Socialistas decidem permitir novo governo de Rajoy na Espanha

A direção nacional do Partido Socialista Operário da Espanha (PSOE) decidiu hoje (23) que o partido se absterá na votação para a nova investidura de Mariano Rajoy como presidente espanhol por mais um mandato.

Na prática, a decisão dos socialistas permite que o líder conservador forme um novo governo, evitando a convocação de uma terceira eleição em pouco mais de um ano.

Não houve surpresas no posicionamento do Comitê Federal, como é chamada a direção nacional do PSOE.

Após quatro horas de reunião, os socialistas aprovaram por 139 votos a 96 a prosposta para permitir que Mariano Rajoy, líder do Partido Popular (PP) e vencedor das eleições ocorridas em junho e dezembro do ano passado, seja reconduzido à presidência do governo espanhol.

“Os deputados do grupo socialista deverão abster-se no processo de investidura, literalmente”, disse Javier Fernández, atual presidente da comissão gestora do PSOE, em uma entrevista coletiva na qual explicou a decisão.

Maioria absoluta

Para ser confirmado no cargo, o líder do governo espanhol precisa reunir, em uma primeira investidura, a aprovação de uma maioria absoluta de deputados e obter novamente o aval de uma maioria simples em segunda investidura. O Parlamento é formado por 350 assentos.

Adversário histórico do PP, o PSOE decidiu que seus 85 parlamentares deverão votar “não” a Rajoy na primeira votação, de modo a atestar sua oposição ao conservador, mas que deverão se abster na segunda investidura, permitindo assim a formação de um novo governo e o fim do impasse político.

Caso Mariano Rajoy não consiga formar um novo governo, uma nova eleição terá que ser convocada.

“Nos apresentamos nas eleições para vencer com um programa, mas não ganhamos, e a forma de fazer alguma coisa é sermos oposição e para isso deve haver governo”, disse Fernández, em uma mensagem direcionada aos militantes do PSOE, que não aceitam a mudança de posição da segunda maior força política da Espanha.

A nova reunião do Comitê Federal do PSOE ocorreu três semanas depois convenção em que ficou exposta a fratura interna do partido. Na ocasião, o então secretário-geral da legenda, Pedro Sánchez, defensor do “não” a Rajoy, renunciou ao cargo.

A saída de Sánchez fortaleceu os defensores da abstenção como um “mal menor”, que argumentam que o ingresso em uma terceira eleição no atual momento, em que o partido se encontra desunido, poderia representar um suicídio político.

Apesar da decisão do PSOE afirmar que todos os deputados socialistas deve acatar a abstenção, o ramo catalão do partido ameaça não cumpri-la.

Para ser confirmado na presidência do governo espanhol, Rajoy necessita que ao menos 11 deputados socialistas se abstenham da votação em sua segunda investidura.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO:

Cidade de interior de SP inicia tarifa zero no transporte público

Enquanto diversas capitais ao redor do país aumentam o valor das passagens no transporte público, algumas outras cidades pensam diferente. Se o transporte coletivo gratuito parece um sonho inalcançável e utópico, algumas administrações públicas buscam maneiras …

Quantos anos de vida saudável os ricos ganham em relação aos pobres?

Um novo estudo europeu e americano descobriu que os ricos possuem cerca de nove anos de vida saudável a mais do que os pobres. A pesquisa foi bastante abrangente – os cientistas analisaram dados de mais …

O país sul-americano que deve crescer 14 vezes mais que a China neste ano

A Guiana ganhou na loteria e está prestes a resgatar o prêmio. Seus vizinhos, especialmente a Venezuela, aguardam intrigados para saber em que ela vai gastar. De acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia …

Portugal supera marca histórica de 500 mil imigrantes residindo no país; brasileiros são a maioria

Portugal atingiu um número recorde de imigrantes vivendo no país. O anúncio foi feito pelo governo nesta quarta-feira (15), durante debate no Parlamento sobre o Orçamento de Estado para 2020. "Os dados preliminares levam a dizer …

Papa Francisco nomeia primeira mulher para cargo de alto escalão no Vaticano

Pela primeira vez, uma mulher ocupará um cargo de alto nível no Vaticano. O Papa Francisco nomeou Francesca Di Giovanni para a função de vice-ministra da Secretaria de Estado da Santa Sé, órgão equivalente ao …

Khamenei chama Trump de "palhaço" e exalta ataque a bases dos EUA

Em primeiro sermão desde 2012, líder supremo do Irã afirma que Trump finge apoio ao povo iraniano e pede união após dizer que queda de avião foi "acidente trágico". EUA admitem que militares ficaram feridos. O …

Uma desconhecida explosão de ondas gravitacionais foi detectada na Terra

Os detectores de ondas gravitacionais da Terra, os observatórios LIGO e Virgo, identificaram uma misteriosa “explosão” de ondas gravitacionais não prevista na última terça-feira, 14 de janeiro. As ondas gravitacionais detectadas até hoje foram resultado de …

Twitter pede desculpas por permitir anúncios direcionados a neonazistas

O Twitter emitiu hoje (16), um pedido de desculpas público, logo após a BBC fazer uma denúncia de que a plataforma de anúncios da empresa estava permitindo o direcionamento de conteúdo para neonazistas e outros …

SP quer lei para incentivar uso de veículos híbridos e elétricos

Um novo projeto de lei apresentado em São Paulo pretende combater os problemas ambientais provocados pelos carros à combustão, que utilizam os tão poluentes combustíveis fósseis, através do incentivo ao uso de veículos elétricos ou …

Ataques iranianos teriam deixado 11 militares dos EUA feridos

Ao menos 11 militares norte-americanos foram retirados do Iraque para receberem tratamento médico em decorrência dos ataques iranianos contra as bases dos EUA. "Quando ficarem aptos para o serviço, estes militares regressarão ao Iraque", declarou à …