Rainha Elizabeth convoca reunião de família

Facundo Arrizabalaga / EPA

A Rainha Isabel II de Inglaterra

Encontro é destinado a discutir o futuro papel de Harry e Meghan na monarquia e tentar resolver crise, após casal anunciar afastamento da realeza britânica. “Somos entidades separadas”, diz príncipe William sobre irmão.

A rainha Elizabeth 2ª convocou os principais membros da família real britânica em sua residência em Sandringham, na Inglaterra, para discutir na segunda-feira o futuro papel na monarquia do príncipe Harry e sua mulher, a duquesa de Sussex, Meghan Markle.

Além de Harry, devem participar da reunião seu irmão, o príncipe William, e seu pai, Charles, enquanto Meghan participará por telefone do Canadá, disse neste domingo (12/01) um porta-voz do Palácio de Buckingham.

A reunião deve analisar os “próximos passos” a serem tomados em relação ao casal, que na semana passada anunciou que planejar se distanciar de seus deveres como representantes da monarquia e dividir seu tempo entre o Reino Unido e a América do Norte.

Um dos pontos a ser esclarecido é quanto dinheiro os dois receberão do príncipe Charles no futuro – até agora, o herdeiro do trono financia 95% do orçamento de seu filho Harry com verba de seus ativos privados, de acordo com relatos da imprensa.

Também está na agenda a questão sobre se o casal pode manter seus títulos reais, de acordo com o jornal Sunday Times, além da questão de quais negócios eles poderão fazer no futuro. Na quinta-feira, a rainha deixou claro desejar que uma “solução viável” seja encontrada rapidamente.

A família real deve analisar possíveis planos que foram elaborados em coordenação com oficiais do governo britânico e do Canadá, onde presumivelmente os duques desejam estabelecer uma residência.

O anúncio inesperado de Harry e Meghan, que dizem que pretendem “trabalhar para ser financeiramente independentes“, surpreendeu e causou desconforto entre os outros membros da monarquia, tendo levantado dúvidas sobre as futuras fontes de financiamento dos duques de Sussex.

O tabloide The Sunday Mirror diz que o casal discutiu seus planos com o cantor Elton John antes de informar a rainha.

Já o jornal The Times afirma que o príncipe William expressou sua “tristeza” pelo fato de a família real não ser mais uma “equipe”. De acordo com o jornal, William disse a um amigo próximo: “Eu coloquei meu braço em volta do meu irmão a vida toda, mas agora não posso mais fazer isso. Somos entidades separadas”.

O especialista em finanças da família real David McClure afirmou, em entrevista à agência de notícias Associated Press, duvidar que Harry e Meghan possam continuar vivem como membros da família real e como indivíduos privados ao mesmo tempo. “Como você pode ficar metade dentro e metade fora ao mesmo tempo, meia semana realizando tarefas públicas e a outra metade ganhando seu próprio dinheiro com televisão, palestras e livros? Isso é cheio de armadilhas“, avalia, lembrando que casos similares não deram certo no passado.

De acordo com uma sondagem publicada pelo jornal Sun, os britânicos já formaram sua opinião: 81% dos entrevistados acreditam que Harry e Meghan não deveriam receber apoio financeiro da família real nem do Estado, 46% querem que os dois percam seus títulos de nobreza.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …