Sarampo causou mais de 140 mil mortes em 2018

Osnei Restio / Prefeitura de Nova Odessa

De acordo com OMS, maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada. No ano passado, foram registrados quase 10 milhões de casos da doença no mundo.

O sarampo causou mais de 140 mil mortes no mundo em 2018, afirmou nesta quinta-feira (05/12) a Organização Mundial de Saúde (OMS). A maioria das vítimas tinha menos de cinco anos de idade e não havia sido vacinada.

As mortes por sarampo ocorreram num momento em que o número de casos aumentou globalmente, com surtos em todas as regiões. O número de infecções chegou a quase 10 milhões no ano passado. Em 2017, foram registrados cerca de 7,5 milhões de casos e 124 mil mortes.

“O fato de uma criança morrer de uma doença evitável por vacina, como o sarampo, é francamente um ultraje e um fracasso coletivo em proteger as crianças mais vulneráveis do mundo”, disse Tedros Adhanom Ghebreysus, diretor-geral da OMS.

“Para salvar vidas, precisamos garantir que todos possam se beneficiar das vacinas, o que significa investir em imunização e assistência médica de qualidade como um direito para todos”, acrescentou.

A OMS constata que os piores impactos do sarampo ocorreram na África Subsaariana, onde muitas crianças ficam sem vacinação. Em 2018, os países mais afetados pela doença foram República Democrática do Congo (RDC), Libéria, Madagáscar, Somália e Ucrânia. Quase metade de todos os casos de sarampo no mundo foi registrados apenas nestes cinco países.

A OMS afirmou também que a situação piorou neste ano, com uma triplicação no número de casos até novembro em relação ao mesmo período de 2018. Em 2019, os Estados Unidos registraram o maior número de infecções por sarampo dos últimos 25 anos.

quatro países da Europa – Albânia, República Tcheca, Grécia e Reino Unido – perderam o status livre de sarampo em 2018, após prolongados surtos. Esta situação ocorre quando a doença ressurge, com casos de transmissão, em um país após ter sido declarada eliminada.

Embora haja uma vacina contra o sarampo, as taxas de vacinação em todo o mundo estagnaram por quase uma década. A OMS e o Unicef estimam que no ano passado 86% das crianças receberam globalmente a primeira dose da vacina, mas menos de 70% receberam a segunda dose recomendada.

O sarampo está entre as doenças mais contagiosas conhecidas, ao lado da gripe, ebola e tuberculose. O vírus pode permanecer no ar ou em superfície por várias horas, colocando todos que não são vacinados em risco.

Em crianças pequenas e bebês, a doença pode causar complicações, como pneumonia, danos cerebrais, cegueira ou perda da audição. Estudos publicados recentemente mostram que o vírus pode impactar ainda a saúde a longo prazo, danificando a memória do sistema imunológico por meses ou até anos após a infeção. Essa “amnésia imunológica” gera uma vulnerabilidade a outras doenças potencialmente mortais, como gripe e diarreia.

“Temos uma vacina segura e eficaz para o sarampo há mais de 50 anos”, disse Robert Linkins, do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos. “Precisamos mudar esta tendência e parar estas mortes evitáveis, melhorando o acesso e a cobertura da vacina contra o sarampo”, acrescentou.

Nos últimos 18 anos, estima-se que a vacinação contra o sarampo tenha salvado mais de 23 milhões de vidas.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

É isso que acontece com seu corpo quando você come muito apenas uma vez

Qual foi a última vez que você comeu tanto, mas comeu muito, a ponto de se empanturrar? No último churrasco de família? Na noite da pizza? No reveillón? No almoço de ontem? Inúmeros estudos investigaram o …

Reino Unido impõe quarentena a viajantes vindos da França. Paris contra-ataca

O Reino Unido impôs uma quarentena obrigatória para os viajantes que entram no território britânico vindos da França, Holanda e Malta, após um aumento dos casos de covid-19 nesses países. Os viajantes terão que ficar isolados …

Israel e Emirados Árabes chegam a acordo de paz histórico

Mediado pelos EUA, pacto visa normalizar relações diplomáticas entre os países. Israel se compromete a suspender anexações de territórios. Emirados Árabes são primeiro Estado do Golfo a estabelecer laços com Tel Aviv. Israel e Emirados Árabes …

Fortnite dá desconto por fora, é banido pela Apple e caso vai parar na justiça

A Epic está processando a Apple pela retirada de Fornite da App Store. Após um embate jurídico entre as duas companhias, o jogo foi bloqueado na loja do iOS, criando reação imediata da desenvolvedora. A história, …

Com 1000 anos, maior cidade pré-colombiana da região dos EUA fica sob a cidade St Louis

Por mais que tenhamos sido ensinados que a história do continente americano começa pela chegada por aqui dos navegadores europeus – e o próprio nome de tal território sublinha essa recorrente doutrinação – o fato …

Asteroide Psyche poderia ser núcleo de planeta que não se formou, dizem cientistas

Cientistas examinaram um asteroide que deve ser visitado por uma missão da NASA em 2022, encontrando provas que suas propriedades atraíram sucessão de outros asteroides. Após realizar diversas simulações em 2D e 3D usando um supercomputador, …

Essa “formiga-diabo” pré-histórica ataca sua presa há 99 milhões de anos

Uma linhagem extinta há tempos, nomeada afetuosamente de “formiga do inferno” ou “formiga-diabo”, foi encontrada presa em âmbar há 99 milhões de anos atrás, com sua mandíbula em formato de foice agarrada firme na presa. No …

Mataram um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros depois de 50 anos de perseguição

Notícia triste para quem luta pela preservação do meio ambiente. Conhecido como Demônio, um crocodilo de meia tonelada e 4,5 metros, que segundo moradores aterrorizava vilarejos na ilhas Bangka Belitung (Indonésia), foi morto na semana …

China diz que encontrou traços de coronavírus em frango brasileiro

Carga de asas de frango que chegou a Shenzhen, no sul do país asiático, foi confiscada. Funcionários da alfândega que entraram em contato com alimentos foram testados, mas exames deram negativo. Traços do novo coronavírus foram …

Vacinação em SP começa em janeiro, segundo diretor do Butantan

Com a pandemia, inúmeras empresas estão dedicadas ao desenvolvimento de uma vacina que possa ajudar na luta contra a COVID-19. Nesta quarta-feira (12), o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, afirmou que o estado …