Se a Catalunha se tornar independente, Messi sai do Barcelona a custo zero

Até agora se sabia que o novo acordo de Lionel Messi vincula o jogador ao Barcelona até junho de 2021 e que sua estratosférica clausula de rescisão é de mais de 700 milhões de euros (quase R$ 2,8 bilhões).

A estrela argentina pode sair do Barcelona a custo zero se a comunidade autônoma da Catalunha se tornar independente da Espanha e o clube fique impedido de competir em uma das ligas de elite da Europa, revelou o jornal espanhol El Mundo.

Messi impôs a condição na última renovação do milionário contrato assinado em novembro.

Nesse acordo, o jogador pôs como cláusula que continuará no clube – inclusive depois de uma hipotética independência catalã – apenas se o Barcelona for aceito para competir na Bundesliga (Alemanha), na Premier League (Inglaterra), ou na Ligue 1 (França).

Se a independência chegar a se concretizar, o Barcelona ficaria fora da La Liga, já que a legislação espanhola o impediria.

Dessa forma, se depois da independência, o Barça não pudesse ser integrado em nenhuma das melhores ligas do continente, Messi ficaria automaticamente livre de obrigações com o clube, e poderia abandoná-lo sem pagar a cláusula de rescisão fixada em 700 milhões de euros.

“O Barcelona assume que Messi ficaria livre e interpreta este acordo como um gesto de compromisso do jogador”, assinala o El Mundo.

Ciberia // ZAP

DEIXE UMA RESPOSTA:

Cientista revela como é o som do Sol

Já parou para pensar no som que as estrelas fazem? Bill Chaplin, professor de Astrofísica na Universidade de Birmingham, na Inglaterra, explica que esses corpos celestes têm um barulho natural. Segundo explica o professor Bill Chaplin, …

Grande Barreira de Corais sofreu um “colapso catastrófico”

A Grande Barreira de Corais na Austrália, patrimônio mundial da UNESCO, sofreu um “colapso catastrófico” de corais durante uma onda de calor em 2016. “Uma ameaça à diversidade da vida marinha”, revelou um estudo da …

Bolas gigantes de ervas daninhas "atacam" cidade da Califórnia

As bolas gigantes conhecidas como “tumbleweed” cobriram casas, invadiram ruas e lançaram um verdadeiro caos em uma cidade do estado da Califórnia, nos Estados Unidos. “Invasão” foi a palavra que a moradora Tanya Speight utilizou para …

Hans Asperger colaborou ativamente com os nazistas na Segunda Guerra Mundial

Documentos recentemente descobertos sugerem que Hans Asperger, o pediatra cujo nome descreve uma forma de autismo, esteve ativamente envolvido no programa de eutanásia do regime nazista na Áustria. As provas foram retiradas de documentos e registros …

Quase 40 anos depois, a Arábia Saudita voltou a ter cinema

A Arábia Saudita inaugurou nesta quarta-feira (18) o primeiro cinema comercial, pondo fim a uma proibição de quase 40 anos, em um esforço do príncipe saudita para modernizar o reino conservador. Segundo a Reuters, o novo …

Se reunião com a Coreia do Norte não correr bem, Trump se levanta e sai

Donald Trump admitiu haver a possibilidade de libertar os três norte-americanos presos na Coreia do Norte e adiantou que pode cancelar o encontro com Kim Jung-un se achar que não será produtivo. Nesta quarta-feira (18), Donald …

Miguel Díaz-Canel, o primeiro presidente da Cuba pós-Castro

Miguel Mario Díaz-Canel, o número 2 do governo de Cuba desde 2013, se tornou nesta quinta-feira (19) o novo presidente do país, onde, pela primeira vez em seis décadas, a principal liderança não tem Castro …

Projeto que prevê proibição de plástico descartável no Brasil é aprovado pelo Senado

Na terça-feira (17), a Comissão de Meio Ambiente (CMA), que faz parte do Senado, aprovou um projeto importantíssimo, que prevê a retirada gradual do plástico descartável no Brasil. De acordo com o projeto, em dez anos, …

MPF pede que Ibama indefira exploração de petróleo na foz do Amazonas

O Ministério Público Federal (MPF) no Amapá expediu recomendação nesta quarta-feira (18) para que o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) indefira licença para exploração de petróleo na foz do …

Temer tira dinheiro da saúde e do combate à violência contra a mulher para usá-lo em publicidade

No último dia 10, o governo de Michel Temer, através do Ministério do Planejamento, baixou a Portaria 75, que remaneja recursos do orçamento para a Secretaria de Comunicação (Secom), pasta responsável pela propaganda oficial do …