Secularismo e tolerância a minorias predizem a prosperidade de um país

Pesquisadores da Universidade de Bristol e Universidade do Tennesse analisaram dados de quase 500 mil pessoas de 109 países e concluíram que mudanças na cultura geralmente vêm antes da melhora na riqueza, educação e democracia.

Os cientistas sociais frisaram que os três ótimos indicadores são consequência direta da tolerância, e não o contrário. Eles utilizaram dados globais para mostrar que o secularismo e abertura em relação a minorias pode ser usado estatisticamente para prever o Produto Interno Bruto per capita, nível de educação e democratização.

O resultado mostra que valores culturais pré-existentes são fatores de previsão de níveis de crescimento econômico e prosperidade. Uma das conclusões da análise é que o planejamento de desenvolvimento de um país também deve levar em consideração os valores culturais.

Por exemplo, para promover a democracia em um país, é necessário não só realizar mudanças econômicas e de regime, mas também promover abertura e tolerância a minorias.

Os primeiros locais a observarem aumento dramático em riqueza, saúde, educação e democracia foram os países Ocidentais. É importante notar que neste estudo, são considerados Ocidentais os países da Europa, os Estados Unidos, Canadá, Austrália e Nova Zelândia, ou seja, países desenvolvidos e com alfabeto romano.

Quanto mais avermelhados, mais seculares são os países; quanto mais amarelos ou brancos, menos seculares são. O artigo chamado “Pré-requisitos culturais para o desenvolvimento socioeconômico” detalha a pesquisa e está disponível em inglês no portal da Royal Society.

“Esta pesquisa mostra que – pelo menos no século XX – locais que tiveram as principais melhoras também tenderam a ter culturas seculares e tolerantes pré-existentes”, diz nota da Universidade sobre o estudo.

O estatístico do estudo, Daniel Lawson, da Escola de Matemática da Universidade de Bristol, afirma que o método utilizado permitiu a eles apreender valores culturais a partir dos dados e compará-los com estatísticas históricas.

“Com acesso a bancos de dados gigantescos, a história está se tornando ciência. Nossa análise guiada por dados apoia a noção que uma ‘boa’ sociedade – que valoriza diversidade, tolerância e abertura – pode também ser uma sociedade ‘produtiva’, o que é motivo para se ter esperança sobre o futuro”, diz ele.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Demi Lovato vai comandar programa de TV investigativo sobre OVNIs

A atriz e cantora Demi Lovato está prestes a se aventurar em um desafio de outro mundo. A artista anunciou na última semana a sua participação em uma série limitada para a plataforma de streaming …

CPI da Covid: como 'isolamento vertical' pode virar arma contra Bolsonaro

Uma das linhas de investigação da CPI da Covid apura se o governo federal adotou a estratégia da imunidade de rebanho, ou seja, a obtenção da imunidade coletiva por meio da infecção da população, no …

Astrônomos continuam encontrando inexplicáveis anéis circulares misteriosos no céu

Nos últimos anos, astrônomos avistaram vários objetos de rádio gigantescos e quase perfeitamente circulares no universo distante. Embora ninguém tenha uma explicação para essas entidades misteriosas ainda, uma equipe adicionou recentemente outra ao seu catálogo, …

Conflito tem seu dia mais sangrento em Gaza

Bombardeios israelenses deixam pelo menos 42 palestinos mortos e elevam total de vítimas a 188. Netanyahu diz que ataques continuarão. Sem um cessar-fogo à vista, o atual conflito entre Israel e Hamas teve neste domingo (16/05) …

Apple é acusada de enganar usuários através de aplicativos fraudulentos na App Store

A Apple segue batendo recordes financeiros. No entanto, escândalos um atrás do outro aumentam a preocupação em torno da App Store. Após chamar a atenção internacional com as recentes revelações sobre a existência de cassinos ocultos …

Chile escolhe representantes para elaborar nova Constituição

O domingo foi o último dia de votação no Chile para a escolha dos redatores da nova Constituição do país. Os 155 representantes eleitos terão a tarefa de mudar o texto herdado da ditadura. …

China consegue pousar veículo não tripulado em Marte

A China conseguiu neste sábado pousar um veículo autônomo não tripulado em Marte. A fase final da operação Tianwen-1 aconteceu sem falhas, informou a TV estatal chinesa, que transmitiu um programa especial chamado Alo …

Lewandowski permite que Pazuello fique em silêncio na CPI

Ex-ministro da Saúde será obrigado a comparecer ao depoimento, mas não precisará responder perguntas que possam incriminá-lo. No entanto, será obrigado a falar a verdade em fatos e questões relacionados a terceiros. O ministro do Supremo …

Como o coronavírus afeta o fígado

O SARS-CoV-2, vírus causador da covid-19, mudou completamente a cara do mundo que conhecíamos até então. Ele afetou praticamente todos os aspectos da vida cotidiana e causou mudanças substanciais nas ciências da saúde e, portanto, na …

'Síndrome de Havana': lesão cerebral atinge ao menos 130 diplomatas e oficiais americanos, dizem EUA

Diplomatas, agentes da CIA e oficiais de defesa dos EUA relataram sintomas graves da perturbação conhecida como "síndrome de Havana" nas últimas semanas. O elevado número de casos causa espanto. Nas últimas semanas, foram relatados mais …