Rússia prepara ataque devastador sobre Aleppo

(dr) Maysun

Aleppo, Syria: Hell on Earth by Maysun

Aleppo, Syria: Hell on Earth by Maysun

A Rússia, aliada do regime sírio, está preparando um ataque de larga escala sobre Aleppo, capaz de devastar um território com 275 mil pessoas.

A informação é de uma análise de dados dos serviços de inteligência, citados pelo jornal The Times, que revelam que esta semana a Rússia poderá iniciar uma operação de grande escala na cidade síria de Aleppo, em apoio à Força Aérea da Síria.

“Pensamos que os russos estão prestes a fazer um ataque de grande escala contra Aleppo”, disse a fonte do serviço de inteligência.

As relações diplomáticas entre a Rússia e os Estados Unidos têm se deteriorado devido ao conflito na Síria, e a Rússia espera conseguir tirar partido da “distração” norte-americana durante as eleições presidenciais para conseguir sair vitoriosa na cidade que é controlada pelos rebeldes desde janeiro.

Segundo a análise de dados de inteligência a que o Times teve acesso, o porta-aviões “Almirante Kuznetsov” também poderá ser usado para aumentar o poder de fogo da operação.

Segundo o Times, espera-se que o porta-aviões russo, acompanhado por sete navios, chegue ao litoral da Síria entre terça e sexta-feira.

Segundo o jornal, além disso, três submarinos de combate russos também se dirigem, alegadamente, para a região.

Jens Stoltenberg, secretário-geral da OTAN, tem declarado repetidamente que a Aliança está preocupada com a hipotética utilização do grupo naval russo para ataques contra Aleppo.

Por seu turno, o diretor do Departamento de Cooperação Europeia do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Andrei Kelin, disse à agência russa RIA Novosti que as declarações da OTAN sobre uma possível participação do grupo naval russo nos combates em Aleppo são absurdas e que a Aliança não tem razões para estar preocupada por conta da deslocação do grupo no mar Mediterrâneo.

“A preocupação é infundada porque já faz oito dias que nossos aviões não se aproximam de Aleppo. Não há razões. O grupo de navios se dirige para o mar Mediterrâneo. Os nossos navios sempre ficaram no Mediterrâneo. Não há razões de suspeitar de algo, não há razões para as declarações de Stoltenberg. Agora a viação russa não se aproxima de Aleppo, o Ministério da Defesa [russo] informou sobre isso. Para quê inventar tais suposições obscuras e, com base nelas, fazer recomendações políticas? É, com certeza, absurdo“, afirmou o diplomata russo.

A Síria está mergulhada num conflito armado desde março de 2011, com as tropas governamentais a se oporem a militantes de vários grupos armados. Desde setembro de 2015, a pedido do presidente sírio Bashar al-Assad, a Rússia está realizando uma operação aérea contra as posições terroristas na Síria.

Aleppo, antiga capital económica da Síria e segunda cidade do país, está parcialmente nas mãos de grupos da oposição e, a 22 de setembro, as forças do regime lançaram uma ofensiva para tomar o leste da cidade.

No entanto, a 18 de outubro, a Rússia suspendeu os bombardeamentos em Aleppo no âmbito de uma “pausa humanitária” para permitir a retirada de feridos e doentes e a entrada de ajuda para a população civil.

Ciberia / Sputnik News

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Covid-19 já causou a morte de um milhão de pessoas no mundo

Nove meses após seu surgimento na China, a pandemia de Covid-19 superou, neste domingo (27), o número simbólico de um milhão de mortos no mundo. No total, o coronavírus causou 1.000.009 mortes e 33.018.877 casos …

Homem que comia alcaçuz todos os dias morre e médicos alertam sobre riscos à saúde

Um homem de 54 anos morreu após consumir alcaçuz em excesso. Segundo os médicos do Hospital Geral de Massachussets (EUA), após duas semanas ingerindo alcaçuz preto em excesso, o homem teve uma overdose de uma …

Conflito armado se acirra na fronteira entre Armênia e Azerbaijão

A Armênia e o Azerbaijão se acusaram mutuamente neste domingo (27/09) de iniciar confrontos mortais na região separatista de Nagorno-Karabakh, na fronteira entre os dois países, em meio a uma disputa territorial de décadas. Ao …

Grande depósito de ovos de dinossauro é descoberto na Espanha

O norte de Espanha foi palco de uma nova descoberta paleontológica. Foram encontrados ovos de 68 milhões de anos atrás, que podem conter embriões desses enormes répteis. José Manuel Gasca estava fazendo jogging um dia no …

Uma cidade brasileira pode ter atingido imunidade de grupo ao Covid-19 a um terrível custo

Um surto explosivo de COVID-19 em Manaus pode ter contaminado pessoas suficientes para que a imunidade coletiva tenha se manifestado, sugerem estudos iniciais. Exames de anticorpos mostram que até dois terços da população pode ter contraído …

O raro pedido de desculpas de Kim Jong-un pela morte de sul-coreano na Coreia do Norte

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, divulgou um raro pedido de desculpas pessoal pelo assassinato de um cidadão sul-coreano, segundo o governo da Coreia do Sul. Kim disse a seu colega sul-coreano, Moon Jae-in, …

Esses são os preparativos finais para a NASA coletar amostras do asteroide Bennu

A NASA já iniciou a contagem regressiva para o grande momento da missão OSIRIS-REx: a coleta de amostras do asteroide Bennu, que acontecerá no dia 20 de outubro. Será uma manobra complicada para a sonda …

Trump volta a lançar dúvida sobre processo eleitoral nos EUA

Após recusar comprometimento com transição pacífica de poder, presidente americano diz não saber se é possível um pleito "honesto". Líder republicano no Senado diz que transferência de mandato presidencial será ordenada. O presidente dos EUA, Donald …

Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny

Leonid Rink não considera convincente a evidência apresentada pela Alemanha sobre o alegado uso do Novichok contra o opositor russo, pois, se isso tivesse acontecido, os efeitos teriam sido diferentes. Podem ter sido encontrados vestígios de …

Este pode ser o 1º planeta descoberto em outra galáxia, a 23 milhões de anos-luz

Astrônomos encontraram um candidato a planeta localizado em outra galáxia, bem longe da Via Láctea, em uma região de intensa atividade caótica. Este mundo distante parece ser um pouco menor do que Saturno e orbita um …