É proibido comprar a Bíblia pela internet na China

O governo chinês proibiu a venda da Bíblia em livrarias online de todo o país, de modo a cumprir com as novas normas que exigem um controle na literatura que não esteja de acordo com os “valores centrais do socialismo”.

Numa tentativa de controlar as práticas religiosas de seus cidadãos, as autoridades chinesas ordenaram a retirada da Bíblia das livrarias online.

Dentre as religiões majoritárias no país asiático, o cristianismo é a única cujo o livro não pode ser adquirido pelos canais comerciais habituais, já que era considerado um texto “para distribuição interna”. Embora a Bíblia seja impressa no país asiático, somente as igrejas controladas pelo Estado têm o poder de distribuí-la e vendê-la em seus espaços.

Segundo o El Mundo, isso fez com que a aquisição através de plataformas de venda na internet tivesse um aumento significativo durante os últimos anos, uma alternativa que agora parece ter chegado ao fim.

A medida entrou em vigor na quinta-feira (5) e, na sexta-feira (6), as principais lojas online do país já não tinham o livro sagrado à venda. Lojas como a Amazon ou a Taobao preferiram não comentar a medida.

A política estabelece que as comunidades religiosas chinesas devem seguir a direção do partido comunista, praticar os valores centrais do socialismo e desenvolver e expandir a tradição chinesa.

A nova regulamentação vai de encontro com um esforço de longa data do governo chinês de limitar a influência do cristianismo no país. O reforço das regras é acompanhado também por um esforço de Xi Jinping de promover as religiões tradicionais, como o taoismo e o budismo.

As autoridades têm reforçado o controle e a vigilância sobre algumas religiões, como o islamismo e o cristianismo, que viveram nos últimos anos uma campanha de demolição de cruzes, o fechamento de igrejas e prisão de alguns de seus líderes espirituais.

“Há uma tendência geral do presidente Xi Jinping de controlar mais estritamente a religião, especialmente o cristianismo”, disse William Nee, cientista da Anistia Internacional, à CNN. “É um absurdo que o governo alegue promover a liberdade religiosa enquanto proíbe a venda da Bíblia”, acrescentou.

A medida surpreendeu muita gente, num momento em que Pequim e Vaticano estão em negociações para pôr fim à divisão histórica entre a Igreja Católica controlada pelo Estado chinês e a igreja clandestina que tem crescido no país.

Embora as negociações progredissem, ainda não houve acordo sobre questões tão importantes como quem irá deter o poder de nomear um bispo, uma condição que nenhuma das partes está disposta a renunciar.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …