça de compras coletivas, puderam contemplar a obra pela primeira vez na sexta-feira (27), em Genebra.

Os utilizadores do site de compras coletivas suíço Qoqa procuram habitualmente furadeiras, malas ou viagens a Marrakech a preços atrativos.

Mas segundo a AFP, no mês de dezembro, a plataforma, lançada em 2005 com o slogan “Fazemos qualquer coisa, mas fazemos por você”, disponibilizou o quadro de Picasso “Buste de mousquetaire” (Busto de mosqueteiro) por 2 milhões de francos suíços – mais de R$ 7 milhões.

Em três dias, 25 mil pessoas compraram os 40 mil lotes, a 50 francos suíços (R$ 175) cada um, tornando-se oficialmente os felizes proprietários do quadro com dimensões 58 cm x 28,5 cm.

A ideia da Qoqa, inicialmente, era a de “fazer muito barulho” para que as pessoas falassem da empresa, mas também queriam democratizar o mundo da arte, que muitas vezes é visto como “fechado e obscuro”, explicou à AFP Pascal Meyer, diretor executivo e fundador da plataforma.

“Quando lançamos a ideia, disseram: esqueçam, é simplesmente impossível“, conta, na sede da empresa, nos arredores de Lausanne. “Depois, quando começamos a falar de Picasso, disseram: ‘agora é duplamente impossível’. Assim, o desafio se tornou muito divertido, e dissemos que tínhamos que tentar, tentar democratizar um pouco esse campo que parece inacessível para as pessoas comuns“.

A empresa contratou especialistas para certificar “a autenticidade da peça” e “assegurar que pagávamos o preço correto”, conta Meyer, que não quis dizer quanto a Qoqa pagou “a um proprietário europeu” pela obra.

Salvatore di Nolfi / EPA

“Buste de mousquetaire” em exposição no MAMCO, Genebra

Um por todos e todos por um

Como que cumprindo o lema do mosqueteiro retratado no quadro – “Um por todos e todos por um” –, a partir de agora dependerá dessa grande comunidade de proprietários cuidar do destino da obra e decidir, por exemplo, onde ficará exposta.

O Museu de Arte Moderna e Contemporânea de Genebra (Mamco) será a primeira instituição a exibi-lo, a partir desta sexta-feira. A iniciativa seduziu o diretor do museu, Lionel Bovier.

Para o Mamco, que tem fama de expor arte elitista, se associar desta forma à plataforma de compra supõe, em parte, abrir um pouco mais suas portas.

“O principal interesse para nós reside na forma de desenvolvimento de público. Ou seja, de ter contato, de nos dirigirmos a esse público que se tornou proprietário coletivamente do quadro”, explicou Bovier à AFP. “Esperamos receber o maior número possível de proprietários dessa comunidade de 25 mil pessoas”, continuou.

Os proprietários, que possuem um cartão numerado e estampado com uma reprodução da obra, poderão ir ao local para admirar a obra sem precisar pagar entrada.

Bovier também deseja usar a experiência da Qoqa nas tecnologias digitais para expor o quadro de forma original. Nesse sentido, está prevista uma interação com o público pela “PiQasso”, uma plataforma dedicada à peça do portal Qoqa, e por uma webcam.

Também será feito “um escaneamento em 3D da obra para que as pessoas possam passear por dentro do quadro, enfim… pequenas coisas que fazem disso tudo algo um pouco mais interessante e menos tedioso, se me permite dizer”, destacou Meyer.

O museu irá propor “encontros”, “atividades” e “conferências sobre o quadro, Picasso, e também sobre o trabalho de conservação que os museus realizam, especialmente para obras desse tipo”, detalhou Bovier.

O quadro fica em Genebra até outubro. Depois. os 25 mil proprietários terão que votar para decidir o próximo destino.

Ciberia // ZAP / France 24

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …