Senado veta cobrança de bagagem em viagens aéreas

Jefferson Rudy / Agência Senado

O senador Humberto Costa (PT-PE) é autor do Projeto de Decreto Legislativo

O senador Humberto Costa (PT-PE) é autor do Projeto de Decreto Legislativo

O Plenário do Senado aprovou, na noite desta quarta-feira (14), o projeto que susta uma decisão da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) que autorizava as empresas aéreas a cobrarem pelo despacho de bagagens.

A autorização passaria a valer a partir de 14 de março de 2017. O projeto agora segue para a análise da Câmara dos Deputados. O decreto legislativo (PDS 89/2016) é de autoria do senador Humberto Costa (PT-PE).

“Se há uma bandeira que unifica a todos nós é a defesa do consumidor” declarou o presidente do Senado, Renan Calheiros.

Segundo a Anac, a cobrança de bagagem poderia reduzir o valor final das passagens aéreas. Para a agência, a liberalização das franquias vai trazer benefícios aos passageiros.

“A Anac não vai mais dizer que o passageiro vai ter que pagar necessariamente por uma peça de 23 quilos. Pode ser 23 quilos, 10 quilos, 15 quilos”, disse o superintendente de Acompanhamento de Serviços Aéreos da Anac, Ricardo Catanant, em entrevista transmitida pelo Facebook.

O secretário de Política Regulatória de Aviação Civil, Rogério Coimbra, disse que, no ano passado, 41 milhões de pessoas viajaram no Brasil sem levar bagagens, o que equivale a cerca de 35% do total de viajantes.

“Imagina quantas pessoas deixaram de viajar por conta dessa impossibilidade de ter um bilhete mais barato.” Atualmente, além do Brasil, apenas Rússia, Venezuela, México e China têm a franquia de bagagem regulada pelo governo.

A medida, no entanto, foi muito criticada pelos senadores no Plenário. Jorge Viana (PT-AC) considerou a decisão “muito precipitada”, enquanto Magno Malta (PR-ES) chamou a atitude da Anac de “irresponsabilidade”.

“Acho que uma decisão dessa é uma manifestação do Senado Federal em defesa do consumidor, do usuário de transporte aéreo, e o Senado exerceu o seu papel constitucional”, disse Jorge Viana.

“As agências reguladoras estão subordinadas ao Senado, elas não podem adotar medidas como essa, que podem prejudicar o consumidor, à revelia da opinião do Senado, sem uma audiência, sem um debate aqui”, argumentou.

O senador reconheceu que a normativa é adotada na Europa, mas ponderou que o Brasil, com as dimensões que tem, conta apenas quatro companhias aéreas comerciais.

“Todos nós sabemos que o que tem sobrando nos porões dos aviões é espaço. As companhias estão passando dificuldade? É verdade. Só não podem querer resolver as dificuldades delas à custa dos passageiros” protestou o Senador.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

O misterioso "Monstro Tully" acaba de ficar ainda mais esquisito

Um fóssil de 300 mil anos descoberto na década de 1950 no estado de Illinois (EUA) tem gerado muitas discussões entre cientistas. Batizado de Tullimonstrum, ou Monstro Tully, ele se parece com uma lesma. Mas …

Com asilo a Evo Morales, diplomacia mexicana dá passo à esquerda

México assume liderança esquerdista na América Latina ao receber o ex-presidente boliviano. Para analistas, medida desvia atenção de problemas internos, mas é jogo perigoso diante da dependência econômica dos EUA. A viagem de Evo Morales ao …

Incêndios florestais matam quatro pessoas e centenas de cangurus na Austrália

O número de vítimas pelos incêndios no leste da Austrália, onde 140 focos ainda continuam ativos, subiu para quatro nesta quinta-feira (14), com a descoberta de um cadáver perto da cidade de Kempsey, em Nova …

Holanda reduzirá limite de velocidade para combater poluição

O governo da Holanda reduzirá o limite máximo de velocidade nas rodovias do país como parte de uma série de medidas para combater as emissões de óxido de nitrogênio, geradas em grande parte por veículos …

A polêmica sobre campos de extermínio nazistas que opôs a Polônia ao Netflix

O primeiro-ministro da Polônia, Mateusz Morawiecki, enviou uma carta ao Netflix insistindo em mudanças no documentário The Devil Next Door (o diabo ao lado), sobre campos de extermínio nazistas. Na carta enviada no domingo, 10, e …

O único problema de ser filho único é o estigma

Filhos únicos possuem uma péssima reputação. Quantas vezes você não observou algum pai ser criticado por escolher ter apenas um pimpolho? “Ele vai ficar mimado, muito sozinho, egoísta, etc. etc. etc”. É um senso comum. Parece, …

Epidemia mundial: Pneumonia mata uma criança de menos de 5 anos a cada 39 segundos

O Dia Mundial da Pneumonia é comemorado em 12 de novembro. A data foi proposta pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da prevenção da doença, …

Senadora se declara presidente da Bolívia

A parlamentar oposicionista e segunda vice-presidente do Senado Jeanine Áñez declarou-se presidente da Bolívia nesta terça-feira (12). Ela também afirmou que o país terá novas eleições após a formação de uma nova comissão eleitoral. "De acordo …

Bolsonaro anuncia saída do PSL

Em meio à crise por disputa de poder na legenda, presidente afirma que pretende criar novo partido. Cerca de 30 parlamentares aliados de Bolsonaro devem seguir exemplo e deixar o PSL. O presidente Jair Bolsonaro anunciou …

Israel mata comandante da Jihad Islâmica em ataque aéreo

Forças israelense bombardeiam casa de líder extremista na Faixa de Gaza. Militantes palestinos reagem disparando dezenas de mísseis contra Israel. Autoridades pedem que população fique em casa. Um importante comandante militar do grupo extremista palestino Jihad …