Quem fuma maconha faz mais sexo

Michael Eisenberg, professor assistente de urologia do Centro Médico da Universidade de Stanford (EUA), se acostumou a ouvir uma curiosa indagação de seus pacientes: quando eles passavam por testes para saber por que não conseguiam ter um bom desempenho na cama, eles perguntavam se deviam fumar menos maconha.

Eisenberg não tinha uma resposta para isso, já que não há muitas pesquisas sobre o assunto. Com a erva se tornando legal em diversos estados dos EUA, Eisenberg achou que valia a pena explorar a questão.

O que ele descobriu foi surpreendente. “Geralmente, as pessoas assumem que quanto mais frequentemente você fuma, pior pode ser quando se trata de sexo, mas, na verdade, nós descobrimos que na verdade acontece o contrário”, diz Eisenberg.

A pesquisa, publicada no Journal of Sexual Medicine, analisou os dados do National Survey of Family Growth do governo dos EUA. Mais de 28 mil mulheres e quase 23 mil homens foram perguntados sobre a frequência com que eles fizeram sexo nas quatro semanas anteriores à pesquisa e com que frequência usaram maconha no ano passado.

As mulheres que não usaram maconha relataram ter relações sexuais seis vezes em média nas últimas quatro semanas. Já as mulheres que usaram diariamente com maconha fizeram sexo 7,1 vezes em média.

A tendência era semelhante entre os homens. Os que se abstiveram de maconha disseram que tiveram sexo uma média de 5,6 vezes nas quatro semanas antes da pesquisa, em comparação com os usuários diários de maconha que relataram ter relações sexuais 6,9 vezes, em média.

“Ficamos surpresos ao ver a associação positiva entre os usuários. Este foi todo o quadro: estado civil, raça, nada disso importava”, comenta Eisenberg. O estudo centrou-se no sexo heterossexual, e não explicou por que poderia haver uma conexão entre sexo e maconha.

Mais excitação, menos esperma

Eisenberg diz que pesquisas anteriores com humanos e roedores mostraram que o uso de maconha geralmente pode aumentar a excitação. No entanto, estudos também mostraram que muito uso de maconha pode diminuir a contagem de esperma, e enquanto os homens querem mais sexo, o orgasmo pode ser um desafio.

“[A maconha] pode ter um impacto diferente em cada pessoa“, acredita Joseph Palamar, professor associado do Departamento de Saúde da População da Universidade de Nova York, que não esteve envolvido no estudo.

Para ele, a pesquisa é um “excelente documento epidemiológico” que “faz o melhor que pode com os dados”, mas acredita que ela tem limitações. “Não está claro nos dados se as pessoas tinham maconha no seu sistema antes ou durante o sexo”, exemplifica Palamar.

Alguém poderia fumar pela manhã, mas não fazer sexo até a noite, quando a maconha não estaria mais no seu sistema, por exemplo. Ele acrescentou que gostaria de ver um estudo que pudesse mostrar um efeito direto entre o sexo e o uso da maconha.

Palamar escreveu um pequeno estudo comparando a experiência sexual de pessoas que estão sob a influência do álcool versus maconha.

Estudando 24 adultos, a pesquisa descobriu que as pessoas sob qualquer influência aumentaram os sentimentos de auto-atratividade, mas o álcool parecia tornar as pessoas mais sociais e ousadas e ajudou-as a estabelecer mais conexões com potenciais parceiros, em comparação com as pessoas que usavam maconha.

O estudo também descobriu que os bebedores geralmente têm mais arrependimentos sobre as pessoas com quem eles dormiram e são menos seletivos, enquanto os usuários de maconha tendiam a ser mais seletivos.

Como a maconha ainda é ilegal na maioria dos lugares, Palamar diz que, como a maioria das pessoas tem que fumar em privado, isso poderia levar a mais oportunidades para iniciar a intimidade, em comparação com as pessoas que bebem, já que o álcool está em toda parte.

A erva também pode ter aumentado a sensibilidade de algumas pessoas durante o ato em si, embora algumas pessoas relatem ficar tão “perdidas em suas próprias cabeças”, que elas não estavam prestando tanta atenção nos seus parceiros e não gostando tanto do sexo.

