Holanda alerta para possível contágio de coronavírus através de visons criados em cativeiro

Também conhecidos como fuinhas ou martas, os visons são criados em cativeiro para abastecer a indústria de roupas de pele e podem ter transmitido o coronavírus a um funcionário dessas fazendas, no que seria o primeiro caso de transmissão de animais a humanos na Holanda.

Autoridades do país identificaram os animais infectados há três semanas em duas fazendas localizadas em Brabante, no sul da Holanda, mas a notícia não chamou muita atenção. Até que nessa semana, o ministério da Agricultura holandês emitiu um comunicado julgando plausível que os animais transmitam a Covid-19 a empregados de granjas.

Nas duas fazendas em que foram identificados casos suspeitos, há mais de 20.000 visons em cativeiro. Após a descoberta, as autoridades sanitárias querem ampliar os testes de Covid-19 em todas as granjas de visons da Holanda, onde os mustelídeos são criados em razão da pelagem macia.

“Todos sabemos que no início da epidemia, em um mercado em Wuhan, o vírus teria sido transmitido de animais para humanos. Ele viria de morcegos, pangolins ou outros”, explicou Arjan Stegman, epidemiologista da Universidade de Utrecht, ao correspondente da RFI em Haia, Antoine Mouteau. “Mas depois, o vírus se adaptou aos humanos e a transmissão ocorreu constantemente de humanos para humanos”, acrescentou o pesquisador.

Comparação genética

Os cientistas compararam o código genético do vírus encontrado nos visons com o de um paciente e criaram a “árvore genealógica” para rastrear a mutação, explicou a ministra da Agricultura holandesa, Carola Schouten, em uma carta ao Parlamento. Os resultados levaram à conclusão de que “é possível que um dos funcionários tenha sido contaminado pelos visons”, segundo Schouten.

A ministra minimizou o medo de que haja outros contágios do animal para o homem e explicou que as amostras de ar e partículas de poeira analisadas fora dos locais onde os visons são mantidos não continham traços do vírus.

O governo, no entanto, adotou novas medidas de proteção, proibindo visitas a fazendas onde houve casos de contaminação. O governo também determinou a realização de testes obrigatórios de diagnóstico em todas as criações de visons do país, onde a comercialização de peles é um tema polêmico. Em 2016, a instância judicial mais importante da Holanda ordenou o fechamento dessas fazendas até 2024.

Até agora, a Holanda registra pelo menos 44.249 casos de Covid-19 e 5.715 mortes.

Pangolin: animal-chave na China

O novo coronavírus surgiu em dezembro de 2019 em um mercado da cidade de Wuhan, na região central da China, onde muitos animais vivos são comercializados, alguns deles selvagens.

O pangolim, um pequeno mamífero conhecido por suas escamas e ameaçado de extinção, pode ter sido o animal-chave na transmissão aos humanos do novo coronavírus na China.

Tendo estudado mil amostras de animais selvagens, os cientistas determinaram que os genomas das sequências de vírus analisadas no pangolim eram 99% idênticos aos dos pacientes infectados pela Covid-19 em Wuhan.

// RFI

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Metade da matéria do universo havia sumido, mas foi encontrada

Uma equipe internacional de pesquisadores parece ter finalmente resolvido o “problema dos bárions desaparecidos”. Bárion é uma classificação genérica para um tipo partículas que engloba prótons e nêutrons. Estas partículas, por sua vez, são os blocos …

Máscara elétrica autolimpante que carrega celular deverá custar apenas 1 dólar

Devido à pandemia do coronavírus, diversos especialistas alertam para a, cada vez mais real, possibilidade de usarmos máscaras para sair de casa até, no mínimo, o final do ano. Por isto, diversas empresas estão estendendo …

Bolsonaro bate recorde de rejeição, mostra Datafolha

Na primeira pesquisa feita após divulgação de vídeo da reunião ministerial, 43% dos entrevistados consideram governo ruim ou péssimo. Entre os quatro últimos presidentes eleitos, Bolsonaro é o pior avaliado. O índice de rejeição ao presidente …

Renault detalha plano econômico e anuncia 4.600 cortes na França

A empresa automobilística revelou nesta sexta-feira seu plano de cortes no país que integra um plano de economias de cerca de € 2 bilhões (cerca de R$ 12 bilhões) em três anos. A Renault …

Asteroide que dizimou os dinossauros teria atingido a Terra em "ângulo letal"

A teoria mais aceita é a de que os dinossauros foram extintos após um asteroide atingir a Terra de maneira catastrófica há 66 milhões de anos, causando danos sem precedentes em todo o planeta. Agora, segundo …

Repórter da CNN é preso ao vivo em protesto por morte de homem negro. Trump pede tiros em manifestantes

Minneapolis vive uma escalada de violência provocada por um policial branco que matou, de forma brutal, um homem negro. George Floyd foi asfixiado pelo joelho do oficial enquanto era filmado em plena luz do dia. Nem …

Diário de oficial nazista revela suposta localização de toneladas de ouro em castelo

Pesquisadores que buscam bilhões de dólares em tesouros nazistas roubados da Europa acreditam ter encontrado a localização de toneladas de ouro debaixo de antigo castelo alemão. Os pesquisadores acreditam ter encontrado 28 toneladas de ouro roubadas …

Coreia do Sul registra aumento de casos de coronavírus e teme nova onda da epidemia

A Coreia do Sul anunciou nesta quinta-feira (28) o maior aumento de novas contaminações por coronavírus em quase dois meses, devido a um surto de casos em um armazém de uma empresa de comércio …

Desigualdade eleva letalidade da covid na favela, diz estudo

Quase todos os dias, com ou sem pandemia, a diarista Joceliane Gomes Santos de Freitas, 29 anos, sai de casa às 7h em Barra do Ceará, comunidade de Fortaleza onde mora com o marido e …

Descoberta galáxia raríssima em forma de "anel de fogo" a 10 bilhões de anos-luz

Astrônomos capturaram uma imagem de uma galáxia localizada a cerca de 10,8 bilhões de anos-luz de distância. Mas o que realmente impressionou os pesquisadores é que se trata de um tipo muito raro: uma galáxia …