Cristiano Ronaldo marca gol “de outro mundo” (e até a torcida adversária aplaudiu)

Andrea di Marco / EPA

O gol “do outro mundo” de Cristiano Ronaldo

O internacional português admitiu que foi excelente ser aplaudido pela torcida do Juventus depois de marcar um gol de bicicleta na primeira rodada das quartas de final da Liga dos Campeões.

“Ser aplaudido pelos adeptos do Juventus foi excelente. Nunca tinha acontecido na minha carreira”, disse Cristiano Ronaldo, em declarações ao site da UEFA.

Na reedição da final de 2017, o internacional português voltou a ser decisivo, com dois gols, o segundo de bicicleta, que fez com que muitos torcedores do Juventus o aplaudissem, além de ter assistido Marcelo para o terceiro gol da vitória por 3-0, em Turim.

“Grande gol. O que posso dizer? Fantástico. Não esperava marcar aquele gol, mas vamos falar do jogo. Penso que o jogo foi incrível. Marcamos três gols contra o Juventus, uma grande equipe. Jogamos bem e, como é óbvio, estou feliz. Ajudei a equipe, marquei dois gols, foi uma grande noite”, assumiu.

O gol de Ronaldo também deu o que falar pelos números ‘estratosféricos’ da bicicleta. De acordo com a medição do jornal espanhol Marca, o capitão da seleção portuguesa desferiu o remate a 2,38 metros de altura, tendo ficado paralelo ao gramado a 1,41m de altura. Já o chute teria sido disparado para a trave a cerca de 72 quilômetros/hora.

O português se tornou, nesta terça-feira (3), o primeiro jogador da história a marcar gol em 10 jogos consecutivos na Liga dos Campeões e já leva 21 gols só nas quartas de final, também um recorde da competição.

Ronaldo superou a marca de nove jogos que pertencia ao holandês Ruud van Nistelrooy, em 2003, com a camisa do Manchester United.

O internacional português fez o seu 119º gol na Liga dos Campeões e marcou em todos os seis jogos em que enfrentou o Juventus.

As reações no mundo do futebol

“Um dos melhores gols da história do futebol”, afirmou o treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane, que foi flagrado pelas câmeras a levar a mão à cabeça e de boca aberta.

Quando comparado com o seu gol na final da liga Champions de 2002, o técnico reagiu com boa disposição: “O meu, de Glasgow? Mais bonito, mas esse foi o último. Podemos dizer que é um dos melhores da história, mas não tanto quanto o meu“.

“Ronaldo é um campeão em nível extraordinário. Juntamente com Messi, é o único jogador que constrói as vitórias mais importantes da equipe. Pode ser comparado a Maradona e Pelé”, afirmou a “vítima”, Gigi Buffon, seguido pelo colega Barzagli: “Ele marcou um gol que vai correr o mundo e infelizmente foi contra nós. Foi um gol de PlayStation“.

“Não sei se o gol de Cristiano é o melhor da história, mas é certamente um gol extraordinário”, acrescentou o técnico do Juve, Massimiliano Allegri.

Já Frank Lampard considerou que esse gol foi “o melhor” da carreira de Ronaldo, enquanto Peter Crouch lembrou um gol seu de bicicleta a serviço do Liverpool para dizer que “apenas alguns de nós conseguem fazer aquilo”.

Outras reações mais bem-humoradas vieram de Arbeloa, antigo parceiro do jogador, que disse: “Ronaldo já pode abandonar a Terra e jogar contra os marcianos”, ao passo que Zlatan Ibrahimovic ironizou ao afirmar que “foi um bom gol, mas que Ronaldo devia tentar fazê-lo a 40 metros”, aludindo ao seu gol de bicicleta pela Suécia contra a Inglaterra, em 2012.

Na China, um dos maiores portais de informação esportiva comparou o gol com as acrobacias de Oliver Tsubasa, personagem de mangá japonês dos anos 80 da série “Campeões: Oliver e Benji”.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA:

Evo Morales inaugura linha mais veloz do teleférico de La Paz

O presidente da Bolívia, Evo Morales, inaugurou neste sábado a linha mais veloz do sistema de teleféricos da capital do país, o mais longo e extenso do mundo, uma das obras entregues por ocasião dos …

Fungo mortal está se tornando um problema de saúde mundial

Um patógeno que resiste a quase todos os medicamentos desenvolvidos para tratá-lo está se movendo rapidamente pelo mundo: infecções foram relatadas em 27 países, com diversas mortes. O mais estranho de tudo? Não é uma bactéria …

França conquista segunda Copa e se iguala a Uruguai e Argentina

A França venceu a Croácia por 4 x 2 e é campeã da Copa do Mundo da Rússia. O time francês foi aplicado taticamente, apostou na solidez de sua defesa e na eficiência de seus …

"Trump me sugeriu processar a União Europeia", diz primeira-ministra britânica

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, revelou neste domingo, 15, que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, lhe disse para "processar a União Europeia" em meio às tratativas de negociações do Brexit - …

Descoberta "oficina de múmias" próximo a pirâmides de Gizé

Arqueólogos alemães e egípcios anunciaram neste sábado (14) ter descoberto uma "oficina de mumificação" perto da necrópole de Saqqara, no Egito. Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de um antigo sepultamento e de uma oficina de mumificação …

Os romanos podem ter sido os primeiros caçadores de baleias

Ossadas de baleias cinzentas e baleias-francas do Atlântico Norte foram encontradas no Estreito de Gibraltar. Esses ossos sugerem que, nos primeiros séculos depois de Cristo, as baleias não só circulavam por mares europeus como também …

Cabine de avião da Ryanair despressuriza e 33 passageiros vão parar no hospital

Trinta e três passageiros de um avião da companhia low-cost Ryanair tiveram que ser hospitalizados depois que a cabine do aparelhou sofreu uma despressurização. O piloto precisou fazer uma aterrissagem de emergência em Frankfurt, na …

Marun nega participação em supostas fraudes no Ministério do Trabalho

O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, negou hoje (14) em nota que tenha participado de supostas fraudes no Ministério do Trabalho para beneficiar sindicatos em Mato Grosso do Sul, seu reduto eleitoral. A informação …

Mosaico que retrata "espiões bíblicos" de Moisés é descoberto em Israel

A descoberta de uma série de mosaicos que datam de 1.600 anos atrás, no interior de uma antiga sinagoga, em Israel, está “revolucionando” tudo o que sabíamos sobre o Judaísmo da época, apresentando “novas pistas” …

Poderíamos ter ido a Marte na década de 60, diz astronauta

O popular astronauta Chris Hadfield diz que a tecnologia que nos levou à lua e nos trouxe de volta na década de 60 poderia nos ter mandado também para Marte. O canadense Chris Hadfield foi astronauta …