Robôs substituirão trabalhadores humanos já nas próximas décadas

Eles não dormem, não precisam de plano de saúde e geralmente não passam vergonha na festa de Natal da firma. Os robôs podem até deixar os empregadores felizes, mas novas pesquisas mostram exatamente que tipo de impacto isso poderia ter sobre a estrutura da economia dos EUA e o formato de sua futura força de trabalho.

Uma dupla de economistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Boston publicaram um relatório no Departamento Nacional de Pesquisa Econômica dos EUA que descreve o custo da troca de mão-de-obra humana para máquinas programadas em áreas como manufatura, agricultura, pesquisa e desenvolvimento e até educação.

Os resultados não são exatamente excelentes para os trabalhadores nestes mercados de trabalho. “Espera-se que os robôs, em especial os robôs industriais, se espalhem rapidamente nas próximas décadas e assumam tarefas anteriormente realizadas por trabalhadores”, afirmam os pesquisadores em seu relatório.

Os resultados foram publicados pelo centro de pesquisa sem fins lucrativos National Bureau of Economic Research.

Avanço da automação

O estudo examinou o aumento constante da automação em vários mercados de trabalho entre 1993 e 2007, aplicando um modelo estatístico para prever o impacto global que os robôs têm sobre os custos do trabalho humano.

Foi determinado que cada robô adicional reduz o emprego de 5,6 trabalhadores. Não só isso, mas para cada mil trabalhadores, um robô poderia reduzir os salários entre 0,25% e 0,5%.

Claro, a automação não é nada de novo. Trocar a mão-de-obra por roldanas e alavancas tem sido motivo de preocupação desde que Ned Ludd teve um ataque de raiva com máquinas de tricô em 1779, iniciando uma revolução no modo de produção.

As últimas décadas trouxeram um aumento maciço no papel da maquinaria automatizada e inteligente em muitas indústrias, com um aumento de quatro vezes nos robôs dentro dos 14 anos estudados pelos economistas.

Estatísticas alarmantes

Isso não significa que ainda estamos com robôs “até o pescoço”; atualmente há apenas 1,75 robôs para cada mil trabalhadores nos Estados Unidos.

O número de empregos permanentemente perdidos no país devido à automação é estimado em não mais do que cerca de 670 mil, em comparação com um total de 145.798.000 empregos atualmente disponíveis nos EUA.

Porém, alguns economistas prevêem que estes números se quadrupliquem até 2025, chegando a 5,25 robôs para cada mil seres humanos. Isso contribuiria para um potencial de 3,4 milhões de empregos perdidos.

Mas antes que todo mundo comece a pegar em tochas e foices, o cenário pode não ser apenas de desgraça e melancolia. Por um lado, os números apresentados pelo estudo são o caso extremo. O próprio relatório é apenas um único estudo baseado em uma série de pressupostos sobre as tendências passadas e futuras, deixando muito espaço para debate.

Progresso agridoce

Voltando atrás por um momento e olhando para o contexto geral, outros economistas viram um padrão ao longo do século passado que sugere que o que a automação tira, devolve em outras áreas.

O economista Robert Cohen, do Instituto de Estratégia Econômica, afirmou no último ano em entrevista à revista “Fortune” que “a computação em nuvem, a Big Data e a Internet das Coisas empregarão milhões de pessoas em novos tipos de empregos”.

No entanto, isso pode não ser tão reconfortante para aqueles com habilidades adequadas para o tipo de trabalho que em breve será preenchido por um robô. E também não significa que os postos de trabalho não vão se mover ao redor do mundo, indo de uma economia para outra.

Sem dúvida, a maneira como o dinheiro se move dentro e entre as nações evoluirá também. No início deste ano, Bill Gates sugeriu cobrar impostos sobre robôs como uma alternativa a proibi-los completamente, retardando o que poderia ser uma mudança cada vez mais rápida.

Elon Musk, por sua vez, prevê um futuro onde um salário universal básico – um tipo de renda garantida apenas por ser um cidadão – pode ser importante para combater a automação que ameaça os trabalhadores.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

George W. Bush: o suposto plano para matar ex-presidente dos EUA desbaratado pelo FBI

Um simpatizante do Estado Islâmico planejava assassinar o ex-presidente dos EUA George W. Bush, mas o plano foi descoberto pelo FBI (polícia federal americana), segundo autoridades dos Estados Unidos. O suspeito, um residente de Ohio, supostamente …

O que se sabe sobre misterioso surto de varíola dos macacos

Casos recentes da doença na América do Norte e Europa acenderam o alerta entre especialistas. Endêmico na África, vírus é transmitido por animais contaminados e por contato próximo prolongado entre pessoas. Autoridades de saúde na América …

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …