Pyongyang vai lançar 12 milhões de panfletos contra a Coreia do Sul

(dr) DPR

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, inspeciona a vila de Panmunjom

Coreia do Norte diz que está preparando vários métodos de envio de mensagens de propaganda, incluindo o uso de 3 mil balões. Seul afirma que responderá militarmente, dependendo do equipamento usado.

O Governo da Coreia do Norte está se preparando para enviar cerca de 12 milhões de folhetos de propaganda para a Coreia do Sul, usando 3 mil balões, informou nesta segunda-feira (22/06) a mídia estatal norte-coreana.

O regime liderado por Kim Jong-un tinha ameaçado implementar a medida após anunciar, na semana passada, a suspensão do diálogo com o país vizinho e que iria enviar tropas para a fronteira entre as duas Coreias por causa do envio de propaganda para a Coreia do Norte, o que, segundo Pyongyang, viola o pacto bilateral de 2018.

“Os preparativos para a distribuição mais ampla de folhetos até o momento estão quase completos”, informou a agência estatal da Coreia do Norte, a KCNA, acrescentando que a iniciativa, cuja data não foi divulgada, é uma “retaliação contra aqueles que lançaram um insulto intolerável” para o país.

O regime de Pyongyang imprimiu cerca de 12 milhões de panfletos que expressam a “raiva e ódio” do povo norte-coreano e também preparou “vários tipos de equipamentos” para disseminar essa propaganda, o que inclui cerca de três mil balões, de acordo com a KCNA.

As tensões na península coreana têm aumentado nas últimas semanas e atingiram um ápice quando a Coreia do Norte destruiu um escritório de relacionamento com a Coreia do Sul na cidade fronteiriça de Kaesong na semana passada, após ativistas sul-coreanos enviarem mais de 500 mil panfletos no final de maio com conteúdo criticando o ditador Kim Jong-un.

Citando a ação usando os folhetos como justificativa, Pyongyang cortou todas as linhas de comunicação transfronteiriças e ameaçou tomar medidas para anular os acordos firmados em 2018 para aliviar as tensões na fronteira, além de seu próprio envio de folhetos de propaganda para o país vizinho.

Segundo o comunicado, Pyongyang preparou vários métodos para enviar os panfletos, incluindo os balões, de forma que o material consiga entrar “profundamente dentro da Coreia do Sul”.

A Coreia do Sul instou o rival do norte a suspender seu plano de enviar panfletos de propaganda através da fronteira. Yoh Sangkey, porta-voz do Ministério da Unificação, disse a repórteres que Pyongyang deve abandonar seu plano de enviar panfletos que “não são de todo úteis para as relações Sul-Norte”.

O ministro da Defesa da Coreia do Sul, Jeong Kyeong-doo, disse aos parlamentares que Seul tomará medidas “imediatas, rápidas e correspondentes” a qualquer provocação da Coreia do Norte, informando a forma como seus militares reagirão de acordo com o equipamento usado por Pyongyang para envio dos folhetos.

Guerra de folhetos

As opções de Pyongyang ao sul da fronteira são limitadas, mas alguns analistas acreditam que drones podem ser um método à disposição para o envio de material de propaganda, se o clima não for favorável para balões, o que pode causar uma resposta militar de Seul contra esses dispositivos não tripulados.

Em 2018, as Coreias do Norte e a Coreia do Sul concordaram em interromper as hostilidades ao longo da fronteira comum, as quais incluíam guerra psicológica, como folhetos e transmissões de propaganda. No entanto, o acordo não especificou se folhetos civis também seriam proibidos.

Consequentemente, ativistas sul-coreanos continuaram enviando grandes balões carregando folhetos contra a Coreia do Norte, além de folhetos críticos ao programa nuclear e às violações aos direitos humanos.

O governo de Seul procurou responder rapidamente, adotando uma lei proibindo ativistas civis de lançarem balões através da fronteira. No entanto, a suspensão total de tais atividades ainda não ocorreu. Um ativista sul-coreano disse recentemente que enviaria cerca de um milhão de folhetos pela fronteira na quinta-feira, o 70º aniversário do início da Guerra da Coreia.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …