Sacrifício de visons na Dinamarca resulta em contaminação da água subterrânea

No início de novembro, o governo da Dinamarca anunciou o abate de milhões de visons em mais de mil fazendas por causa de preocupações em torno de uma mutação no coronavírus que atingiu esses animais, e que poderia interferir na eficácia de uma vacina para humanos.

No entanto, segundo uma rádio local chamada Radio4, nesta quinta (10), depois desse abate, os visons em decomposição enterrados em valas comuns podem ter contaminado as águas subterrâneas. O Ministério da Agricultura admitiu ter perdido o rastro de cerca de 1,5 milhão de corpos.

As autoridades dinamarquesas enterraram milhares em covas rasas de 2 metros em uma área de treinamento militar. Alguns desses corpos começaram, recentemente, a emergir da terra, em decomposição e cheios de gases.

Segundo uma agência de proteção ambiental, as águas subterrâneas da área já podem ter se poluído, e medidas devem ser tomadas com urgência.

O ministério da alimentação, agricultura e pesca também admitiu que não pode dizer com certeza onde ou como 1,5 milhão de visons mortos foram eliminados. “Pode parecer extremamente questionável quando você ouve, mas não podemos explicar cada vison. Infelizmente é a verdade. Não é improvável que foram enterrados mais do que se pensava. Essa é a nossa melhor aposta no momento”, disse o ministro da Agricultura da Dinamarca, Rasmus Prehn.

De acordo com o ministério, a administração dinamarquesa foi acusada de se desfazer de 31 mil toneladas de visons abatidos. Cerca de 10,4 mil toneladas estão enterradas em duas valas comuns no oeste do país, enquanto outras 14 mil toneladas foram processadas em uma fábrica normalmente usada pela indústria de peles.

Cerca de 2,3 mil toneladas foram incineradas ou aguardam incineração, deixando 4,7 mil toneladas (o equivalente a cerca de 1,5 milhão de corpos) desaparecidas.

É problemático que o governo não consiga explicar onde estão esses visons e como foram processados. O impacto ambiental é obviamente diferente dependendo de quantas toneladas de visons estão enterradas nessas valas. Os cidadãos que moram perto das covas têm o direito de saber quantos estão enterrados lá”, alegou Ulla Tørnæs, uma autoridade política dinamarquesa, à rádio local.

Os visons são da família das doninhas, junto com os furões, que são facilmente infectados com o coronavírus. Os furões, no entanto, parecem apresentar sintomas leves.

Os visons da Dinamarca eram mantidos em condições de superlotação ideais para espalhar o vírus, e poderiam adoecer e morrer. Pesquisadores estudaram a mutação D614G, marcada na proteína espicular do vírus, que pode aumentar a transmissão.

Eles concluíram que não há evidência, até o momento, de que essa mutação em particular aumente a virulência, ou que afetaria o funcionamento de uma vacina, mas a Dinamarca já havia começado a sacrificar todos os visons que estavam infectadas ou perto de fazendas infectadas o suficiente para causar preocupação.

A Rússia anunciou o mesmo temor, mas sua resposta a isso foi diferente: vacinar seus visons contra a COVID-19. A entidade fiscal federal da agricultura da Rússia, Rosselkhoznadzor, está testando atualmente uma vacina, e começará a vacinar os animais assim que os testes forem concluídos.

Os visons também foram infectados em outros países, incluindo a Holanda e alguns estados dos EUA. Milhares de visons foram mortos em Utah por causa de um surto de coronavírus, mas as autoridades de lá disseram que não era provável que os visons tivessem transmitido o vírus para humanos, mas sim o oposto.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

As vovós que lutam pela democracia na Polônia

Idosas polonesas organizam protestos regulares contra erosão da democracia no país, governado por partido ultraconservador. "Não sou capaz de ficar tranquila em casa, cada violação dos direitos me dói", diz aposentada. Clima de fim de expediente …

Coruja super rara dá o ar da graça depois de 125 anos

A coruja rajá de Bornéu (Otus brookii brookii) é uma espécie tão pequena que apenas seu tamanho já tornaria sua identificação mais complexa. Nativa do Sudeste da Ásia e com peso médio de apenas 100 gramas, …

Nintendo bate todos os recordes de lucros com videogames durante a pandemia

A Nintendo apresentou resultados recordes para o ano fiscal de 2020/21 encerrado em 31 de março, impulsionada pela mania global dos videogames em tempos de pandemia, mas o grupo japonês não espera repetir essa …

Doença cerebral misteriosa intriga médicos no Canadá

Médicos no Canadá têm deparado com pacientes que apresentam sintomas semelhantes aos da doença de Creutzfeldt-Jakob, um mal raro e fatal que ataca o cérebro. Mas quando resolveram investigar o mal em mais detalhe, o …

Governador do Rio diz que operação que terminou com 25 mortos foi ação de 'inteligência'

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afirmou que a operação da Polícia Civil realizada no Jacarezinho foi "ação pautada e orientada por longo e detalhado trabalho de inteligência e investigação".  A operação terminou com …

Butantan diz que ataques de Bolsonaro à China afetam vacinas

Presidente insinuou que chineses, principais fornecedores de matéria-prima para imunizantes ao Brasil, criaram vírus como parte de "guerra química". "Essas declarações têm impacto", diz diretor do Instituto Butantan. A direção do Instituto Butantan e o governador …

Fotos da última sessão de Kurt Cobain são vendidas como NFT

As imagens da última sessão de fotos da vida do compositor e cantor Kurt Cobain irão a leilão em formato de token não-fungível, os célebres NFTs. O anúncio foi feito por Jesse Frohman, fotógrafo por trás …

EUA, França e Rússia apoiam quebra de patentes contra a Covid-19, mas laboratórios resistem

A ideia de suspender as patentes da fabricação de vacinas contra a Covid-19 continuou a ganhar apoio em todo o mundo nesta quinta-feira, após o impulso inicial dado Estados Unidos. Porém, os laboratórios resistem, …

Descoberta a evidência mais antiga de atividade humana

Uma das atividades mais antigas de humanos foi identificada em uma caverna na África do Sul. Uma equipe de geólogos e arqueólogos encontrou evidências de que nossos ancestrais estavam fazendo fogo e ferramentas na Caverna …

Jeff Bezos: os planos do homem mais rico do mundo para voo espacial turístico

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, afirma que está pronto para levar pessoas ao espaço. A empresa Blue Origin, do empresário americano detentor de uma fortuna estimada em R$ 1 trilhão, diz que lançará uma tripulação …