Sensores implantados na pele irão avisar sobre problemas de saúde

Sensores colocados na pele irão avisar sobre problemas de saúde, sugerir o melhor exercício físico ou ajudar soldados em situação de guerra.

Os sensores implantáveis foram apresentados esta semana no 255º Encontro Nacional e Exposição da Sociedade Americana de Química (ACS, na sigla original), a maior sociedade científica do mundo.

Os sensores serão colocados na pele e poderão avisar sobre problemas de saúde, além de sugerir o melhor exercício físico ou até ajudar soldados em situação de guerra. Estes verdadeiros aliados já estão sendo comercializados na Europa e os pesquisadores procuram agora comercializar também nos Estados Unidos.

“Outros sensores implantáveis atualmente no mercado têm uma significativa desvantagem”, disse Natalie Wisniewski, que faz parte da equipe de pesquisa.

Segundo a especialista, outros implantes, ao serem colocados, provocam uma resposta imune do organismo ao corpo estranho, o que faz com que deixe de detectar com precisão alterações químicas e que pare de funcionar ao fim de semanas ou meses.

Desta forma, Wisniewski e o restante da equipe desenvolveram um sensor menor do que um grão de arroz, sem superfícies planas, em hidrogel tão sensível como uma lente de contato, e que o corpo não reconhece como estranho. Os primeiros sensores implantados em voluntários humanos funcionam há mais de quatro anos.

Os cientistas colocaram moléculas com corantes que respondem à concentração de um analito no sangue. O tipo de molécula anexada ao hidrogel determina o analito. Um analito é o componente de uma amostra que é alvo de análise, por exemplo a glicose, ou o oxigênio, que podem ser reconhecidos pelo sensor.

Um pequeno detector mantido contra a pele, através de luz infravermelha, não visível para o olho humano, mostra se as moléculas com corantes têm mais ou menos fluorescência, dependendo da concentração do analito. O detector envia depois os dados para um computador ou para um celular.

O primeiro produto a ser comercializado na Europa serve para mostrar os níveis de oxigênio em pessoas com doença arterial periférica. A doença reduz o fluxo de sangue oxigenado nos braços e pernas e pode levar à amputação, e o implante ajuda a prevenir essas amputações, informando os médicos sobre a falta de oxigênio nos membros.

Atualmente são feitos ensaios para usar o dispositivo para monitorar os níveis de oxigênio em pacientes com feridas crônicas nos pés. Além disso, os pesquisadores desenvolvem sensores para outros analitos, como a glicose, e estudam a possibilidade de adicionar analitos por norma avaliados através dos exames comuns de sangue.

Os analitos iriam fornecer um registro contínuo, o que permitiria detectar um problema antes dos sintomas físicos e assim agir rapidamente.

Os militares são um grupo interessado no implante, já que pode ajudar a avaliar a saúde dos soldados ou indicar quais feridos devem ser tratados primeiro. Além disso, monitorar os níveis de oxigênio em torno de um músculo também pode mostrar o nível de aptidão de uma pessoa, uma informação que pode ser importante para militares.

Ciberia, Lusa // ZAP

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Em contexto de tensão na Síria, diplomacia boicota jogo entre França e Turquia

A polícia reforçou suas equipes nos arredores do estádio. Já os responsáveis pela segurança dentro do Stade France passarão dos 1.200 habituais para 1.400 homens. Há temores de que torcedores turcos e militantes pró-curdos se enfrentem …

Enterros verdes: Paris inova e inaugura seu primeiro cemitério sustentável

O cemitério de Ivry-sur-Seine, no subúrbio de Paris, reservou uma área de 1.560 metros quadrados para enterros sustentáveis. A nova ala deverá ajudar a diminuir o impacto gerado pelos enterros tradicionais. A contaminação do solo e …

Microsoft quer levar internet a mais de 40 milhões de pessoas em 2022

A inicativa Airband, desenvolvida pela Microsoft, está sendo expandida com a meta de conectar mais de 40 milhões de pessoas à internet até julho de 2022. Lançado em 2017, o programa visa o aprimoramento da internet …

Abandonados, curdos encontram em inimigo dos EUA um aliado

Regime sírio, um aliado russo, desloca tropas para a fronteira em apoio a milícias curdas, que estão sendo atacadas pela Turquia desde que perderam apoio de Trump. Nova aliança representa reviravolta no conflito. As Forças Armadas …

Experimento quântico indica que viagem no tempo é possível

Utilizando um computador quântico cientistas conseguiram fazer com que a máquina voltasse em uma fração de segundo ao passado mostrando que a viagem no tempo é possível. Viajar ao passado é um dos maiores sonhos da …

Dobram os focos de queimadas em terras indígenas da Amazônia

Números são os maiores desde 2011. Parque do Xingu registrou o total mais alto de sua história. Segundo Ipam, aumento se deve à ação de invasores em combinação com período de secas intensas. Dados do Instituto …

Obesidade cresce de forma acelerada no Brasil e se aproxima da taxa dos países ricos, indica OCDE

A quantidade de pessoas obesas no Brasil cresceu de forma mais acelerada que a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Agora, o Brasil se aproxima da taxa do problema …

É detectado quando asteroide recém-descoberto poderia impactar Terra

A Agência Espacial Europeia (ESA) acrescentou um novo asteroide à sua lista de perigos porque esse corpo celeste pode colidir com a Terra dentro de 65 anos. O asteroide se chama 2019 SU3, tem um diâmetro …

Queniano completa maratona em menos de duas horas

O queniano Eliud Kipchoge fez história no atletismo neste sábado (12/10) ao se tornar a primeira pessoa a correr uma maratona em menos de duas horas. O atleta de 34 anos terminou a prova clássica …

Chineses detectam novos sinais de rádio vindos do espaço

Novas dezenas de rajadas rápidas de rádio foram detectadas pelo maior radiotelescópio esférico do mundo localizado em Guizhou, China, disse especialista à Sputnik Internacional. O achado foi feito por astrofísicos chineses que estão estudando minuciosamente as …