Refugiados venezuelanos na Colômbia tentam voltar em meio à pandemia

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Todas as noites, milhares de refugiados venezuelanos na Colômbia temem ser expulsos de seus alojamentos e residências, pois não têm mais dinheiro para pagar seus aluguéis.

Os bicos que eles faziam desapareceram junto com todo o setor informal colombiano, vítima das medidas de isolamento ordenadas pelo presidente Iván Duque há duas semanas e prorrogadas até 26 de abril.

Muitos daqueles que já vivem nas ruas decidiram caminhar mais de 1.000 quilômetros, até a fronteira com a Venezuela, mesmo sabendo que ela está fechada. A crise econômica causada pelo coronavírus os obriga a escolher entre uma vida na miséria também na Colômbia e um caminho fatigante de volta à Venezuela, há anos assolada pela crise econômica.

Yuri Mendoza, de 17 anos, já tomou a sua decisão. Ela está grávida de cinco meses e há duas semanas deixou Cali, a terceira maior cidade da Colômbia, para ir a pé até a Venezuela. Ela vendia sucos e doces nas esquinas, mas foi mandada de volta para casa pelos policiais, por causa da quarentena obrigatória em todo o país.

“A Venezuela é a minha pátria, e se algo tiver que me acontecer, que seja lá“, explica Mendoza. Por isso ela decidiu fazer o longo caminho a pé pelas montanhas, como há um ano, só que desta vez de volta.

Ela não é a única. Muitos refugiados venezuelanos optam pelo caminho de volta, apesar de a economia do país sofrer com a pior crise da história venezuelana. E a situação pode piorar ainda mais com a recente queda no preço do petróleo. A isso soma-se a implosão do sistema de saúde, que está muito longe de poder fazer frente à situação criada pela epidemia de coronavírus.

São motivos como esses que levam Juan Carlos Atacho, de 32 anos, a não querer voltar de jeito nenhum. Há um ano ele vive num bairro pobre de Bogotá. O retorno à Venezuela seria a última opção, diz. E ele pode se ver obrigado a tomá-la por causa da quarentena na Colômbia.

Atacho não sabe de onde virá o dinheiro para pagar o seu aluguel, que vence daqui a alguns dias. Ele trabalhava como auxiliar num salão de cabeleireiro, onde recebia 7 dólares por dia. O salão está fechado por causa da epidemia de covid-19, e o venezuelano perdeu a única fonte de renda de sua família, que inclui ainda a esposa e três filhos, de 2, 7 e 9 anos.

Como a fronteira com a Venezuela está fechada, Atacho teme que poderá se ver obrigado a recorrer a caminhos controlados por contrabandistas e traficantes. “Eu não gostaria de pegar esses caminhos perigosos mais uma vez com os meus filhos”, diz.

Atravessar a fronteira de forma ilegal é arriscado, mas, mesmo assim, muitos venezuelanos tentam dessa maneira tomar o caminho de volta ao seu país. Por isso, a autoridade de migração da Colômbia negocia a abertura de um corredor humanitário com o governo venezuelano.

“É um tema complicado, pois não queremos nenhuma pessoa, seja venezuelana, seja quem for, andando nas ruas quando o país está de quarentena”, diz o encarregado de migração do governo colombiano, Felipe Muñoz.

“Nos últimos cem dias, a Venezuela deixou cerca de mil pessoas entrarem“, acrescenta Muñoz. Ele diz esperar que o regime em Caracas continue aceitando seus cidadãos de volta.

A situação dos cerca de 1,5 milhão de refugiados venezuelanos na Colômbia não deve melhorar num futuro próximo. A Colômbia já tem mais de 2 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus, com 55 mortos, e não há sinais de que a pandemia esteja perto do fim no país.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Evo Morales comemora vitória de seu candidato, Luis Arce, à presidência na Bolívia

De La Paz, na Bolívia, o candidato a presidente Luis Arce e, de Buenos Aires, na Argentina, o ex-presidente Evo Morales comemoram vitória nas eleições tanto para presidente quanto para o Congresso, realizadas neste …

Síndrome provoca mudança na coloração dos olhos em população nativa da Indonésia

Em um país cujo a vasta maioria da população possui cabelos e olhos escuros, uma rara síndrome genética ofereceu aos membros de uma tribo nativa da Indonésia uma impressionante condição: os mais impactantes e profundos …

Aula de spinning em academia no Canadá contaminou 61 pessoas com a COVID-19

Academias não são locais recomendados neste momento de pandemia, mesmo que alguns estabelecimentos estejam reabrindo com todas as medidas de segurança adequadas. Prova disso aconteceu recentemente em Hamilton, na província de Ontario, no Canadá, quando uma …

Estrela supergigante vermelha Betelgeuse é menor e está mais próxima da Terra

A estrela supergigante vermelha Betelgeuse, uma das mais brilhantes, é menor e está mais próxima da Terra do que se acreditava. "Estudos anteriores sugeriram que poderia ser maior que a órbita de Júpiter. Nossos resultados dizem …

Ao tentar desativar uma bomba imensa a Marinha da Polônia acidentalmente a explode

Uma enorme bomba da Segunda Guerra Mundial explodiu durante uma delicada operação na terça-feira para desativar o dispositivo de cinco toneladas em um canal perto do Mar Báltico, mas ninguém foi ferido, afirmaram autoridades polonesas. O …

Candidato a vereador vai plantar uma árvore para cada voto que receber em Dourados

O combate às mudanças climáticas e ao desmatamento para Franklin Schmalz, candidato pelo PSOL a vereador na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, é um compromisso direto e concreto, a ser posto em …

Líder nacionalista manobra para chegar ao poder após renúncia de presidente do Quirguistão

O presidente do Quirguistão, Sooronbai Jeenbekov, cedeu à pressão de manifestantes nacionalistas e anunciou sua renúncia nesta quinta-feira (15), após dez dias de uma crise política aberta pela vitória de dois partidos governistas nas …

Planetas semelhantes à Terra parecem ser "protegidos" por gigantes como Júpiter

A organização dos planetas rochosos não é aleatória e, ainda, parece depender de algumas condições iniciais — é o que indica um novo estudo feito por uma equipe internacional de astrônomos e liderado por Martin …

1º parque temático da Nintendo será inaugurado em 2021 com área dedicada a Super Mario

“It’s me, Mario!” O encanador mais famoso do mundo vai trazer seus tubos verdes e aventuras para o mundo real. O Universal Studios do Japão inaugura, em 2021, o Super Nintendo World, o primeiro parque de …

Na TV, Biden volta a mencionar Amazônia

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e seu rival democrata na corrida à Casa Branca, Joe Biden, responderam a perguntas do público em canais de televisão concorrentes na noite desta quinta-feira (15/10). Pela segunda vez …