Radar aéreo descobre um navio viking em uma fazenda

NIKU

Um estudo do Instituto Norueguês de Pesquisa do Patrimônio Cultural (NIKU) descobriu um navio viking em uma fazenda usando radar aéreo.

O achado foi uma surpresa e um golpe de sorte, uma vez que este local em particular não fazia parte da área de pesquisa original da equipe.

“Nós terminamos a área combinada, mas tivemos tempo de sobra e decidimos fazer uma pesquisa rápida em outro campo. Acabou sendo uma boa decisão”, disse o arqueólogo Manuel Gabler, da NIKU, em um comunicado à imprensa.

O navio foi descoberto por radar de penetração no solo. Ele estava escondido sob uma fazenda perto da antiga cidade de Edøy, no oeste da Noruega. Nas proximidades, restos de postes indicavam os contornos fantasmagóricos de duas casas.

“O que podemos dizer é que esse tipo de casa geralmente data do período pré-cristão na Noruega. Em alguns casos, casas foram encontradas em locais de enterro que foram interpretados como ‘casas de morte’, ou seja, casas que provavelmente estavam ligadas ao culto aos mortos”, disse arqueólogo Dag-Øyvind Solem, também do NIKU, ao Ars.

Por enquanto, os pesquisadores não podem dizer quantos anos o navio tem, embora deva ter pelo menos mil anos, datando da Era Viking ou do período merovíngio anterior.

As imagens do radar são bastante detalhadas, no entanto. Por exemplo, os pesquisadores notaram que as extremidades do navio parecem ter sofrido danos, provavelmente por conta da agricultura, mas a maior parte do casco parece intacta. Com base no comprimento da quilha (a “espinha dorsal” de um navio), os arqueólogos estimam que ele tinha entre 16 e 17 metros.

NIKU

Nas imagens, o contorno do navio apareceu claramente circulado pelos restos de uma vala. “Além de ter um significado potencialmente simbólico, acredita-se que as valas têm a função prática de fazer com que os montes pareçam maiores do que realmente eram”, afirmou Solem.

Ainda não é possível dizer a quem pertencia esse túmulo ou quantos esqueletos contém, mas provavelmente é a vala de algum governante ou indivíduo poderoso. Neste caso, a pessoa teria sido enterrada com artefatos como ouro, prata, armas e talvez até com escravos ou membros da família.

No entanto, o navio pode ter sido roubado em algum período da sua história passada. Descobertas semelhantes já foram encontradas saqueadas.

Esse não é o primeiro navio com vala descoberto por radar. No ano passado, outra pesquisa revelou um navio de 20 metros enterrado apenas meio metro abaixo do solo em Gjellestad, no sudeste da Noruega. O local está sendo escavado, mas os resultados ainda não foram divulgados.

O próximo passo em Edøy é escavar o navio também – se isso for permitido. “A decisão do que acontecerá em seguida depende da Diretoria do Patrimônio Cultural (Riksantikvaren). Para ser franco, não sabemos se a descoberta será totalmente escavada ou mesmo totalmente deixada em paz”, explicou Solem.

Escavar mesmo uma pequena área do navio já dará aos arqueólogos uma melhor visão de sua condição, no entanto, bem como a chance de conduzir análises na madeira e no que mais for coletado.

Eventualmente, os arqueólogos esperam responder a perguntas sobre um importante desenvolvimento tecnológico medieval: a quilha.

“A evolução da quilha, que contribuiu para o início do período viking, é um assunto importante na Escandinávia. Um achado como esse contribuirá, esperançosamente, para o nosso entendimento do desenvolvimento dos navios viking”, afirmou Solem.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Holanda apresenta primeira usina de energia solar flutuante do planeta

A partir de 2022, a Holanda deverá ter a primeira usina de energia solar flutuante em funcionamento no mundo. Construída na água, a estação de energia limpa deverá se chamar Zon-op-Zee (“Sol no Mar”, em …

Novo vírus infecto-contagioso explode na China e outros países já estão em alerta

O misterioso vírus que surgiu na China nos últimos dias de 2019 acaba de chegar aos Estados Unidos. As autoridades americanas confirmaram que um homem vindo da China está infectado com o vírus, que é …

Davos assiste choque entre Greta Thunberg e Trump sobre o clima

A 50ª edição do Fórum Econômico Mundial de Davos começou nesta terça-feira (21) na Suíça dominada pelos debates sobre as mudanças climáticas. Pelo segundo ano consecutivo, a jovem ativista sueca Greta Thunberg foi convidada a …

China proibirá plástico não biodegradável

País asiático quer reduzir o uso de produtos como talheres e sacolas descartáveis em 30% até 2025. Plano prevê proibições escalonadas em hotéis, restaurantes e serviços de entrega do comércio eletrônico em áreas urbanas. As autoridades …

Inteligência artificial está sendo usada para combater extinção de pinguins

Uma tecnologia de inteligência artificial está sendo determinante no combate à extinção de pinguins no mundo. A ferramenta está sendo utilizada pela Gramener, empresa membro Intel AI Builder, que, a partir de imagens de regiões …

Criaram um escape room baseado em La Casa de Papel

As empresas Fever Originals, Atresmedia e Enigma Exprés criaram um escape room na Espanha baseado em “La Casa de Papel“. Mais de 80 mil pessoas participaram da primeira temporada do desafio. Vestidos com os uniformes e …

Guaidó desafia proibição de deixar Venezuela e inicia giro internacional em busca de apoio

O opositor venezuelano Juan Guaidó voltou a desafiar a proibição de deixar o país. O autoproclamado presidente interino viajou para a Colômbia, antes de seguir para Bélgica e Suíça. Ele pretende participar do Fórum …

FMI prevê melhora para economia brasileira, apesar da redução do crescimento mundial

O Fundo Monetário Internacional reduziu nesta segunda-feira (20) sua expectativa de crescimento global para este ano. A instituição é mais otimista sobre a situação do Brasil, que deve crescer nos próximos anos. O FMI disse …

Harry diz estar triste por deixar deveres reais

O príncipe Harry falou neste domingo (19/01) de sua tristeza por ser obrigado a desistir de seus deveres reais em um acordo com a família real britânica, dizendo não haver outra opção se ele e …

Ultrassom destrói células cancerosas

Cientistas do Instituto de Tecnologia da Califórnia e do Instituto de Pesquisa Beckman da Cidade da Esperança desenvolveram uma técnica de ultrassom direcionado de baixa intensidade que mata células cancerígenas sem afetar as células saudáveis …