Segunda onda no Brasil pode vir a qualquer momento, alerta especialista

António Lacerda / EPA

Apesar de diminuição dos casos, epidemia do coronavírus não acabou no Brasil e segunda onda da COVID-19 pode acontecer a qualquer momento, disse médica à Sputnik Brasil.

Na terça-feira (27), a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou nota técnica alertando para “o aumento do número de casos nas últimas semanas, em algumas regiões do mundo, como em países da Europa e nos Estados Unidos”.

Segundo o órgão, esse fato ressalta a “necessidade de intensificação das medidas nacionais de prevenção e controle de novos casos de infecção” pelo coronavírus. Devido à chamada segunda onda da COVID-19, países como Espanha, França e Itália aumentaram as medidas de isolamento social para conter a disseminação da doença.

Segundo a pediatra Isabella Ballalai, ex-vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações, o alerta da Anvisa “chamando a atenção para que todos se preparem para uma possível segunda onda não é nada de novo”.

“No Brasil a gente ainda vive um platô de casos. A gente teve uma boa diminuição de casos, hospitalizações e óbitos pela COVID-19, mas esse platô se mantém”, disse a especialista.

Brasil registra 510 mortes e 28.629 casos

Segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta quinta-feira (29), o Brasil registrou mais 510 mortes pela COVID-19, fazendo total de óbitos alcançar 158.456. A pasta informou ainda que foram contabilizados 28.629 novos casos da doença. Total de infectados é de 5.468.270.

Ballalai diz que “só o tempo vai dizer se o Brasil vai seguir o mesmo padrão da Europa”, mas é “importante entender que a pandemia não acabou” no país.

“Ainda não estamos em pós-COVID-19, ou pós-pandemia, como muitos falam. A gente precisa ter cuidado, e a questão do preparo das autoridades e da estrutura de saúde é para que a gente não seja pego de surpresa mais uma vez”, afirmou a médica.

Guedes: Governo atuaria “da mesma forma”

Nesta quinta-feira (29), o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que se houver uma segunda onda do coronavírus no Brasil o governo vai trabalhar “da mesma forma” que atuou ao longo dos últimos meses.

Segundo Ballalai, essa segunda onda, ou um aumento do número de casos, “pode acontecer a qualquer momento“.

De acordo com a nota técnica da Anvisa, “o serviço de saúde deve garantir que as políticas e as boas práticas internas minimizem a exposição a patógenos respiratórios, incluindo o SARS-CoV-2”.

“Desta forma, as medidas de prevenção e controle devem ser implementadas em todas as etapas do atendimento do paciente no serviço de saúde, desde sua chegada, triagem, espera, durante toda a assistência prestada, até sua a sua alta/transferência ou óbito”, continua o documento.

De acordo com a médica, a população também precisa estar consciente dos riscos do coronavírus e evitar o contágio.

“É importante ressaltar que os cuidados se mantêm. Sair de casa, para onde e porque deve ser uma decisão bastante responsável. Ainda estamos em situação de pandemia“, disse.

“Polarização política” da vacina

A pediatra se mostra confiante nas pesquisas para a produção de uma vacina, mas diz que é impossível saber quando teremos um imunizante aprovado, distribuído e aplicado na população.

Ela critica ainda o que chamou de “polarização política de assuntos da saúde”, o que, segundo a médica, gera “insegurança na população”.

“As pesquisas mostram que a população se sente segura e confia em vacina ou na saúde quando confia nas autoridades. Polarização só serve para deixar todos em dúvidas, todos com mais preocupação e medo nesse cenário que a gente vive, que é muito grave”, argumentou a especialista.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

EUA: Estudo traz primeiros resultados 'promissores' de vacina de RNA mensageiro contra Aids

Uma vacina usando a tecnologia de RNA mensageiro, a mesma que algumas vacinas contra a Covid-19, pode ser usada desta vez contra a Aids. É o que mostram os primeiros resultados promissores de testes …

Viagem de Lula à Argentina visa fortalecer governo de Fernández e teoria de lawfare contra Kirchner

O ex-presidente Lula será o primeiro estrangeiro a discursar diante de uma multidão na Praça de Maio, em Buenos Aires, em um ato destinado a renovar o vínculo do governo argentino com o seu …

Após EUA, vários países se mobilizam em boicote aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim

Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia seguiram os passos dos Estados Unidos e anunciaram que também vão participar do “boicote diplomático” aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, previstos para fevereiro. Os países acusam …

Musk anuncia que Neuralink testará microchips neuronais em humanos em 2022

O bilionário e empreendedor norte-americano referiu que já testou com sucesso um implante cerebral em um macaco, e quer agora que essa tecnologia seja aplicada em humanos. Os humanos poderão ter implantes cerebrais da empresa Neuralink …

Cientistas americanos encontram substância contra coronavírus em algas para sushi

Biólogos americanos esperam que sua descoberta ajude na criação de tratamentos antivírus com base em plantas. Os cientistas determinaram que o sulfato de rhamnan – polissacarídeo componente das algas verdes Monostroma nitidum, utilizadas para embrulhar o …

Mulheres comandam metade dos ministérios no governo Scholz

Futuro chanceler confirma nomes finais do seu governo, que deverá começar os trabalhos ainda esta semana. Percentual de mulheres no comando de ministérios federais é o maior da história da Alemanha. O próximo chanceler federal da …

Biden e Putin fazem videoconferência para tentar resolver impasse na Ucrânia

Joe Biden e Vladimir Putin se preparam para uma vídeoconferência nesta terça-feira (7) em um momento em que as tensões entre Washington e Moscou se intensificam com rumores de uma iminente invasão da Ucrânia …

Aung San Suu Kyi é condenada a 4 anos de prisão

Líder deposta por golpe militar em Mianmar enfrenta série de acusações que a Anistia Internacional chama de falsas. Novo veredicto deve sair nos próximos dias. A líder deposta de Mianmar, Aung San Suu Kyi, foi condenada …

Em último vídeo do mandato, Merkel pede que população se vacine

A chanceler alemã Angela Merkel, que deixará o poder na próxima quarta-feira (8), voltou a defender neste sábado (4) a vacinação contra a Covid-19, no último de uma série de mais de 600 vídeos …

Descobrem na China ferramenta de marfim de 99 mil anos, possivelmente a mais antiga do país

Pesquisadores desenterraram uma pá de marfim datada de há cerca de 99.000 anos em um sítio arqueológico do Paleolítico na província chinesa de Shandong. Acredita-se que o objeto seja uma das primeiras ferramentas de osso utilizadas …