Rússia prepara ataque devastador sobre Aleppo

(dr) Maysun

Aleppo, Syria: Hell on Earth by Maysun

Aleppo, Syria: Hell on Earth by Maysun

A Rússia, aliada do regime sírio, está preparando um ataque de larga escala sobre Aleppo, capaz de devastar um território com 275 mil pessoas.

A informação é de uma análise de dados dos serviços de inteligência, citados pelo jornal The Times, que revelam que esta semana a Rússia poderá iniciar uma operação de grande escala na cidade síria de Aleppo, em apoio à Força Aérea da Síria.

“Pensamos que os russos estão prestes a fazer um ataque de grande escala contra Aleppo”, disse a fonte do serviço de inteligência.

As relações diplomáticas entre a Rússia e os Estados Unidos têm se deteriorado devido ao conflito na Síria, e a Rússia espera conseguir tirar partido da “distração” norte-americana durante as eleições presidenciais para conseguir sair vitoriosa na cidade que é controlada pelos rebeldes desde janeiro.

Segundo a análise de dados de inteligência a que o Times teve acesso, o porta-aviões “Almirante Kuznetsov” também poderá ser usado para aumentar o poder de fogo da operação.

Segundo o Times, espera-se que o porta-aviões russo, acompanhado por sete navios, chegue ao litoral da Síria entre terça e sexta-feira.

Segundo o jornal, além disso, três submarinos de combate russos também se dirigem, alegadamente, para a região.

Jens Stoltenberg, secretário-geral da OTAN, tem declarado repetidamente que a Aliança está preocupada com a hipotética utilização do grupo naval russo para ataques contra Aleppo.

Por seu turno, o diretor do Departamento de Cooperação Europeia do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Andrei Kelin, disse à agência russa RIA Novosti que as declarações da OTAN sobre uma possível participação do grupo naval russo nos combates em Aleppo são absurdas e que a Aliança não tem razões para estar preocupada por conta da deslocação do grupo no mar Mediterrâneo.

“A preocupação é infundada porque já faz oito dias que nossos aviões não se aproximam de Aleppo. Não há razões. O grupo de navios se dirige para o mar Mediterrâneo. Os nossos navios sempre ficaram no Mediterrâneo. Não há razões de suspeitar de algo, não há razões para as declarações de Stoltenberg. Agora a viação russa não se aproxima de Aleppo, o Ministério da Defesa [russo] informou sobre isso. Para quê inventar tais suposições obscuras e, com base nelas, fazer recomendações políticas? É, com certeza, absurdo“, afirmou o diplomata russo.

A Síria está mergulhada num conflito armado desde março de 2011, com as tropas governamentais a se oporem a militantes de vários grupos armados. Desde setembro de 2015, a pedido do presidente sírio Bashar al-Assad, a Rússia está realizando uma operação aérea contra as posições terroristas na Síria.

Aleppo, antiga capital económica da Síria e segunda cidade do país, está parcialmente nas mãos de grupos da oposição e, a 22 de setembro, as forças do regime lançaram uma ofensiva para tomar o leste da cidade.

No entanto, a 18 de outubro, a Rússia suspendeu os bombardeamentos em Aleppo no âmbito de uma “pausa humanitária” para permitir a retirada de feridos e doentes e a entrada de ajuda para a população civil.

Ciberia / Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Estudo sugere que 2,5 bilhões de tiranossauros rex viveram na Terra

Estimativa inédita da população total dos dinossauros foi publicada na revista "Science". Biólogo brasileiro integrou equipe da Universidade da Califórnia que fez o cálculo. Se um Tyrannosaurus rex já parece bastante assustador, imagine 2,5 bilhões deles. …

Submarino soviético atingido por minas alemãs encontrado no mar de Barents

Uma expedição da Frota do Norte russa e da Sociedade Geográfica Russa encontrou no mar de Barents o submarino Katyusha, afundado durante a Segunda Guerra Mundial, de acordo com informação do serviço de imprensa da …

Filme desaparecido do mestre do cinema Orson Welles pode estar no Brasil

Apaixonado por Orson Welles, um documentarista norte-americano se prepara para ir ao Brasil relançar a busca de um filme desaparecido do mestre de Hollywood, Orson Welles: a versão original de "The Magnificent Ambersons", que …

Cientistas criam embriões que são parte humanos, parte macacos

Pela primeira vez, cientistas criaram embriões que são uma mistura de células humanas e macacos. Os embriões, descritos quinta-feira na revista Cell, foram criados em parte para tentar encontrar novas formas de produzir órgãos para pessoas …

Criatura misteriosa em árvore que assustou moradores em cidade da Polônia era croissant

Quando autoridades polonesas receberam o chamado de que um animal incomum estava escondido em uma árvore da cidade de Cracóvia, não sabiam o que esperar. "As pessoas não estão abrindo as janelas porque estão com medo …

"Os Simpsons": Hank Azaria se desculpa por dar voz ao personagem indiano Apu

O ator e dublador Hank Azaria pediu desculpas por sua contribuição ao racismo estrutural contra a população indiana. Azaria, que é branco, foi a voz por trás do personagem Apu Nahasapeemapetilon no desenho animado Os Simpsons …

STF confirma anulação das condenações de Lula na Lava Jato

Plenário do Supremo referenda decisão de Fachin que considerou a 13ª Vara Federal de Curitiba incompetente para julgar ações contra o ex-presidente. Com isso, petista retoma o direito de disputar eleições em 2022. O plenário do …

Biden: EUA estão prontos para mais medidas se Rússia continuar a interferir na nossa democracia

Em discurso nesta quinta-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que notificou o presidente russo, Vladimir Putin, de que seu governo poderia ter tomado mais medidas contra a Rússia, mas preferiu ser …

Eurodeputados defendem que Bolsonaro seja responsabilizado por necropolítica

O embaixador brasileiro na União Europeia, Marcos Galvão, pediu nesta quinta-feira "vacinas, vacinas e vacinas" para tirar o Brasil "da situação desastrosa" em que se encontra. Durante audiência com deputados do Parlamento Europeu, em …

Robô em forma de estrela vai estudar o fundo do mar

Cientistas do MIT criaram uma estrela-do-mar robótica, que consegue nadar pela vizinhança sem chamar muita atenção. Um dos principais problemas enfrentados pelos robôs marinhos é que eles não se parecem com peixes ou com alguma outra …