São Francisco está afundando; algumas partes mais rápido que outras

O aumento do nível do mar não é o único problema que as áreas costeiras baixas enfrentam. Muitas dessas áreas estão afundando, aumentando consideravelmente o risco de inundações.

Na área Baía de San Francisco, só o aumento do nível do mar poderia inundar uma área entre 50 a 410 quilômetros quadrados até 2100, dependendo da quantidade de ação necessária para limitar o aquecimento global e da rapidez com que as calotas polares derretem.

Mas quando o abatimento do solo também é tido em consideração, a área vulnerável às inundações durante marés altas e ondas de tempestade aumenta para entre 130 e 430 quilômetros quadrados.

Essa é a conclusão de Manoochehr Shirzaei, da Universidade de Arizona, e de Roland Bürgmann na Universidade da Califórnia, em um estudo publicado na semana passada na Science Advances. Os pesquisadores usaram dados de satélite de 2007 a 2010 para descobrir como a altura do solo mudou na área da baía no período.

Algumas áreas, como o Vale de Santa Clara, aumentaram ligeiramente, provavelmente devido ao aumento do armazenamento de águas subterrâneas. Mas a maioria das áreas afundou cerca de 1 ou 2 milímetros por ano.

Caltech / NASA-JPL / NASA / ESA / Google Earth

Mapa de subsidência total da vale Joaquin Valley, na Califórnia, EUA

Alguns lugares, incluindo partes da própria cidade, além do Aeroporto Internacional de São Francisco e da Foster City, baixaram até 10 milímetros por ano. Isso porque essas áreas são construídas sobre depósitos naturais de lama ou aterros que ainda estão sendo compactados.

A subsidência significa que essas áreas estão afundando ainda mais rápido do que o nível do mar aumenta devido ao aquecimento global: atualmente 3 milímetros por ano e em aceleração. Os resultados mostram a importância de se ter em conta a subsidência do solo ao calcular o risco de inundações costeiras, dizem os pesquisadores.

Em 2009, Syvitski e os colegas mostraram que a subsidência de até 150 milímetros por ano é um grande problema na maioria dos deltas do rio do mundo, afetando as cidades de Nova Orleans a Bangkok e Shangai.

Uma das principais causas é a extração de águas subterrâneas, gás e petróleo. O bloqueio das inundações é outro: sem depósitos anuais de material fresco, os deltas diminuem rapidamente devido à compactação.

Ciberia // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Navalny deixa hospital em Berlim

Oposicionista russo recebe alta após um mês de tratamento para curar envenenamento por agente neurotóxico do tipo Novitchok. Médicos dizem que recuperação total é possível, mas não sabem estimar efeitos de longo prazo. O oposicionista russo …

Governo pede suspensão de filme da Netflix após acusações de pedofilia

Após diversas acusações de pedofilia nas redes sociais ao filme Lindinhas, que estreou com exclusividade na Netflix, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos pediu a suspensão e investigação sobre sua distribuição …

Mais de 13 milhões de britânicos enfrentam novo lockdown diante do aumento de casos de Covid-19

Um quinto da população do Reino Unido acordou sob um novo lockdown nesta terça-feira (22). Essas pessoas estão sobretudo no norte da Inglaterra e no País de Gales, as regiões mais afetadas pela Covid-19 …

Pinguim é encontrado morto no litoral de SP com máscara no estômago

Um pinguim foi encontrado morto no último dia 9 de setembro na praia de Juquehy, em São Sebastião, litoral de São Paulo – e, depois de realizada a necropsia, a causa da morte foi determinada: …

Misteriosa minilua vai entrar na órbita da Terra em outubro e ficará por meio ano

Corpo celeste tem uma velocidade muito baixa, o que é atípico para asteroides. Cientistas suspeitam que a minilua afinal seja lixo espacial do século passado. Astrônomos descobriram o corpo celeste 2020 SO, que está em uma …

Na ONU, Bolsonaro diz ser vítima de campanha de desinformação

Presidente defende política ambiental do governo e afirma que Amazônia e Pantanal sofrem campanha de desinformação internacional. Ele também elogia sua gestão da epidemia de covid-19, que já matou 137 mil. No discurso de abertura da …

CDC faz alerta sobre transmissão da COVID-19 através do ar, mas volta atrás

Não é segredo que pesquisadores ainda buscam consenso sobre a ação do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no organismo humano. Nesse cenário, até o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos gerou polêmica nesta …

Argentina estende por mais três semanas quarentena mais prolongada do mundo

A quarentena argentina vai continuar até, pelo menos, dia 11 de outubro, totalizando 205 dias. No interior do país, haverá um endurecimento das medidas de restrição. Metade da população rejeita a rigidez das medidas …

Angola fecha mais quatro templos da Igreja Universal no país

A Justiça de Angola fechou no fim de semana passado mais quatro templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no país, no âmbito de investigações por associação criminosa, lavagem de dinheiro e fraude fiscal. "Por despacho …

Estão são as atividades mais e menos arriscadas para espalhar Covid-19

Quando falamos em pegar Covid-19 cada atividade traz um risco diferente. É o que nos mostra esse admirável infográfico (que traduzimos a seguir) recentemente compartilhando pelo Twitter do Information is Beautiful (Informação é linda, em …