“Se a maconha o torna paranoico, como acontece com algumas pessoas, ela pode prejudicar a sua capacidade de ter um orgasmo”, diz Palamar. Algumas mulheres também relataram secura vaginal quando fumaram e isso também pode limitar o prazer sexual.

Ambos os cientistas esperam que estes estudos incentivem outros pesquisadores a mergulharem mais profundamente no tópico. Entretanto, Eisenberg diz que, se um paciente perguntar se o uso frequente de maconha está prejudicando sua vida sexual, ele irá responder que a erva “pode ​​não ser a culpada”.

“Para a maioria das pessoas, dizemos para irem para a academia e perderem 20 quilos”, diz Eisenberg. O excesso de peso pode causar problemas na excitação masculina. “Nós sempre falamos: o que pode ser bom para o coração, pode ser bom para o pênis. Para muitos homens, ouvir isso é um motivador incrível”, diz ele.

Ciberia // CNN / HypeScience

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Esconderijo moedas de ouro medievais são descobertas em uma fazenda na Hungria

No século XVI, um ataque do Império Otomano pode ter levado húngaros em pânico a enterrar um estoque de valiosas moedas de prata e ouro. Agora, arqueólogos descobriram este tesouro enterrado em uma fazenda moderna …

Vacina covid-19. As respostas para as 10 perguntas mais procuradas sobre vacinação nas últimas 24 horas

A aprovação da CoronaVac (Sinovac/Instituto Butantan) e da CoviShield (FioCruz/Universidade de Oxford/AstraZeneca) representou um enorme avanço para conter a pandemia de covid-19, que já vitimou quase 210 mil brasileiros. Essas duas vacinas são as primeiras …

Satélites Starlink agora são invisíveis a olho nu, mas não para telescópios

Quando a SpaceX lançou as primeiras 60 unidades da rede Starlink em maio de 2019, a comunidade científica expressou preocupações, prevendo que as observações astronômicas seriam afetadas pelo brilho das unidades que compõe a constelação …

Sites de Apostas Legalizados no Brasil: fique atento

Com o crescimento dos sites de apostas esportivas, é preciso ficar atento a quais deles atuam de maneira legal no mercado e quais estão trabalhando ilegalmente. Infelizmente, os novatos no mundo das apostas podem acabar tendo …

Europa e EUA exigem que Rússia liberte Alexei Navalny

Detenção do ativista russo gera onda de condenações no Ocidente, sendo classificada como tentativa inaceitável de silenciar o crítico de Putin que foi alvo de envenenamento. Juiz determina prisão preventiva por 30 dias. A União Europeia, …

"O que vai curar a economia é a vacinação", diz economista do setor de comércio brasileiro

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) reduziu a previsão de crescimento do setor mesmo com o início da vacinação. Para discutir a questão, a Sputnik Brasil conversou com Fábio Bentes, …

Covid-19: Austrália não deve reabrir fronteiras antes de 2022

A Austrália não deve reabrir suas fronteiras para viajantes estrangeiros em 2021, apesar do avanço das campanhas de vacinação em todo o mundo. A afirmação é do secretário da Saúde, Brendan Murphy, um dos …

Burger King revela seu 1º sanduíche 100% vegano

As lojas britânicas do Burger King agora têm um sanduíche inteiramente vegano. Desde o último dia 11 de janeiro a rede de fast food disponibiliza em seu cardápio no país o Vegan Bean Burger, um …

Novo implante controla fome e pode substituir cirurgia bariátrica

Um implante simples de um dispositivo sem fio, que controla o apetite, pode substituir a cirurgia bariátrica. Ele foi criado por médicos e pesquisadores da Universidade A&M do Texas, EUA e pode ajudar na perda de …

Amazon abre tecnologia da Alexa para montadoras de carros e outras empresas

A Amazon anunciou nesta sexta-feira (15) que dará a empresas terceiras a possibilidade de acessar a inteligência artificial central que sustenta a Alexa, a assistente de voz da marca. E as montadoras de automóveis serão as …